Crédito emergencial para Micro e pequena empresas da Caixa.

Diante da crise econômica atraída pelo coronavírus, o banco estatal Caixa Econômica Federal anunciou a liberação do crédito emergencial para socorrer as micro e pequenas empresas do Brasil.
Anúncios


Fonte: Google

Antes de tudo, hoje iremso falar sobre o Crédito Emergencial. Você tem dúvidas sobre como ter o seu? Não deixe de ler e acompanhar o texto até o fim!

Segundo Pedro Guimarães, presidente da instituição bancária, a data para iniciar a liberação do crédito de até R$ 3 bilhões começa nesse mês. Assim, a garantia para liberação do valor é feita pelo Governo Federal que será de até 85% do valor contratado em cada banco. 

Ainda, segundo Guimarães esse valor é uma estimativa inicial proposta pela Caixa. Mas, se o volume da demanda for maior do que o projeto inicial esse valor deve passar os R$ 3 bilhões. Dessa forma ampliado para atender os clientes. 

Por fim, as MPEs que tiveram faturamento de até 4,8 milhões no ano de 2019; poderão ter a contratação do crédito por meio do site da Caixa.

Assim, nosso blog dedicou um artigo exclusivo para tirar as suas dúvidas sobre o crédito emergencial para Micro e pequenas empresas.  

Vamos lá!

Crédito emergencial: Sobre o PRONAMPE 

Fonte: Google

Desenvolvido pela Governo para atender as demandas de urgência das Micros e pequenas empresas o crédito emergencial (PRONAMPE); tem como objetivo o financiamento e desenvolvimento das empresas que atendam aos requisitos da lei. 

Assim, para aquelas empresas que se encaixam na regulamentação do crédito deverão utilizá-lo com o objetivo de melhorias em seus empreendimentos, por exemplo:

  • Melhoramento da estruturais física das lojas e estabelecimentos;
  • Aquisição de máquinas e equipamentos de produção e a implementação tecnológica para atendimento e soluções; e,
  • Serviços operacionais como a manutenção de equipe trabalho, além de salários e outros relacionados ao capital de giro integral da empresa.  

Quais as vantagens de contratar empréstimo?

O empréstimo garante o acesso amplo para os empreendedores. Assim, existem maiores chances de aprovação na solicitação do benefício, em particular pela Caixa. Dessa forma, essa categoria ganhou a ampliação do teto. 

Assim, o banco estatal espera atingir ainda mais negócios e contribuir para o socorro dos micros e pequenos donos de empresas.  

Quais os critérios para a empresas acessarem a linha de crédito emergencial?

Para acessar ao crédito as empresas pertencentes a categoria MPEs; deverão apresentar faturamento anual de até R$360,000.00 mil por ano para as empresas cadastradas como micro.

Já para as empresas na categoria empresas não poderão passar o valor da declaração anual de R$ 4,8 milhões.

Ainda, as empresas que possuem pendências na Receita Federal não poderão ter acesso ao crédito. Assim, para acessar ao crédito suas pendências com relação a declaração anual sobre o faturamento deverão ser pagas e regularizadas diante do órgão. 

Quem poderá solicitar o crédito emergencial? 

Para o empreendedor que deseja buscar o crédito na Caixa ou em outros bancos, antes deverão receber o comunicado da Receita Federal.

Desse modo, que confirmará sua elegibilidade ao acesso da linha emergencial do programa. Bem como, vale lembrar que as notificações já começaram a ser enviadas. 

Assim, após o recebimento do comunicado os empreendedores poderão entrar em contato com Caixa.

Mas, para aqueles cadastrados no Simples Nacional a comunicação não terá como enviar.

Desse modo, o empreendedor terá acesso a ela por meio do portal e-Cac, caso não seja optante.

Quais as taxas, juros e prazo para o pagamento no empréstimo emergencial?

Para garantir o acesso ao crédito emergencial, o Governo Federal tem promovido a isonomia entre as instituições que oferecem o crédito.

Dessa forma, estabeleceu um teto para a cobrança de juros e taxas fixadas em até 1,25% ao ano. E o máximo da variação com base na Selic de até 2% ao ano. 

Assim, com o pagamento ampliando o empreendedor terá até 36 meses para pagar o montante contrato. Além de obter uma carência de até oito meses para o pagamento da primeira parcela. 

Qual o limite para aquisição do empréstimo emergencial? 

A projeção para liberação de crédito do programa será o limite máximo em acordo com o faturamento da empresa no ano de exercício anterior. Ou seja, o percentual de até 30% e de até 50% para aquelas empresas que possuem menos de 12 meses. 

Entenda como fica a seguir: 

  • Para uma projeção com mais de 12 meses de operação e que possuam o faturamento de até R$ 300 mil; poderá ter acesso ao limite de até R$ 90 mil;
  • Para uma projeção com menos de 12 meses de operação e faturamento mensal de até R$ 30 mil. Ou ainda, capital integrado de até R$ 50 mil; poderá acessar ao teto de até R$ 9 mil ou R$ 25 mil respectivamente.

Quais as instituições bancárias, além da Caixa que ofertam o acesso ao empréstimo emergencial?

São várias as instituições financeiras que oferecem o crédito emergencial como; por exemplo:

  • BB,
  • Santander,
  • Itaú
  • Bradesco,

Além das instituições e cooperativas de crédito Sicredi, Bancoob, BDMG e entre outras.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Por fim, acesso ao empréstimo Pornampe por meio de sua agência bancária ou por meio de uma das cooperativas financeiras. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *