Batalha dos pagamentos via mensagem!

A nova rival do WhatsApp Pay no Brasil deverá impulsionar os pagamentos via teclado. Continue conosco e saiba mais sobre o assunto.
Anúncios


Batalha dos pagamentos via mensagem
Fonte: PayKey

Hoje em dia não é mais tão complicado efetuar um pagamento entre pessoas ou instituição financeira, seja via cartão de crédito ou débito. Por isso, é cada vez mais comum empresas de tecnologia se esforçarem para conquistar o mercado de pagamentos. Sendo assim, fintechs voltadas para o sistema financeiro estão travando uma verdadeira batalha dos pagamentos via mensagem. É o que acontecem no Brasil e no mundo com as WhatsApp Pay e PayKey. 

Porque de fato, o universo do pagamento digital tem evoluído e exigido cada vez mais dinamismo e facilidades. Assim, tanto é que o BC – Banco Central, lançou seu próprio sistema de pagamentos instantâneo; o PIX. Logo, o PIX é um grande facilitador dentro do seguimento, uma vez que, a ferramenta funciona 24h por dia e 7 dias por semana.

Por isso, não apenas as organizações e governos tem atentado para impulsionar o uso de ferramentas que facilitem a nossa vida, mas toda a sociedade da tecnologia. 

Sendo assim, pagamentos com o auxílio de mensageiros é simplesmente incrível. Dessa forma, entre eles, como o único até pouco tempo no Brasil, o WhatsApp Pay reinava ofertando a possibilidade de pagamento via mensagem.

Além disso, a possibilidade de efetuar uma “vaquinha” dentro do App era mais que essencial para determinados grupos. 

Entretanto, como o uso da tecnologia não é algo exclusivo de certas empresas ou seguimentos. O WhatsApp Pay teve seu reinado posto à prova pela PayKey empresa que oferece o sistema semelhante, porém, sem vínculo exclusivo com aplicativo. Assim, as empresas decretaram uma verdadeira batalha dos pagamentos via mensageiros.  

Logo, nossa equipe de especialistas trouxe este artigo para te atualizar e informar mais sobre o assunto. Por isso, não deixe de acompanhar os tópicos na íntegra.

A batalha dos pagamentos via mensagem dos aplicativos e fintechs 

A PayKey é uma fintech israelense que atua no mercado desde o ano de 2015. Logo, conta com mais de 30 nomes de instituições do ramo financeiro e de pagamentos vinculados aos seus serviços. Assim, empresas já conhecidas dos brasileiros como, por exemplo; Mastercard, Banco Santander entre outros, já fazem uso dos serviços da fintech.  

Por isso, devido ao seu grande sucesso em países como, por exemplo, Corea do Sul, Zâmbia, Kenya, Gana, Tanzânia entre outros. Fizeram com que seus olhares fossem voltados para o Brasil, já que estes países têm como característica comum o uso amplo de aparelhos celulares. 

Sendo assim, ainda em 2020, a empresa PayKey desembarcou no Brasil e anunciou sua chegada para transformar o meio de pagamentos via mensagens. Dessa forma, no Brasil, a empresa se tornou a principal concorrente do WhatsApp Pay, portanto, o país se transformou em um “ringue” de batalha dos pegamentos via mensagem.  

As diferenças entre as tecnologias e as formas de pagamentos 

Como dito, as empresas oferecem ferramentas semelhantes de pagamentos via mensagem, porém, com suas particularidades. Dessa forma, enquanto o Facebook – via WhatsApp Pay, se limita os pagamentos exclusivo via mensageiros por meio de cartão de crédito ou cartão de débito. E conta com parceiros como: Banco do Brasil, Cielo, Banco Inter, Nubank, Itaú e Bradesco.  

A empresa israelense; PayKey, segue um rumo diversificado e mais amplo, ou seja, a empresa não está limitada há um único aplicativo ou aplicação. Por isso, oferece um tipo de “teclado bancário” semelhante ao sistema P2P (peer-to-peer), que pode ser acessado pelos principais aplicativos de mensagens.  

Dessa forma, os aplicativos; Snapchat, Line, Twitter, WhatsApp, Messenger e outros, podem ter o teclado incorporado para efetuar as transações e terem os envios de pagamentos sem problemas. Logo, o PayKey pode trazer mais vantagens e possibilidades de acesso aos serviços, entretanto, ainda não conta com a gama de parceiros no país como acontece com seu rival.  

Quem tem acesso aos serviços na batalha dos pagamentos via mensagem? 

Batalha dos pagamentos via mensagem
Fonte: Google

Qualquer pessoa pode acessar aos serviços das plataformas de pagamentos atendendo aos requisitos de uso. Ou seja, para o WhatsApp Pay é preciso possuir uma conta no mensageiro e cadastrar um cartão de crédito ou débito no sistema de pagamentos do Facebook.  

Já para utilizar o PayKey é preciso possuir conta bancária em um dos bancos parceiros e/ou possuir um cartão de crédito Mastercard. Além disso, deverá efetuar seu cadastro na plataforma para acessar aos serviços de pagamentos via mensagem. Por fim, com o cadastro efetuado e o PayKey habilitado em seu celular, basta acessar a plataforma de envio de mensagem e efetuar a transação sem problemas, simples e fácil a partir do teclado.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.