Casais bem sucedidos realizam fantásticos sonhos juntos.

Muitos casamentos chegam ao fim devido algumas dificuldades financeiras. Por isso, daremos dicas de como casais podem crescer juntos financeiramente.
Anúncios


Fonte: Google

Certamente, o descontrole financeiro tem abalado alguns casais bem sucedidos, e a falta de autoconhecimento pode ser um dos elementos que contribuem para este fato. Por exemplo quando um dos parceiros quebra algum combinado, ou comportamentos viciantes que resultam em gastos supérfluos para satisfação pessoal.

Além disso, boa parte dos casais dão prioridades algumas coisas como a compra de uma casa maior, ou melhor carro; mas esquecem de analisar outros pontos relevantes para a relação. Neste último exemplo, além da despesa aumentar devido ao tamanho de uma nova casa ou carro, o casal pode deixar de lado coisas importantes; Como boa alimentação, lazer ou bem estar da família. E são coisas essenciais deixadas de lado devido caprichos que pode não estar ao alcance de certos casais.

Afinal, não é difícil encontrar pessoas que andam em excelentes veículos, usam as melhores roupas, e realizam outros gastos desnecessários; mas não investem na educação dos filhos.

Sendo assim, casais inteligentes realizam sonhos juntos! Mas para isso é preciso falar abertamente sobre finanças, ter objetivos em comum e isso não impede que cada um tenha as metas individuais. Podem também fazer o orçamento familiar juntos, para assim controlar as finanças, para isso existem diversos aplicativos que irá ajudar, além de ambos poupar e se possível fazer investimentos.

Mas a vida não se resume apenas em enriquecer, afinal do que vale ganhar muito dinheiro e não vivenciar bons momentos. Por isso o casal deve investir no relacionamento, também nos sonhos individuais, aprender juntos educação financeira, e o planejamento deve acontecer desde o namoro. Mas nada é tão importante quanto momentos a dois, abraços carinhosos, e momentos de paz junto a família, isso inclui sogras, sogros, cunhados, filhos e os demais.

Casais bem sucedidos: Dicas que podem ajudar casais a crescerem juntos.

Conta conjunta – Casais bem sucedidos na área financeira geralmente unem os patrimônios, então para essas pessoas é fácil ter também as finanças juntas; e especialistas em educação financeira dão a sugestão de unir as rendas para arcar as despesas da família, ou durante os planos para o casamento. No entanto, a sugestão é que cada cônjuge tenha a própria parte para gastar como bem entender. Mas se um dos cônjuge não tiver controle dos gastos o ideal é separar as contas para evitar atritos.

Dependente de cartão – Assim como a conta conjunta, o cartão pode ser muito bom para casais que querem ser bem sucedidos e que tenham de fato o mesmo foco e objetivo. Afinal o uso incorreto do cartão de crédito pode resultar em dividas para o titular  e complicar as finanças e o bem estar da família. Além disso, a fim de economizar, o casal pode optar por contas digitais, com serviços grátis, inclusive cartões de crédito sem anuidade. Essa também é uma forma do casal economizar, evitando gastos com taxas e tarifas.

Conversar sobre finanças – É importante conversar com companheiro sobre finanças, e assuntos como doenças, morte, gastos com filhos, prioridades da família e outros. São conversas que quase ninguém gosta de tratar, mas é necessário que o casal tenha alternativas para imprevistos. Então, é preciso sentar e discutir sobre o melhor plano de saúde, analisar seguros, ou assuntos simples como uso correto do cartão de crédito, contas e carteiras digitais, enfim, tudo relacionado a finanças.

Mais algumas dicas:

Fonte: Google

Nada de segredos – É comum ver casais  em que um dos parceiros faça dívidas as escondidas. No entanto, após identificar o problema a primeira coisa a ser feita separar contas e cartões para que a outra pessoa não seja prejudicada. Por isso a base de qualquer relacionamento deve ser a confiança; e com passar do tempo a tendência é que os casais se conheçam melhor; e o companheiro que entender mais de finanças deve ajudar aquele que tiver dificuldade.

Compra da casa própria – Especialistas acreditam que morar de aluguel pode ser interessante em algumas situações. A dica é quase sempre investir o valor da parcela de um possível financiamento. Que deve render para que em alguns anos aconteça a compra da casa própria à vista. Porém, irá depender de cada casal, ou seja, o estilo de vida, a maneira que o casal lida com finanças e outros detalhes importantes. E para os casais mais jovens, é preciso cautela por estarem no começo da vida.

Isso por que, um financiamento pode ser problema no futuro se não tiver um bom planejamento. Além disso, o casal terá menos flexibilidade no caso de propostas de emprego em outras cidades, ou talvez não seja possível se arriscar em planos profissionais maiores. Afinal, o financiamento exige que o casal tenha emprego estável, mas que quase sempre paga menos. 

Conclusão

Para finalizar, o casamento exige planejamento financeiro, confiança e muito companheirismo para que juntos possam crescer e ter a oportunidade de viver melhor. Porém, certas incompatibilidades precisam ser identificadas ainda no começo do relacionamento, principalmente no que diz respeito a finanças. Isso por que, depois será mais difícil realizar mudanças para o bem estar de ambos.

Gostou do nosso artigo? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, com os seus amigos e ainda com os seus familiares. Em seguida, aproveite outros conteúdos para entender melhor sobre finanças, investimentos e outros, tudo aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *