10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Aumento da inflação em 2022, incentiva a mudança de consumo dos brasileiros.  

Nesse artigo, você vai entender como a disparada da inflação acabou incentivando a mudança de consumo dos brasileiros!

Aumento da inflação em 2022
Fonte: Google

Com os preços cada vez mais altos, a mudança de consumo dos brasileiros já é notada nos supermercados, assim como, nos mercados de bairro. Segundo alguns analistas, essa mudança de hábito teve início em 2020 quando o preço de alguns produtos apresentou uma elevação. Após um estudo realizado pelo sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de São Paulo – Sincovaga, revelou que aproximadamente 67%. Dos brasileiros diminuíram a frequência de compras durante o mês! 

Ainda nesse sentido, segundo o levantamento cerca de 46% consumidores informaram que o aumento da gasolina influência na escolha dos supermercados. Ou seja, além de ter que fazer uma pesquisa relacionada aos preços dos alimentos. Boa parte dos brasileiros, optam por mercados mais perto de casa para fazer a compra dos seus alimentos.  

Sendo assim, uma das principais mudanças de consumo dos brasileiros está no local onde as compras são realizadas, o mercadinho da vizinhança se tornou preferência. Hoje, cerca de 46,3% dos brasileiros preferem ir a pé para fazer as compras. A pesquisa ainda revelou que, aproximadamente 29,6% dos brasileiros apenas continuam fazendo compras nos mesmos supermercados mesmo com os preços mais altos.  

Com o avanço da tecnologia, hoje, cerca de 20,4% dos brasileiros preferem fazer as suas compras através das plataformas de delivery. Ou seja, essa é mais uma mudança de consumo dos brasileiros, segundo a pesquisa a quantidade de pessoa optando por esse serviço vem crescendo bastante! Quer saber mais? Permaneça conosco e entenda! 

Mercados de bairro 

Nesse contexto, segundo a pesquisa os brasileiros optam pelos mercados de bairro para fazer as suas compras. Pois, esses estabelecimentos não atualizam os preços com frequência, ou seja, desse modo a loja acaba ganhando a preferência dos consumidores.  

Vale ressaltar ainda que, cerca de 75,3% das pessoas priorizam às promoções, já os 61% dos brasileiros ouvidos estão experimentando submarcas. Assim, as marcas que antes não tinham uma demanda considerável, estão entre as opções dos brasileiros. Ainda nesse sentido, cerca de 59,7% dos consumidores tem usados essas estratégias na hora de fazer as compras.  

Portanto, segundo os analistas essa pode ser uma excelente oportunidade para as marcas que não eram preferência antes. Pois, como vimos a mudança nos hábitos de consumo vem mudando bastante desde que a pandemia chegou ao país e a crise econômica se agravou! 

Antes e depois da pandemia  

Segundo o estudo, um fato que chamou a atenção dos pesquisadores é que desde que a pandemia do novo coronavírus chegou ao país em 2020. Cerca de 67% dos consumidores entrevistados trocaram as marcas dos produtos para economizar. Segundo alguns economistas, esse é o retrato da crise. A troca de algumas revela que os brasileiros estão comprando o que o dinheiro permite! 

Para os economistas, o duplo downgrade ou rebaixamento de algumas marcas na hora da compra, revela a gravidade da crise econômica do país. Além disso, existem produtos que estão custando o dobro do valor.  

Ainda nesse contexto, no último trimestre desse ano a renda média real dos profissionais brasileiros foi de aproximadamente R$ 2.511,00. Segundo os economistas esse resultado foi menor se comparado ao mesmo período do ano em 2021, segundo a pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios Contínua realizada pelo IBGE. Vale ressaltar, que esse foi o mesmo resultado para os profissionais de empresas privadas durante os últimos 12 meses. Portanto, cerca de 55,7% dos reajustes perderam para a alta da inflação.  

Como o aumento da inflação, incentivou a mudança de consumo dos brasileiros? 

Aumento da inflação em 2022
Fonte: Google

A mudança de consumo dos brasileiros já é notada nos supermercados e hipermercados assim como, nos pequenos mercados, mais conhecidos como mercados de bairro. Além disso, hoje cerca de 20,4% dos brasileiros preferem fazer as suas compras através das plataformas de delivery. Isso quer dizer que, essa é mais uma mudança de consumo dos brasileiros, segundo a pesquisa a quantidade de pessoas optando por esse serviço vem crescendo desde 2020. 

Nesse sentido, a pesquisa revelou ainda que cerca de 46,3% dos brasileiros preferem ir a pé fazer as compras. A pesquisa ainda revelou que, aproximadamente 29,6% dos brasileiros continuam fazendo compras nos mesmos supermercados mesmo com os preços mais elevados! 

É importante mencionar, que desde a chegada da pandemia no país a educação financeira nunca foi tão discutida como está sendo hoje. Esse é um fator positivo, pois, essa é uma excelente oportunidade para as marcas que não eram preferência antes. Bem como vimos a mudança nos hábitos de consumo mudou bastante desde que o novo coronavírus chegou ao Brasil e a crise econômica se agravou, mas, podemos tirar boas lições dessa situação. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.