Brasil digital, BB quer levar internet para todas as cidades

Confira conosco como o Banco do Brasil pretende beneficiar os municípios que não tem quase nenhum acesso à internet!
Anúncios


BB brasil digital
Fonte: Banco do Brasil

Atualmente, uma grande parcela da população brasileira, moradores de cidades pequenas, ainda não tem acesso à internet e o motivo mais recorrente é a condição financeira. Muitas pessoas não recebem um bom salário, e o que recebem vai para alimentação e saúde. Ainda que o dinheiro sobre, em muitos lugares o serviço não está disponível, então por mais que as pessoas queiram, não conseguem contratar um pacote de internet. Portanto, surgiu a ideia do Brasil Digital.

Dessa forma, o Banco do Brasil juntamente com o Ministério das Comunicações, após três meses de parceria ampliarão o Programa Wi-Fi Brasil. O Banco do Brasil – BBAS3 – anunciou que até 500 cidades do interior vão receber pontos gratuitos de conexão de alta velocidade; assim aumentando para 3,5 mil cidades acolhidas pelo programa. Patrocinados pelo banco, os pontos de internet operando via satélite em localidades que não tem acesso a fibra óptica, serão instalados preferencialmente próximos a correspondentes bancários.

Brasil digital

Para um Brasil digital de sucesso, a parceria prevê além do acesso à internet, a capacitação de clientes para a rede digital; orientação financeira e ajuda os produtores rurais a usar os serviços bancários. O Banco do Brasil ainda não divulgou a lista dos lugares, mas serão municípios com pouca ou nenhuma conexão à internet.

Pretendem atender ainda postos de saúde, escolas, aldeias indígenas e quilombos, unidades de segurança pública, assentamentos rurais e outras áreas públicas. A parceria promove palestras, cursos de educação financeira e ainda, a rede Wi-Fi será utilizada para cursos de empreendedorismo com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

O programa prevê que os produtores rurais tenham acesso aos serviços bancários pela internet. Assim, um fazendeiro não precisa se deslocar para realizar operações, conseguindo resolver a maioria das coisas pelo celular.

Segundo o Ministério das Comunicações, o programa Wi-Fi Brasil alcançou a marca de mais de 13 mil pontos de internet e mais de 8,5 milhões de habitantes. Compreenda mais sobre esses assuntos nos tópicos seguintes!
 

Programa Wi-Fi Brasil, um Brasil Digital

Com o intuito de conectar os brasileiros, o programa tem sua coordenação pelo Ministério das Comunicações e tem o objetivo de ampliar a conexão de internet via satélite (de alta velocidade, banda larga, gratuita e ilimitada); dessa forma promovendo a inclusão virtual e levando rede digital para todo o país. O programa tem duas espécies: Wi-Fi Brasil GESAC e Livre. A primeira tem a instalação em locais específicos, como instituições públicas, e a segunda é instalada em praças de livre acesso ao público geral.

O programa visa extinguir o deserto digital que temos no Brasil, não só com internet, mas também com inclusão, cidadania e serviços. Em uma zona rural com 300 pessoas, a instalação da internet gratuita se torna essencial e facilita a vida dessas pessoas, sem precisarem se locomover para resolver um problema digital ou até acompanhar os netos, que estão longe, no crescimento.

Trabalhando com números, o Ministério já instalou mais de 13mil pontos, sendo eles mais de 10mil em áreas rurais e mais de 2,7mil em áreas urbanas, assim mais de 3 mil municípios atendidos. Já ultrapassaram a marca de 8,5milhões de brasileiros favorecidos, sendo 2,5milhões de alunos beneficiados e 9mil escolas conectadas pelo país.

Além disso, mais de 600 pontos em unidades de saúde, 155 em assentamentos rurais, mais de 400 em aldeias indígenas e telecentros com mais de 600 pontos, fora outros espaços públicos pelo Brasil. O sinal que é enviado às antenas vem do satélite brasileiro Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). Sendo assim, envia sinal de internet para 100% do território nacional, transformando o país no Brasil Digital que é incrível.

Empreendedorismo no Brasil

banco do brasil bb
Fonte: Google

Essa parceria entre o Banco do Brasil e o Ministério das Comunicações ajuda o indivíduo de diversas formas. Além da conectividade, o Banco do Brasil pretende preparar os clientes para a rede digital, fornecer serviços bancários aos produtores e moradores rurais. Além disso, o mais interessante que tem a possibilidade de gerar mais frutos: consultoria em educação financeira.

Hoje em dia os jovens têm uma visão diferente do mundo, não são todos que quere fazer a faculdade e apenas trabalhar por aquele diploma. Muitos fazem estudos sobre investimento e empreendedorismo para alcançar a liberdade financeira, sem a necessidade de depender de um emprego CLT ou do governo para se sustentar e ter a tranquilidade de uma velhice sem perrengues.

Com a ajuda do SEBRAE, terão cursos online e gratuitos sobre empreendedorismo disponíveis, além das palestras e cursos sobre educação financeira. Ou seja, estão sendo promovidas várias oportunidades para um futuro melhor, uma mudança de vida. O programa é uma excelente iniciativa e uma colheita farta de frutos no futuro.

Agências do Banco do Brasil – BB

O Banco vai auxiliar o MCom levando a internet às cidades com pouca ou nenhuma conexão que não recebem alta velocidade de internet e nem sinal de rede móvel de dados. Como já foi dito, além das instituições públicas, os pontos de internet serão colocados também nas agências do Banco do Brasil, mas não divulgaram ainda o tipo de infraestrutura utilizada (satélite ou fibra óptica).

Além de tudo, é uma ótima técnica de prospecção de clientes para o Banco do Brasil, afim de digitalizá-los. O banco espera capacitar as pessoas para a rede digital para que eles possam utilizar serviços bancários, de preferência do BB, através do smartphone para resolver questões bancárias. Bem como, transferências e outras situações que conseguimos com um celular na palma da mão.

Em algumas agências já existem um tipo de conexão que permite que o público consiga efetuar operações e efetivar transações financeiras, mas sem o Wi-Fi- público. Vale frisar que, em vários municípios o uso de celular dentro das agências bancárias não se permite, com o fim de reprimir golpes e roubos, como a saidinha de banco. É possível que essa norma se estenda em território nacional.

Conclusão

Até o final de 2021, a expectativa é que os pontos instalados ultrapassem a marca dos 18mil. É interessante que 80% dos pontos estão instalados pelo Norte e Nordeste do Brasil; mas os pontos de conexão estão por todos os quatro cantos do país e a conexão pode vaiar entre 10 e 20 mega por segundo.

O Ministro das Comunicações, Fábio Faria, deixou claro que essa parceria com o Banco do Brasil é apenas o começo, mas a iniciativa é excelente. É apenas o início do plano com uma ideia muito válida. Em cidades pequenas as praças são o point da galera, então com a conectividade instalada nesses lugares, é como se fosse essencial. Muitas pessoas podem usufruir desse benefício e é de extrema utilidade.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *