Crédito fácil, MEIs e EPPs tem ajuda na pandemia

Grande parte dos financiamentos federais foram encerrados em dezembro de 2020, as alternativas são em linhas de crédito privadas.
Anúncios


Crédito fácil MEI
Fonte: Google

As medidas de protetivas para conter o contágio do covid-19 continuam fazendo com que as Micro, pequenas e Médias Empresas enfrentem contra tempos diversos tendo que se adaptar ao Novo Jeito de Trabalhar. Contudo a quantidade de linha de crédito disponível no mercado não acompanhou a degeneração da Segunda Onda da pandemia, que chegou com tudo no brasil.

Todavia grande parte dos financiamentos federais que estavam voltados para auxiliar no enfrentamento da Pandemia do Covid-19 tiveram fim no mês de dezembro de 2020. Porém ainda há expectativa e discursões sobre o seu retorno.

Sendo assim as linhas de crédito no presente momento são de programas estaduais e Linhas de Crédito privadas, as Instituições Financeiras anuniciarão Linhas de Crédito com facilidades para Mei. Contudo cerca 38% dos microempresários aprenderam com a Pandemia do Covid-19 um Novo Jeito de Trabalhar.

Assim como um novo jeito de vender devido a quantidade de lojas virtuais que foram abertas nas Plataformas Digitais e Apps segundo pesquisa de especialistas em Tecnologia.

Assim sendo 33% de microempreendedores concordam que este momento de dificuldade se torna um momento para inovar mercado. Portanto 52,6% ou seja mais da metade dos microempresários pretendem ampliar os seus negócios ao final desta crise provocado pela Pandemia do Covid-19 e o tão esperado retorno da economia no país e no mundo.

Ao mesmo tempo que 29,2% calculam que vão conseguir voltar ao mesmo nível de antes da Pandemia.

Pronampe, o crédito fácil para MEI e EPPs

O Pronampe, Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte trata-se da principal Linha de Crédito oferecido pelo Governo Federal para auxiliar as micro e peuquenas empresas em meio a Pandemia do Covid-19. Dessa forma o empréstimo funciona da seguinte forma a Intituição Financeira empresa o dinheiro para o microempresário dispondo de garantia de recursos de fundo público.

Contudo durante todo o ano de 2020 foram disponibilizados aproximadamente R$ 37 milhões em linhas de crédito, assim sendo usadas em média por 520 mil micro e pequenas empresas que foram beneficiadas dessa forma assumiram comprometimento resguadar funcionários dessas empresas.

Sendo assim as micro e pequenas empresas tiveram a oportunidade fazer uso desses recursos financeiros para custear as atividades dessas empresas em geral como por exemplo investimentos em capital de giro para despesas operacionais. Todavia o Pronampe pode conceder ao microempreededor conquistasse até 30% de todo o seu faturamento anual em linhas de crédito, diante das taxa mais caras cartão de crédito.

BNDES, patrimônio e investimentos.

linha de crédito pronampe

Nos dias atuais, levando em consideração tudo que estamos vivendo e o agravamento da Pandemia do covid-19 e a Segunda Onda com efeitos ainda mais destrutivos tanto para a população como para micro, pequenas e até grandes empresas, o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social estabeleceu várias linhas de crédito com a finalidade de ajudar, os profissionais que se tornaram Mei.

Assim como também micro pequenas e médias empresas desde o ano passado para poderem enfrentar da melhor maneira a Pandemia do Covid-19. Entretanto essas linhas de crédito viabilizadas até dezembro de 2020, sendo assim no presente momento o Bndes tem oferecido linhas de crédito direto para as médias empresas.

Contudo o valor mínimo dessas linhas de crédito desponibilidade é de R$ 40 milhões para investimento com prazo de 120 meses. Sendo assim a carência é 12 a 60 meses. Contudo para capital de giro o prazo é de 48 meses e a carência vai de 3 a 12 meses. Todavia o Bndes possui um cartão próprio, porém é preciso ter cuidado com a Taxa Mais Cara do Cartão de Crédito.

Banco do povo

No estado de São Paulo Mei, micro, pequenos e médio negócios contam com a ajuda de linhas de crédito pelo Banco do Povo e pelo incentivo Desenvolve SP criado pelo governo para facilitar assim linhas de crédito em meio a Pandemia. Sendo assim metade desse valor disponibilizado é voltado exclusivamente para bares e restaurantes que assistiram um declínio no setor em função dos efeitos da pandemia.

Portanto a outra metade deste incentivo será para os comércios de pequeno porte também impactados pela Pandemia que tiveram que aprender um Novo Jeito de Trabalhar assim como muito negócios por todo país, assim sendo esse incentivo muito bem vindo para comércios como academias, centros de estética o setor de eventos.

Ainda assim de acordo com o Governo de São Paulo uma média de pouco mais de R$ 2 bilhões em linhas de crédito com juros baixos forma viabilizados com a finalidade de ajudar empresários tanto na Segunda Onda como também desde o início da Pandemia do Covid-19. Contudo os juros cobrados pelo incentivo ficarão em torno de 1% o mês mais a taxa Selic com prazo de 60 meses para o pagamento.  

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *