Como usar o Pix? Criminosos utilizam o Pix para aplicar golpes.

Cuidados com uso do Pix. O novo meio de pagamentos está sendo usado para aplicar golpes, e crimes aumentam nas compras de fim de ano.
Anúncios


Fonte: Google

Já imaginou fazer TED ou DOC em qualquer hora do dia nos 7 dias da semana, e sem cobrança de taxas? Com o Pix, o novo meio de pagamento digital já é possível. Mas esse moderno meio de pagar as contas chama atenção de criminosos que ficam atentos e pode ser mais uma maneira de aplicação de golpes. Saiba aqui como usar o Pix

Diante disso, todo cuidado é pouco, com uso deste novo método de pagamento instantâneo, e promete mudar a vida das pessoas.

Medidas preventivas para uso do Pix.

Mesmo com Banco Central (BC) dando garantias e afirmando que o Pix é um método seguro de pagamentos, alguns cuidados devem fazer parte da nossa rotina para evitar golpes.

Quem teve a oportunidade de testar o funcionamento do Pix, pôde perceber que uma das grandes vantagens é a rapidez das transações, o crédito em conta utilizando o Pix acontece de maneira instantânea.

As vendas pela internet estão em alta, e este crescimento será maior nas compras de final de ano.No entanto, medidas simples pode livrar os consumidores de dores de cabeça no futuro.

Confira algumas dicas:

Links desconhecidos

Abrir a caixa de entrada do e-mail contendo mensagens suspeitas, e receber WhatsApp oferecendo brindes ou descontos, faz parte da vida das pessoas.Porém, clicar nesses links desconhecidos é uma das formas que criminosos utiliza para roubar dados, como senhas e números de documentos.

A princípio, parece simples de identificar, basta ficar atento aos e-mails suspeitos, mas os golpistas costuma usar pessoas próximas, ou seja, enviam mensagens de números conhecidos e até de parentes pois sabem que nem todos irão desconfiar. 

Cuidado com certas ligações

Outra maneira usada para enganar as pessoas é através de ligações. Os suspeitos costumam dizer que são de bancos e até de instituições do governo. Logo, desconfie de ligação solicitando a confirmação de dados.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a instituição, principalmente com essas novidades no mercado, no caso do Pix, nunca informe, número de CPF, e-mails e outros dados.

Como usar o Pix: Uso de outros computadores

Fonte: PIX

Jamais utilize computador ou celular de estranhos para realizar compras ou acessar o Internet banking. Além disso, ambientes com rede Wi-fi abertos também não são recomendados. Pode parecer neura, mas usar carregadores de estranhos, e tomada de lugares públicos também apresenta perigo. Sendo assim, desconfie de tudo.

Como usar o Pix: Boletos bancários

O Pix ainda não pode ser usado para efetuar pagamentos de boletos comuns. Mas em breve essa opção estará disponível, e irá funcionar com código de barras e QR Code, ou seja, as duas opções no mesmo boleto. Sendo assim, se algum estabelecimento não disponibilizar de outros meios de pagamentos, somente com boleto, não realize a compra, este é um golpe muito comum principalmente nas vendas online.

Como usar o Pix: Confira os dados

As transferências via Pix acontece de forma instantânea, por isso, antes de realizar a transação, confira os dados do destinatário. O Pix permite que uma pessoa cadastre até 5 chaves, que são o número de telefone, e-mail, número do CPF, e duas outras que podem ser aleatórias. Por isso, muito cuidados com essas informações.

Como usar o Pix: Golpes mais comuns

O golpe mais comum está sendo com o cadastramento das chaves Pix, as pessoas estão sendo alvo de phishing, tática usada pelos fraudadores e consiste no envio de mensagens com objetivo de conseguir dados pessoais. Então, se receber algum e-mail ou mensagem pelo celular, alegando que é para confirmação ou cadastro do Pix, desconfie e nunca passe as informações.

O que são “Crimes cibernéticos”

São crimes que acontecem via internet, e geralmente o motivo é  a falta de segurança das redes, e até no acesso a certos sites. A Comercialização de dados pela internet são constantes, e movimenta o mercado negro de venda de informações pessoais, mas alguns cuidados pode dificultar a ação desses criminosos.

Bloquei de extensões

O bloquei de extensões é um desses cuidados. Algumas extensões que são instaladas podem servir de ferramentas para espionagem durante as navegações e até roubo de dados.

Antivírus

O Antivírus é uma arma poderosa que protege notebooks, PC e Smartphones contra crimes cibernéticos, é também uma ferramenta importante para segurança que mesmo os mais básicos fazem varreduras essenciais. Além disso, o uso de um bom antivírus contribui na prevenção e elimina arquivos corrompidos ou suspeitos.

Backup

Fazer backup é muito importante e quase sempre deixado de lado. Mas não precisa ser através de pendrives ou HD externo. Devido as tecnologias disponíveis, existem softwares que permite fazer o backup de forma rápida e segura.

Além de todos esses cuidados, atitudes simples do cotidiano pode ajudar na prevenção desses crimes. Então evite clicar em links suspeitos, principalmente aqueles onde ocorrem de se oferecerem descontos ou brindes, entenda, “ninguém da nada de graça”.

Dados pessoais em mãos erradas traz problemas que pode ser irreversíveis, a começar por acesso as redes sociais, até compras utilizando o número de CPF, cartão de crédito e outras informações.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, em suas redes sociais e ainda com os seus familiares. Leias mais aqui em nosso blog sobre o PIX.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *