Anti-social? Pandemia tem gera os efeitos da síndrome

Neste artigo iremos compreender como a pandemia pode afetar a vida das pessoas.
Anúncios


Anti-social
Fonte: Google

Anti-social é uma questão que está sendo bastante levantada neste tempo de pandemia. Uma pesquisadora do MIT mostrou resultados de uma pesquisa que diz que a pandemia tem sido uma grande fator para que as pessoas se tornem anti-sociais.

O que mais intriga os estudiosos é o risco dessa doença se manifestar com mais força nos jovens. No final do ano de 2019 um vírus misteriosos surgiu na China e logo se espalhou por todo o mundo. Logo, se instaurou a pandemia. Contudo, ninguém nunca passou por um momento assim, ninguém sabia como lidar com a situação, tudo muito novo! Assim, as pessoas começaram a enfrentar consequências muito duras e não tinham a noção do que poderiam estar enfrentando.

Com isso, a quantidade de registros de pessoas que estavam passando por momentos de problemas psicológicos só aumentou, assim, a síndrome anti-social foi apenas um dos fatores que se intensificou durante o processo de extensão do vírus. Portanto, durante esse tempo difícil, muitas pessoas começaram a sofrer, isso se deu por conta do isolamento social, da falta de emprego, afinal, muitas pessoas perderam também o emprego como consequência da pandemia.

O que aconteceu é que tudo isso foi muito novo para quem nunca tinha passado por um momento como esse. Durante muito tempo já se estudou e foi comprovado que esses tipos de doença seria o mal do século, mas o que não se esperava é que a pandemia pudesse anteceder muita coisa.

Um dos fatores que mais contribui para isso é o isolamento social. Essa é uma atitude onde todos devem ficar em casa, até uma campanha com a #FicaEmCasa foi criada para conscientizar as pessoas. Porém, a pergunta que fica no ar é até quando ficar em casa é bom para o psicológico das pessoas, o que elas podem enfrentar?

É sobre esse assunto que estamos tratando e iremos aprofundar ainda mais a partir de agora. Vamos entender porque muitos jovens são acometidos por essas doenças e porque é tão difícil se livrar delas. Acompanhe conosco essa trajetória de conhecimento e entenda melhor sobre o assunto.

Por que os jovens são mais afetados por esses tipos de doenças psicológicas?

Durante muito tempo os estudos mostraram que as doenças psicológicas eram de maioria do grupo dos mais velhos. Porém, o que podemos constatar nesses últimos estudos é que essas doenças estão sendo mais frequentes entre os jovens. A especialista Rosalind Picard que é pesquisadora do MIT descobriu essa notícia que já não é novidade para muitos.

De acordo com a pesquisa da especialista, o que vem acontecendo é que com toda essa situação as pessoas estão ficando mais solitárias, um sentimento de vazio, de sempre querer estar só. Assim, a perda das pessoas por conta do vírus pode tornar essa situação ainda mais forte.

Logo, o medo de ser contaminado pelo vírus também é outro atributo forte nessa batalha. Assim, o problema acontece quando as pessoas estão cansadas de estar em casa, não aguentam mais o isolamento, querem visitar a família, mas o medo de ser contaminado é maior o sentimento de tristeza só aumenta! Saber lidar com as situações é extremamente importante!

Porém, o que ninguém sabe ou imagina é que mesmo antes da pandemia, o número de jovens que passam por doenças psicológicas sempre foi grande. A dependência tecnológica também é apontada como um grande incentivador para que os jovens possam enfrentar esses problemas. Por isso, os efeitos das estratégias de contenção do coronavírus poderá desencadear essa relação mais próxima a síndrome anti-social e pondo em risco grande parte dos jovens.

O que é ser anti-social?

Anti-social
Fonte: Google

Quando o sentimento de tristeza chega, o sentimento de solidão também, tudo isso vai influenciar para que uma pessoa queira se isolar. Isso acontece porque toda essa junção de sentimentos faz com que a pessoa não queira nem sair de casa. São nesses momentos que as pessoas mais querem ficar só, mas isso não pode acontecer!

Quando percebemos que uma pessoa está se afastando socialmente, é necessários que os mais próximos possam ajudar a se sentir integrados. Esse é m momento muito delicado, as pessoas se sentem isoladas mesmo não estando de fato!

Sendo assim, é preciso que esse quadro seja revertido! Na internet existem muitos meios dessas pessoas serem ajudadas, nela as pessoas podem encontrar psicólogos que podem auxiliar a se livrar desses pensamentos. Ficar em casa nesse momento é a melhor escolha a se fazer, porém é bom procurar ocupar a mente, buscar algo que possa entreter!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *