Adeus ao home office, bem-vindo escritório!

Se sua empresa está à beira de decretar o retorno ao escritório, veja as dicas para se adaptar ao momento. Continue conosco!
Anúncios


Adeus ao home office
Fonte: Google

Um dos movimentos mais impactante herdado pela pandemia do coronavírus, o home office, foi também o que mais causou discursões e burburinhos em toda a sociedade. Assim, o tema se foi pauta certa em mesa-redonda de apoiadores e inquisidores da modalidade em vários setores. Sendo assim, trabalhadores, que vivenciaram o teletrabalho, buscaram se adaptar e, os adeptos, buscam estendê-lo ao máximo. Contudo, várias empresas julgam que o teletrabalho não é a melhor saída para o futuro dos negócios, por isso, decretaram o adeus ao home office.

No entanto, para aquela parcela de trabalhadores que conquistaram uma melhor qualidade de trabalho e organização de sua rotina pessoal, alguns questionamentos são feitos. Quais sejam: como fica o retorno ao escritório? Como se adaptar ao dia a dia com os colegas e os desafios de frequentar o ambiente fora de casa? Pois é!

São estes desafios que assombram os trabalhadores que estruturaram seu espaço “home” e não tiveram problema em manter sua produtividade.Mas como nem tudo são flores! Para estes trabalhadores, é chegado o momento de preparar o psicológico para a retomada da rotina vivida antes da pandemia. Portanto, existem alguns métodos que podem contribuir com essa movimentação sem deixar o desânimo convencê-lo que a mudança será algo penoso.

Nesse sentido, vale sempre ressaltar que todo e qualquer período de grande mudança exigi um pouco de paciência e mais dinamismo para provocar a adaptação. Logo, nossa equipe vai te dar uma força e demonstrar algumas dicas para facilitar o seu dia a dia na retomada ao escritório e a nova rotina de trabalho.

Então, preparado(a) para saber mais sobre o assunto? Vamos lá, acompanhe tudo nos próximos tópicos.

As dores e os amores do home office

Somam pouco mais de 19 meses desde os primeiros passos para a adoção do home office e as mudanças trazidas pela Covid-19. Entretanto, os desafios enfrentados por todos para ajustar suas rotinas e conseguir tornar suas casas – um único ambiente, o local perfeito para o trabalho. Com certeza, não foi dos mais fáceis. Desse modo, dados recentes, publicados pela HKF – headhunting Korn Ferry, revelaram que 70% dos executivos alegaram ser “difícil” o retorno aos escritórios.

Nesse sentido, não podemos pontuar as dores na hora de conciliar a atenção com as atividades domésticas e as profissionais. Ainda, a interação com os colegas de trabalho ou a comunicação interrompida pela má qualidade da conexão.

Sendo assim, verdadeiras batalhas foram travadas desde a estrutura da casa ao prazer de passar mais tempo com a família e/ou os pets.

Portanto, o adeus ao home office, poderá sim tornar o retorno mais difícil, já que a velha rotina de acordar e já está pronto e a poucos metros da base trabalho não existirá.

Logo, enfrentar o trânsito, até as horas de percursos e os entraves da chegada aos escritórios se tornará o novo ponto de referência.

Como superar o adeus ao home office?

Desse modo, algumas técnicas podem facilitar a superação no adeus ao home office a chegada aos escritórios. Portanto, veja as dicas abaixo:

Ative sua mente: é hora de colocar a mente ciente da mudança, portanto, estimule o cérebro nas semanas finais do adeus ao home office. Assim, você poderá indicar a nova rotina, mas lembre-se de respeitar a datação. Ou seja, nada será feito no primeiro dia ou todas as atividades serão executadas;

Reduza os afetos: após criar a consciência do adeus ao home office no retorno ao escritório, é imprescindível começar a liberar os laços afetivos com os familiares e pets. Porém, isso não pode ser feito “susto”, tudo deve ser feito com calma, sendo assim, dê a ideia de um modelo híbrido por alguns meses;

Conclusão

Adeus ao home office
Fonte: Google

Crie sua agenda: assim como no home office, no escritório é necessário criar uma agenda com seu dia a dia. Por isso, comece organizando suas atividades mais simples e separe, aos poucos, mais tempo para as mais complexas. Porém, não exclua o descanso dela, afinal, no adeus ao home office, é importante manter algumas rotinas do antigo modelo de trabalho; e,

Socializar: pode soar estranho, mas diferente do teletrabalho, no escritório você tem mais contato com as pessoas. Assim, deverá compartilhar mais informações e comunicação. Logo, é necessário se comunicar e demonstrar ao cérebro que o ambiente é mais amigável. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.