10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Clube de assinatura: saiba como funciona, e veja algumas dicas para seu negócio. 

A modalidade de negócios que já movimenta 1 bilhão de reais ao ano no Brasil. Saiba como aderir esse tipo de formato em seu negócio. Continue aqui e saiba mais!

Clube de assinatura
Fonte: Google

O clube de assinatura não é nenhuma novidade, o que mudou é o tipo de negócio. Logo, o conceito está mais moderno e cada vez mais clientes buscam esse tipo de praticidade. Assim, existem diversas categorias de produtos que podem ser, por exemplo, livros, vinhos, beleza, itens de papelaria, e muitos outros. O assunto chamou sua atenção? Preparei esse conteúdo completo para você conhecer tudo sobre esse conceito de negócios. Vamos lá! 

Voltado para o comércio recorrente, o clube de assinatura é um modelo de negócio que pode ser aplicado em quaisquer produtos ou serviços. E quando me refiro a qualquer um, são os mais variados, como alimentos, bebidas, brinquedos, entre vários outros.

Você se lembra que antigamente esse tipo de categoria era muito usado em revistas e jornais? Você pagava mensalmente por aquela assinatura, e recebia em sua casa as revistas e jornais. 

Assim, dessa mesma forma funciona esse novo conceito, o cliente interessado pode assinar semanal, mensal ou anual os itens do seu interesse. Atualmente a modalidade mais conhecida nesse tipo de conceito é a assinatura mensal de produtos.

Mas, devido ao grande aumento na concorrência, hoje já existe até assinatura de caixa surpresa, onde o consumidor nunca sabe o que vai receber. Contudo, essa modalidade de negócio surgiu no Brasil em 2011, mas, não teve tanta repercussão na época. Assim, com a chegada da pandemia mundial do Covid-19, as e-commerce tiveram aumentos expressivos 18% em 2021 nesse modelo de negócio, e podem alcançar cerca de 75% dos empreendedores até 2023.

Portanto, se você é empreendedor e deseja aderir a esse conceito em seu negócio, me acompanhe até o final e veja algumas dicas para executar essa modalidade no seu negócio. 

Veja mais a seguir.

Implantando o conceito

O primeiro passo para aderir ao clube de assinatura, é verificar se o seu produto está adequado a esse modelo de negócio. Logo, após ter certeza de que seu produto se encaixa neste conceito, e que ele pode ser entregue periodicamente ao seu cliente, podemos seguir para a próxima etapa. Agora, é necessário fazer uma análise para saber qual diferencial seu produto pode oferecer ao seu cliente. Essa fase é muito importante, pois, vai determinar se o seu cliente se tornará um assinante, seja pelo preço, praticidade ou algum benefício. 

Após identificar e enquadrar seus produtos no modelo de negócio, agora é o momento de definir o processo para pagamento recorrente. Assim sendo, o preço de venda vai depender do produto e da quantidade de assinantes. Ou seja, além de custos de frente, marketing, logística, tem o custo do produto.

Nesse sentido, a melhor forma de administrar é criando planos com opções para o consumidor assinar de forma mensal, semestral e anual. Assim, você pode ir oferecendo descontos e benefícios para quem optar pelos planos mais longos. 

Após determinar seus planos e preços, uma boa ideia é dar opções de pagamentos ao seu cliente. Nesse sentido, é interessante contratar uma plataforma para gerenciar esses pagamentos, assim evita-se erros manuais. Contudo, uma boa estratégia para evitar esse tipo de situação é um gerenciado de pagamento recorrente. Além de garantir agilidade na gestão, facilita sua rotina e grande automatização de suas cobranças.  

Logística e lucro pela previsibilidade

Para um modelo de negócio como clube de assinatura, é fundamental ter uma logística funcionando perfeitamente. Então, você já imaginou seu cliente recebendo sua Box em atraso? Certamente não seria nada legal! Portanto, para evitar esse tipo de situação, tenha várias opções de fornecedores, além disso, se esforce para desenvolver uma box com o mesmo peso médio. Uma boa dica é escolher uma caixa pensando nas dimensões de seu produto, além disso, verificar o prazo de entrega e o frete de acordo com o CEP de destino. 

Além dessa dica, hoje já existem várias plataformas de e-commerce que dão suporte a essa modalidade. Assim, vou deixar algumas plataformas aqui para que você conheça. VTEX, conhecida por ser líder de grandes negócios no Brasil, atua em mais de 24 países.

Além disso, dois e-commerce que usam a VTEX são O Boticário e Época Cosméticos. SIGNASHOP, essa outra plataforma da Signativa, oferece desenvolvimento em Magento, e possui mais de 19 anos no mercado brasileiro. Contudo, no seu plano SIGNASHOP MASTER, é possível ter todas as funcionalidades para vender assinaturas. 

Agora com tudo rodando certinho, nos primeiros meses é preciso renunciar às margens de lucro. Sendo assim, em média para você começar a obter ganhos é preciso fidelizar o cliente por pelo menos seis meses. Portanto, seja convincente a atrativo para aceitar ser seu assinante e receber seus produtos todo mês. Com isso, receber pagamento recorrentes é de grande importância para a rotina do empreendedor e saúde de seu negócio. 

Conclusão

Clube de assinatura
Fonte: Google

Após ter conhecido algumas de nossas dicas é chegada a hora de colocar tudo que você aprendeu aqui em prática. Portanto, não se esqueça dos pontos fundamentais para obter resultados positivos nesse conceito de negócio. Agora é com você, faça um esforço e tire essa ideia do papel. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.