Brasil digital, Gov.br alcança 100 mil de usuários

Portal do Governo Federal bate recorde em acesso no ano de 2021. Saiba mais aqui
Anúncios


Brasil digital gov.br
Fonte: Google

Antes de mais nada, o portal do Governo Federal – Gov.br – alcançou 100 milhões de usuários cadastrados, com acesso a mais de 3 mil serviços digitais. Além de informações sobre a Administração Pública e notícias do país. Dessa forma cada usuário tem seu próprio login e senha para acessar todos os serviços 100% online, sem precisar comparecer as unidades governamentais. Esse avanço do Governo Federal representa a inclusão digital do país e mais um passo para o Brasil digital ideal.

A construção e expansão desse site só prova o quanto o Governo Brasileiro é a favor da nova era digital e a inclusão de toda a população. Assim com a facilidade e agilidade que os cidadãos conseguem utilizar os serviços é cada dia mais notável que estamos dentro da era tecnológica.

Portal Gov.br

Desde o lançamento do portal, os mecanismos de segurança foram aperfeiçoados; o que faz com que Gov.br seja uma das maiores plataformas mundiais de governo, que soluciona cada vez mais problemas. Desse modo, os milhões de usuários comprovam que o Brasil caminha para um Estado Moderno, focado no cidadão.

O portal teve sua criação com o intuito de facilitar o dia a dia dos brasileiros. Bem como, o acesso a serviços públicos, reunindo todos os sites do Governo Federal. É possível encontrar serviços para empresas, instituições públicas, órgãos e cidadãos. Como a consulta ao INSS, serviços de trânsito, solicitação da carteira de trabalho e outros. Desse modo, com mais de 800 serviços públicos digitalizados, a média de solicitações online é de 65 milhões, o usuário não precisa se deslocar, gastar com transporte e tempo. Além de gerar muita economia para o governo e para a sociedade.

Até 2022, o Governo Federal tem o propósito de digitalizar 100% dos serviços públicos. Sendo assim, o Gov.br é a principal forma de centralizar a experiência do consumidor no acesso aos serviços digitais, a obter informações e receber notícias do que acontece no país. Cada dia um passo novo de ser o Brasil Digital que os brasileiros precisam e esperam.

Uma curiosidade importante é a economia de horas burocráticas, são 149 milhões de horas economizadas. Dessa forma, isso equivale a 24 horas de trabalho da população ativa do Estado de São Paulo. Não se preocupe, vamos explicar ponto a ponto este assunto!

O governo por um Brasil digital

Em agosto de 2019, o portal teve seu lançamento após cumprir as determinações do presidente, no chamado dia D da transformação digital no Brasil. O objetivo sempre foi a integração das entidades governamentais, diminuição de deslocamento e comparecimento aos órgãos públicos, a garantia da eficiência dos serviços prestados e acima de tudo, uma excelente experiência aos usuários.

Somente 2 milhões de pessoas usavam os serviços governamentais de forma digital, antes do lançamento, mas por todo o esforço da equipe de T.I esse número aumentou muito com a inclusão de serviços de 194 órgãos públicos. Esse semestre outras funcionalidades terão seu lançamento no aplicativo Meu Gov.br, incluindo o acesso rápido ao portal, utilizando QR Code.

Através do Ministério da Economia e do Serviço Federal de Processamento de Dados, a Política de Governo Digital focada no cidadão concebeu a Conta gov.br. Assim, a conta é uma forma de acesso digital do consumidor aos serviços virtuais, facilitando a identificação e autenticação do usuário podendo ter seu acesso por qualquer aparelho eletrônico. Existe um ambiente de autenticação único a cada usuário para utilizarem todos os serviços disponíveis.

Reconhecimento da ONU

A oferta de serviços públicos digitais do Brasil ganhou reconhecimento em 2020, na Pesquisa sobre Governo Eletrônico que teve sua publicação pela ONU. Entre 193 nações, o Brasil está entre os 20 países com melhor oferta de serviços públicos digitais, no Índice de Serviços Online. Ficando em primeiro lugar da América do Sul e nas Américas ocupa a segunda posição, estando atrás dos Estados Unidos e a frente do Canadá, Uruguai e Chile.

O Índice de Serviços online calcula o quanto a tecnologia da informação e comunicação pelos governos é útil a nível nacional para a prestação de serviços públicos. Isso inclui participação eletrônica, fornecimento de serviços multicanais, dados abertos e serviços móveis com o nível de utilização pelo cidadão.

O secretário de Governo Digital disse se orgulhar de um projeto que pretende ter todos os serviços digitalizados até o ano que vem. O projeto se trata de simplificar a vida dos brasileiros, reduzir a burocracia e liberar o acesso ao governo durante 24 horas por dia e sete dias por semana apenas com um aparelho nas mãos. Isso significa que o Brasil digital está alinhado com a sociedade e as mudanças que vem ocorrendo no mundo.

Exigências e segurança no Brasil Digital

Brasil digital
Fonte: Google

Alguns níveis de exigências se estabeleceram para os documentos públicos com autenticações eletrônicas e assinaturas: Ouro, Prata e Bronze. Os três podem facilmente ter seu entendimento pelo público. A Identidade Digital Ouro é para quem tem a biometria facial pelo Tribunal Superior Eleitoral registrada no aplicativo Meu Gov.br.

A Identidade Digital Prata se refere aqueles que acessam o portal com conta e senha bancárias já integrados à plataforma. E a Identidade Bronze é para todos os 100 milhões de pessoas com cadastro no Gov.br, nesse nível já é possível fazer assinaturas simples com validade em situações de baixo risco e que não tenha envolvimento de informações sigilosas. As identidades Ouro e Prata permitem assinatura avançada que envolvem alguns benefícios, como o pré-preenchimento automático do Imposto de Renda.

Em relação à segurança a Conta Gov.br utiliza os mesmos recursos que grandes empresas, então existem mecanismos duplos de segurança para diminuir as possibilidades de furto de senhas. O procedimento é simples e consiste em digitar um código extra recebido ao entrar no app, o código chega bem rápido e a cada serviço acessado, um novo código é enviado. Mas, isso é opcional.

Esse protocolo é consolidado por empresas de software para ajudar na identificação, autenticação e autorização da entrada dos usuários. A escolha de usar o mecanismo duplo ou dispensá-lo é completamente do cidadão, mas o indicado é aceitar, porque se tratando de segurança, e todos os dados pessoais envolvidos é primordial assegurá-los.

Conclusão

Para o consumidor, esse portal é extremamente útil. Atualmente as pessoas querem praticidade no dia a dia, e poder resolver problemas burocráticos através do celular e no conforto de casa é quase a oitava maravilha do mundo.Dessa forma, a nova era digital nos permite otimizar o tempo de trabalho, estudos e afazeres com a incorporação da tecnologia em várias áreas da vida.

O cadastro no Gov.br é muito fácil, basta entrar na página inicial do portal, clicar em “Acesse sua conta” e logo em seguida em “Crie sua conta”. Depois forneça todos os seus dados como CPF, nome completo, e-mail e telefone celular; em seguida, valide seus dados e habilite sua conta por e-mail ou código por SMS. Por fim, finalize o cadastro colocando seu CPF e uma senha de sua preferência. Então você poderá desfrutar de todos os serviços disponibilizados no site.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *