10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Antecipação do IR 2022: descubra se compensa efetuar a operação de crédito!

Quer antecipar a restituição do Imposto de renda 2022? Continue aqui e veja se vale a pena.

Antecipação do IR 2022
Fonte: Google

Ano após ano o brasileiro TENTA, mas não consegue FUGIR da boca do leão no primeiro semestre do ano. Assim, para uma parcela da população, em especial aqueles que possuem renda anual superior ao teto estabelecido pela Receita Federal, é obrigatório efetuar a declaração do imposto de renda. No entanto, existe sempre a esperança de receber um percentual de restituição do valor, porém, quando à antecipação do IR 2022 vale a pena?

Pois é, essa é uma dúvida muito frequente entre os brasileiros que efetuam a entrega da IR. Uma vez que nem sempre o período de restituição coincide com o momento exato da necessidade. Portanto, em alguns casos, efetuar a antecipação na restituição do IR pode ser a solução para vários problemas, além de ajudar a superar um sufoco ou uma situação complicada.

Contudo, é importante avaliar bem quando estes casos podem se valer desta saída, afinal, ninguém quer trocar um problema por outros ainda maior. Todavia, é importante saber que sempre existe a possibilidade de usar o recurso.

Sendo assim, nossa equipe de especialistas trouxe algumas alternativas e dicas, para você caro leitor, saber quando vale a pena antecipar a restituição do IR 2022.

Desse modo, fique atento(a), pois nossa intenção é sempre ajudar, contudo, é importante que você possa avaliar caso a cosa e condições. Tudo bem? Já que ao final será você a lhe dar com a situação em concreto.

Vamos lá!

Quando efetuar a declaração de IR e/ou antecipar à restituição?

Este ano, segunda a Receita Federal, é obrigatório a efetuar a entrega da IRPF – Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, quem atingiu o teto mínimo em rendimentos de até 28.559,70 no ano de 2021, ou seja, isto incluí os salários, pensões e aposentadorias. Ainda, aqueles que tiveram rendimentos não tributáveis ou isentos no valor de 40 mil reais.

Desse modo, os brasileiros que atingirem a margem estipulado pela RFB deve efetuar a entrega da declaração sob pena de pagar multas e outras penalidades impostas pela Lei e o próprio Órgão Federal. Diante disso, cerca de mais de 20% da população deve efetuar a entrega da IR 2022, via aplicativo mobile ou tablet usando as contas GOV.br ou por meio do eCAC – assinatura digital do portal do Governo Federal.

Além disso, mais de 10% destes brasileiros devem receber uma parte do valor pago a RFB em forma de restituição. Por isso, os bancos estão focados em ofertar crédito para antecipação do IR 2022, de maneira que o contribuinte não precise aguardar o calendário da Receita Federal para resgatar o valor.

Vale a pena à antecipação do IR 2022?

Segundo especialistas da área financeira antecipar a restituição da IR 2022, pode ser SIM uma boa saída. No entanto, é importante frisar que o contribuinte deve ponderar alguns pontos, por exemplo, juros, taxas e valores finais. Além disso, deve ter consciência de onde e como usar o valor antes de efetuar a contratação do crédito bancário. Já que o crédito é oferecido como forma de “empréstimo” antecipado, assim como ocorre na antecipação do saque FGTS e outros benefícios.

Por isso, os especialistas alertam a cautela na hora de contratação, afinal, não se pode trocar um problema por outro! Todavia, a visão dos especialistas em crédito é positiva, já que as taxas e juros são bem próximas ao do empréstimo consignado.

Desse modo, existe uma redução no valor quando comparado com outras dívidas, como é o caso do cartão de crédito, empréstimo pessoal, empréstimo CDC ou financiamento. Assim, a variação do percentual nos juros fica entre: 1,43% até 2% ao mês. Por isso, vale a pena efetuar a antecipação do IR 2022 para pagar outras contas ou investir em algo.

Instituição que oferecem a antecipação da restituição do IR

Antecipação do IR 2022
Fonte: Google

Sendo assim, listamos alguns bancos que efetuam a antecipação do IR 2022 e elencamos suas taxas. Vale ressaltar que as informações apresentadas aqui foram acessadas no próprio site das instituições, porém, podem sofrer variações. Portanto, é importante consultar antes de contratar, veja a seguir:

  • Caixa Econômica Federal: a antecipação é de até 75% do valor, sendo aplicada taxa a partir de 1,78% ao mês sobre o valor final, além disso, a proposta está sujeita a análise de crédito;
  •  Banco do Brasil: o BB libera até 100% do valor da restituição, aplicando taxas a partir de 1,99% ao mês, contudo, a variação dos juros vai depender do relacionamento com o banco;
  • Santander: um dos juros mais baixos aplicados ao crédito, o Santander dispõe de taxas a partir de 1,69% ao mês, além disso, o banco libera valores a partir de 100 reais;
  • Bradesco: a instituição oferece a cobertura de até 100% da restituição, mas depende do relacionamento com o banco, já os juros e taxas começam a partir de 2% ao mês; e,
  • Itaú: na instituição a antecipação também depende do relacionamento do cliente com o banco, no entanto, a base de juros e taxas inicia em 2% ao mês.

Por fim, é importante dizer que a contratação do crédito bancário ocorre, em grande parte, apenas para clientes que possuam conta no banco ou que tenham indicado uma conta da IR – como é o caso da Caixa, além disso, é importante atentar as regras de cada instituição financeira. Por isso, visite o site ou entre em contato pela central de atendimento de cada uma delas.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.