Ataques cibernéticos as empresas no Brasil aumentaram 220%

Os ataques cibernéticos as empresas de energia elétrica tiveram um registro de 220%, este ano. Fique por dentro!
Anúncios


Ataques cibernéticos as empresas
Fonte: Google

Segundo dados de especialistas, os ataques cibernéticos as empresas no país tiveram um crescimento de 220% apenas no primeiro semestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado. Estes dados foram obtidos por especialistas da Comissão de Valores Mobiliários-CVM, ainda segundo a agência reguladora, as companhias que mais sofreram com ataques cibernéticos foram as empresas de energia elétrica.

Já o setor de saúde, está listado como o segundo segmento mais afetado com as atividades criminosas dos hackers, ao total já foram mais de 5 intimações feitas através do Grupo Fleury. Segundo o analista de dados, Claudio Bonel, da Business Intelligence e Analytics, informou que este aumento nos ataques tem relação com a implementação do trabalho remoto que teve início em 2020, ano em que a pandemia do novo coronavírus chegou ao país, o trabalho remoto deixou muitas empresas vulneráveis a este tipo de ataque.

Estes ataques cibernéticos as empresas, apresentaram aumento preocupante em meio a pandemia, período em que o home-office foi implementado em larga escala no Brasil e no mundo todo. Desse modo, as empresas começaram a ter um volume maior de acesso remoto, onde os trabalhadores costumam acessar dados importantes de suas casas. 

Portanto, estes acessos remotos acabam facilitando os ataques cibernéticos as empresas, o levantamento feito pelos analistas da área destacou que, entre essas atividades de hackers contra as companhias brasileiras, cerca de 37% das notificações são referentes à incidente cibernético na área de Tecnologia da Informação.

Resultados preocupantes

Além das empresas de energia elétrica, muitas outras companhias também andam sofrendo com os ataques cibernéticos e estes ataques tem se tornado cada vez mais perigosos. Cerca de 38% das empresas no país já relataram alguma categoria de ataque cibernético nos últimos 12 meses, o que deixa o Brasil perto da média mundial de ataques desta natureza.

Atualmente, o Brasil se tornou o terceiro país que mais registrou aumento neste tipo de crime desde o início da pandemia, a Suécia está em segundo lugar com 80% de registros e Turquia em primeiro com 82%.

Um ponto importante a ser observado nestes crimes, é que os ataques estão cada vez mais elaborados para cerca de 53% das empresas no país, as próprias equipes de Tecnologia da Informação, dizem não conseguir bloquear sozinhas todas a ameaças que surgem no dia a dia. Segundo um estudo feito por analistas da área de T.I, informou que em casos de sequestro de dados, os resgates que os criminosos costumam pedir pode chegar ao total de R$ 2,8 milhões. Logo, é preciso investir em segurança de dados para evitar um desgaste maior no futuro.

Ataques cibernéticos as empresas no Brasil

Ataques cibernéticos as empresas
Fonte: Google

Os ataques cibernéticos as empresas, são práticas que ocorrem no ambiente virtual de maneira ilícita e costumam envolver roubo de dados pessoais, falsidade ideológica, invasões de sistema e até práticas de injúria cometidas na rede. Os hackers costumam usar computadores com o objetivo de atingir redes privadas, domésticas e públicas.

Existem várias categorias de crimes cibernéticos que são: ataques puros, onde o computador alvo dos hackres sofre um ataque aleatório; ataques comuns, quando o computador é utilizado como acessório, apenas para guardar informações roubadas e ilegais, e os crimes mistos, que costumam ocorrer quando computador é utilizado como arma para práticas criminosas.

Um ano antes da pandemia, o Brasil já tinha alguns registros de ataques cibernéticos, ficando atrás apenas dos EUA e China. Contudo, em meio a pandemia os crimes cresceram consideravelmente, segundo a Fortline Threat Intelligence Insider Latin America, as empresas brasileiras sofreram cerca de 3,4 milhões de tentativas de ataques na internet nos últimos 12 meses.

Como proteger a sua empresa dos ataques cibernéticos?

Diante da crescente quantidade dos ataques cibernéticos sofridos no Brasil, recentemente, é necessário estar atento quanto aos cuidados fundamentais para evitar que esta categoria de crime atinja a sua empresa. Contudo, os profissionais da área de Tecnologia da Informação afirmam que da mesma forma como os crimes crescem, as técnicas de combate também melhoram.

Sendo assim, investir em segurança cibernética para proteger tanto os dados dos clientes como os dados da própria empresa é importante, é relevante também criar hábitos de proteção no ambiente digital.

Além de investir em tecnologias para a proteção de dados, evite abrir links suspeitos, e-mails desconhecidos e os famosos links do WhatsApp que costuma fazer muitas vítimas, não misturar o e-mail da empresa com o pessoal é muito importante, portanto, caso você tenha recebido um e-mail desconhecido no endereço da empresa evite abri-los e de preferência exclua-os. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *