10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

 A importância do planejamento financeiro para sair do Brasil! 

Além da reserva financeira, entenda a importância do planejamento financeiro para sair do país. Confira!

importância do planejamento financeiro
Fonte: Google

Segundo informou o Ministério das Relações Exteriores, a quantidade de brasileiros que moram no exterior hoje aumentou para 4,2 milhões. Além das condições de trabalho que são melhores, existem uma série de outros fatores. Que contribuem para que mais brasileiros tenham planos de viver fora do país. Nesse sentido, é necessário intender a importância do planejamento financeiro para sair do Brasil. 

Ainda segundo informou o Ministério de Relações Exteriores, a quantidade de brasileiros que pretendem sair do país deverá aumentar ainda mais. Dentre os fatores alegados por muitas pessoas está, a violência, a inflação e principalmente a escassez se oportunidade para trabalhar. Além disso, a possibilidade de estudar em escolas com ensino mais completo acabam atraindo muitas famílias. 

No entanto, esse tipo de mudança de vida requer um planejamento detalhado, por isso, intender a importância do planejamento financeiro é essencial.

Sabemos que boa parte dos brasileiros não dão tanta importância ao planejamento das finanças. Porém, para mudar de vida antes é necessário saber como andam as suas finanças. 

Pois, quando entendemos a importância do planejamento financeiro praticamente toda a nossa vida passa a se organizar igualmente.

Afinal, para todas as questões da vida precisamos de organização, sendo assim, ter uma perspectiva financeira é essencial para poder estimar como será o custo de vida em outro país.  

Saiba mais a seguir.

Mudanças exigem planejamento 

Seja qual for a mudança que você deseja fazer, será necessário antes de mais nada elaborar um bom planejamento financeiro. Afinal, conforme for a sua perspectiva financeira a mudança poderá ocorrer a curto ou longo prazo. Pois, é muito importante saber como funciona a economia do país ao qual você deseja ir morar.  

Desse modo, será mais fácil poder criar uma reserva financeira para que você possa ter um conforto durante os primeiros meses.

Geralmente, quando programamos uma viagem é comum criar um fundo para aquele acontecimento, não é mesmo? Então, nessa reserva financeira deverá constar uma quantia para a moradia, por exemplo. 

Ademais, nesse planejamento devem estar custos para alimentação, transporte e moradia. Inclusive para emergências que geralmente costuma surgir nessas ocasiões, outro ponto bem importante é o custo reserva para eventuais imprevistos com vistos, assessoria jurídica, documentos entre outros. 

 Período de adaptação 

Ainda que tenhamos o conhecimento de vários casos bem-sucedidos, existe uma pequena parcela de pessoas que não se adaptam à cultura do país escolhido. Portanto, o seu planejamento deve englobar a possibilidade da não adaptação a cultura, por exemplo. Além disso, os custos de volta devem estar dentro desse planejamento! 

Vale ressaltar que, é muito importante estar atento a flutuação do câmbio nessas situações para não ser pego de surpresa.

Ou seja, você pode escolher aplicações diretamente no exterior através da abertura de contas nas administradoras ou corretoras no exterior. No entanto, se você preferir pode fazer aplicações no Brasil que possam ser lastreados por moedas estrangeiras. 

Portanto, entre os investimentos que permitem a troca por moedas estrangeiras são: o BDRs, ETFs, Fundos Cambiais entre outros. Sendo assim, nos dois casos você deve entender que existem riscos como tudo envolvendo o mercado financeiro. Para os investidores que costumam investir em outros países eles costumam observar com atenção as regras do Brasil. Assim como, as do país ao qual está investindo. 

A importância do planejamento financeiro para sair do país 

importância do planejamento financeiro
Fonte: Google

Agora que você já entendeu a importância do planejamento financeiro, é preciso estar atento as condições que o país para onde você pretende morar impõe. Pois, é fundamental compreender as regras para poder manter as suas obrigações fiscais. Inclusive no Brasil, desse modo, em caso de retorno você não será surpreendido por obrigações a pagar que estão em atraso, por exemplo! 

Além disso, se você deseja ficar no país por tempo indeterminado será preciso informar as autoridades do país. Desse modo, será preciso entregar alguns documentos como, por exemplo: uma declaração pedindo a permanência no país. Assim como, será preciso entregar também a declaração de saída definitiva do seu país de origem. 

Portanto, após se tornar residente não podem existir obrigações fiscais no seu país de origem. Ou seja, nesse caso no Brasil. Pois, segundo a regra você poderá pagar apenas os impostos do país onde reside. Desse modo, é necessário estar de acordo com as regras impostas no país onde você reside. Por fim, caso você ainda não seja um cidadão será necessário informar o seu desejo de passar pelo processo de residência fixa. Ademais, é comum enfrentar processos burocráticos específicos para abertura de contas, entre outras situações! 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.