10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Cenário econômico brasileiro: confira! 

Cerca de 63% dos brasileiros não ganham o suficiente para pagar contas, saiba mais sobre o cenário econômico brasileiro!

Brasileiros ganham menos
Fonte: Google

O cenário econômico brasileiro está passando por um momento delicado, e os brasileiros estão sentindo os efeitos da crise sendo refletido nos altos preços. Segundo uma pesquisa realizada pela Datafolha, aproximadamente 63% dos brasileiros afirmaram não ganhar o suficiente para poder custear os gastos mensais. Sendo 37% desse total admitiram não ganhar o suficiente para sustentar a família.  

Nesse contexto, cerca de 26% dos brasileiros que foram ouvidos na pesquisa admitiram que o salário é baixo, o que acaba causando dificuldades na hora de pagar as contas. Ainda segundo a pesquisa, um dos vilões da economia brasileira em 2022 é sem dúvida a inflação. Que segue alta e afetando os preços de produtos e serviços no país. 

Além disso, com o cenário econômico brasileiro de crise o pessimismo passou a tomar conta da população em relação ao futuro. Cerca de 63% dos brasileiros entrevistados acreditam que o cenário não vai mudar até o final do ano. Porém, existem alguns brasileiros que esperam que o resultado das eleições mude esse quadro! 

Nesse sentido, um estudo realizado por analistas revelou ainda que a percepção de alguns brasileiros sobre a sua atual situação financeira. Assim como, do país é de o cenário econômico brasileiro vem piorando nos últimos meses. Saiba mais ao longo desse artigo! 

Necessidade de composição de renda  

Segundo a pesquisa realizada pelo Datafolha, muitos brasileiros sentem a necessidade de complementar a sua renda para poder pagar as contas do mês. Desse modo, alguns profissionais buscam ocupações informais para obter uma renda extra. Apesar de ter a carteira assinada e os seus direitos assegurados, a alta na inflação não permite que o salário seja suficiente! 

Aproximadamente 40% das famílias brasileiras informaram que a sua renda mensal sofreu uma queda relacionada a redução de salário ou perda de emprego. Vale ressaltar, que as famílias de baixa renda sofreram um impacto ainda maior. Na pesquisa cerca de 24% das pessoas entrevistadas informou que alguém perdeu o emprego em casa. Já 22% das pessoas afirmaram que tiveram redução nos salários.  

Segundo alguns economistas, esse peso no bolso das famílias brasileiras está relacionado ao impacto financeiro que a pandemia deixou. Além dos aumentos da inflação que contribui para que os preços de produtos e serviços ficassem mais caros. Assim, muitos brasileiros tiveram que reorganizar os seus gastos para poder pagar as contas do mês.  

Cortes no orçamento dos brasileiros 

Entre os cortes que os brasileiros fizeram para economizar estão, as viagens, ingressos para shows, aquele jantar fora no meio da semana e até o cineminha virou passado para muitas pessoas. Cerca de 49% dos brasileiros tiveram que fazer esses cortes com gastos extras para que o salário tivesse uma durabilidade até o final do mês. A pesquisa ainda revelou que a feira do mês foi reduzida, assim, alguns produtos considerados supérfluos foram cortados! 

Portanto, cerca de 43% dessas pessoas cortaram aquisições mais caras como, por exemplo a a compra de um automóvel novo, eletrodomésticos. Além de roupas e eletrônicos, a queda na renda mais a inflação representa um peso no comportamento de 84% dos brasileiros entrevistados. 

No mercado financeiro, a alta dos juros cobrada em financiamentos acabou afetando a decisão relacionada a empréstimos e financiamentos. Desse modo, cerca de 56% dos brasileiros chegou a desistir de solicitar empréstimos até para quitar as dívidas. Apesar dessa notícia, o crédito foi considerado por muitos brasileiros como uma solução no pagamento das dívidas. Sendo assim, cerca de 45% revelou que deverá solicitar um financiamento até o final desse ano para ter renda suficiente.  

Cenário econômico brasileiro 

Brasileiros ganham menos
Fonte: Google

Então, diante do cenário econômico brasileiro cerca de 37% afirmou que às vezes falta dinheiro para fechar o mês. Além das contas que estão em atraso, ou seja, algumas dessas pessoas dizem que o salário não é suficiente para pagar todas as contas do mês. Desse modo, algumas são pagas em atraso, gerando multas e mais endividamento! 

Assim como mencionei anteriormente, cerca de 63% das pessoas entrevistadas acreditam que o cenário não vai mudar até o final do ano. Porém, existem alguns brasileiros que esperam que o resultado das eleições mude esse quadro. Entretanto, 26% dos brasileiros que foram ouvidos na pesquisa admitiram que o salário está baixo em relação ao aumento da inflação, o que acaba causando dificuldades na hora de pagar as contas. 

Ainda segundo a pesquisa, cerca de 63% aprovam o reajuste de salários para que o dinheiro seja suficiente até o final do mês. Já 19% dos entrevistados estão receosos em relação a mais um aumento da inflação, com isso os preços sofrerão mais um reajuste. Porém cerca de 13% dos entrevistados acreditam que a inflação deverá diminuir até o final de 2022. 

Gostou desse conteúdo? Permaneça no nosso blog e confira as principais novidades relacionadas ao mundo das finanças! Memivi.