Ano novo livre de dívidas! Como se organizar em 2021.

Sabe aquelas metas traçadas todo início de ano, e que quase nunca são cumpridas? Saiba como se organizar e tenha um ano novo mais tranquilo.
Anúncios


Fonte: Google

Você é daquelas pessoas que no final do ano faz uma lista enorme de objetivos para o ano seguinte, mas na metade percebe que não vai conseguir executar nenhum? E sempre tem aqula meta “viver livre de dívidas” não é mesmo?

Principalmente quando o assunto é dinheiro, é mais difícil conseguir alcançar as metas. Mas saiba que com organização e planejamento isso é possível. Porém, alguns hábitos ruins  que prejudicam as finanças devem ser abandonados. Neste artigo iremos dar dicas simples que vão ajudar começar o ano sem dívidas, acompanhe até o final.

Como ter um ano mais tranquilo livre de dívidas.

O ano de 2020 não vai deixar saudades, logo no início apresentou sinais que seria um período bastante turbulento.

Por conta da pandemia, compromissos foram desmarcados, festas e viagens canceladas, tivemos que ficar distantes das pessoas, o fechamento do comércio e muitas incertezas. Estes são alguns exemplos e que levou todo o mundo a pensar como seria a vida a partir de tantos acontecimentos.

Pior para as pessoas que perderam emprego, os autônomos e todos que não tinha o mínimo preparo para enfrentar um momento tão difícil. Por isso,  a importância em ter um bom planejamento financeiro e também  reserva de emergência.

Tenha um ano mais tranquilo financeiramente, veja as dicas!

Se livre das dívidas

Para colocar as finanças em dia, o primeiro passo é quitar as dívidas. É impossível se controlar financeiramente pagando juros de cartão ou cheque especial por exemplo.

Portanto, se este é o caso, procure a empresa credora e tente negociar os débitos, explique toda situação, peça descontos e apresente uma proposta que caiba no orçamento.

Identifique os gastos

Um dos maiores problemas, talvez a causa principal do descontrole financeiro é a pessoa gastar mais do que ganha. Sendo assim, tenha conhecimento de todas as despesas e receitas. Logo depois, faça uma planilha listando todas essas informações.

Dessa forma, será possível identificar gastos desnecessários e que podem ser cortados do orçamento doméstico. 

Renda extra

Fonte: Google

Pesquisas apontam que a média salarial das famílias brasileiras é em torno de R$ 2.260, onde os maiores ganhos estão no Distrito Federal e a menor média está no estado do Piaui.

Diante deste cenário, fica claro entender por que as pessoas passa por tantas dificuldades, afinal muitos pais de família pagam aluguel e mal conseguem manter os outros gastos.

Sendo assim, uma alternativa para sair do sufoco ou viver um pouco melhor, é ter uma renda extra. Existem várias maneiras de ganhar dinheiro para complementar a renda, use a internet para ter ideias.

livre de dívidas: Reserva de emergência

Como mencionamos no início, este foi um ano bem complicado para todas as pessoas ao redor do mundo. Porém, o Brasil que vinha apresentando sinais de recuperação da economia, vive momentos complicados.

Desemprego em alta, desvalorização da moeda, bolsa de valores em queda, alta do dólar e vários outros problemas. Mas o que muita gente não sabe, é que todos esses fatores afeta de forma direta a população, não somente quem investe em ações ou compra dólares.

São nesses momentos que a reserva de emergência irá ajudar. O principal objetivo é atender imprevistos como, perda do emprego, usar em casos de doenças e outras situações..

Portanto, na lista de objetivos do ano seguinte, inclua reservar uma quantia para este fim. O ideal é guardar pelo menos 10% dos ganhos para a reserva.

Compras desnecessárias

Boa parte das pessoas se endividam devido o descontrole financeiro, geralmente acontece por gastar demais, ou seja , compras de coisas que não são necessárias.

Por isso, evite as compras por impulso, e principalmente, fuja das promoções. Não é por que determinado produto está barato que precisa adquirir.

Uma prática que ajuda nesse controle, é deixar o cartão de crédito em casa. Na maioria das vezes as pessoas compram devido a facilidade que o cartão proporciona, mas esquecem que isso pode atrapalhar no final do mês.

Livre de dívidas: Criação das metas

Seja realista e crie metas possíveis de serem conquistadas, as pessoas planejam muitas coisas e acabam não executando nenhuma.

Antes de mais nada estabeleça prazos, planos demandam tempo para execução, seja para curto, médio ou longo prazo.

Dessa forma, fica mais fácil se organizar financeiramente e alcançar  sonhos. Exemplos de metas: Entrar para faculdade, trocar de carro ou comprar o primeiro, fazer uma viagem, ou até ajudar alguém da família.

Portanto, seja qual for o objetivo, para ser realizado precisa ser bem definido, tenha também disciplina e consciência das reais condições financeiras.

Sendo assim, o mais indicado é começar com planos mais curtos e fáceis de se alcançar, até se acostumar e conseguir dar passos mais largos.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, em suas redes sociais e ainda com os seus familiares. Não esqueça de ler outros artigos sobre o assunto aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *