10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Aumento de demissões, dinheiro insuficiente: entenda o cenário de crise atual! 

Com o aumento de demissões, dinheiro insuficiente atrair investidores está cada vez mais difícil. Saiba mais aqui!

Aumento de demissões
Fonte: Google

No final de 2021, a startup imobiliária QuintoAndar reuniu os seus profissionais para comunicar qual seria o foco da startup para esse ano. Após passar o ano de 2021 com foco total nos clientes, palavra para esse ano foi eficácia. Com o aumento de demissões, dinheiro insuficiente entre outros acontecimentos que contribuíram para uma nova crise muitas empresas. Assim como, a startup estão mudando as suas estratégias para evitar a crise. 

O mercado está preocupado com o futuro das startups diante dessa crise, porém, alguns especialistas afirmam que essa crise não deverá ser tão agressiva. Apesar dessas afirmações a startup que atua no mercado imobiliário, semelhante, ao QuintoAndar já desligou cerca de 159 profissionais. 

Sendo boa parte desses funcionários, profissionais que atuam na área de operações e comercial. O que acaba contribuindo com o aumento de demissões, dinheiro insuficiente, ou seja, um cenário clássico de crise! Outras empresas como a Facily, por exemplo, realizou a demissão de boa parte dos seus colaboradores.  

Portanto, o aumento de demissões, dinheiro insuficiente acaba contribuindo para que demissões em massa passem a ocorrer com uma frequência maior em 2022. Recentemente, a Creditas que possui uma avaliação de US$ 4,8 bilhões teve que realizar cortes. Segundo a empresa informou, o baixo desempenho no início desse ano acabou contribuindo para que esses cortes ocorressem! Saiba mais ao longo do texto. 

Fusões e parcerias se tornaram alternativas 

Diante dessa crise no mundo das startups, a quantidade de fusões chegou a um número recorde. Segundo os economistas, o sistema financeiro do mundo todo está inundado devido aos programas de estímulo na época da pandemia. Isso quer dizer que, essa situação acabou forçando os gestores de dinheiro a encontrar novas maneiras de investir! 

Sendo assim, o surgimento de parcerias e fusões acabou se tornando uma excelente alternativa para evitar o fechamento dessas novas startups. Ainda segundos os economistas, a negociação entre essas empresas no primeiro trimestre do ano chegou a US$ 4,4 trilhões.  

Para muitos especialistas, esse recorde representa um histórico de negociações, pois, desde o final do ano passado cerca de US$ 1 trilhão em atividades relacionadas fusões ocorreram. Portanto, essa tem sido a alternativa mais correta segundo as startups para fugir da crise. Vale ressaltar que, muitos investidores estão lutando para comprar novas ações! 

Investidores 

Segundo muitos investidores, boa parte das ofertas públicas atingiram um acúmulo de US$ 301 bilhões. Vale lembrar, as empresas que adquiriram essas ofertas públicas de propósito, segundo os economistas essa quantidade de aquisições foi maior do que um ano antes. Além disso, a avaliação das startups que estão iniciando as suas atividades no EUA atingiu um recorde no segundo trimestre do ano passado. 

Entretanto, esse recorde teve ajuda do aumento de confiança na economia americana do ano passado. Portanto, esse foi um excedente de capital de níveis já esperado pelos economistas das principais bolsas. Apesar do cenário ser de crise nesse mercado, o bitcoin permanece com os seus preços valorizados.  

Afinal, a criptomoeda está ligada a transações importantes onde as startups estão envolvidas, assim como, o mercado das startups o segmento das criptomoedas enfrenta as suas oscilações. Mesmo sendo um mercado com oscilações constantes, o interesse dos acionistas em criptomoedas cresce a cada dia mais. O que acaba contribuindo, com o crescimento do mercado desde o início.  

Cenário de crise em 2022 com o aumento de demissões

Assim como mencionei, o aumento de demissões, dinheiro insuficiente entre outros acontecimentos que contribuíram para uma nova crise muitas empresas. Assim como, a startup estão mudando as suas estratégias para evitar a crise. No entanto, alguns economistas afirmam que essa crise não deverá se agravar por muito tempo. Entretanto, é necessário tomar alguns cuidados para não ter que fechar as portas. 

Aumento de demissões
Fonte: Google

Por isso, a quantidade de fusões chegou a um número recorde. Segundo os economistas, o sistema financeiro do mundo todo está inundado devido aos programas de estímulo na época da pandemia. Isso quer dizer que, essa situação acabou forçando os administradores de dinheiro das startups a encontrar novas alternativas para investir! 

Assim como, outros segmentos ao longo desse ano o segmento de startups deve contornar essa crise da melhor maneira. Para ajudar o segmento, alguns bancos importantes seguem debatendo alternativas para ajudar essas empresas a passar pela crise. Ou seja, o empresário não precisa se desesperar trata-se de uma crise que deverá ser administrada com cuidado. Alguns economistas, ainda afirmaram que as crises são importantes para que os novos empresários aprendam a lidar com situações difíceis.  

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com os amigos e família, depois volte para ficar por dentro das novidades do mundo das finanças. Esperamos por você! Memivi.