Crise das montadoras, brasil tem 29 fabricas paradas

Este não é o primeiro setor da indústria a interromper as suas atividades no país apenas este ano. Confira!
Anúncios


Crise das montadoras
Fonte: Google

Nos meses de janeiro para fevereiro deste ano devido a crise da falta de oxigênio no estado de Manaus. Sendo assim algumas Montadoras de de motocicletas interromperam temporariamente a sua produção, assim sendo segundo a Abraciclo como também outras indústrias da região e dessa maneira do país concordaram por diminuir seus horário de funcionamento, Pois as autoridades dessas cidades reduziram os horários da cidade.

Contudo estes horários reduzidos fazem parte da medidas de segurança para evitar que o número de pessoas infectadas pelo covid-19 volte a aumentar. Todavia devido a esta parada nas Montadoras representam para o setor de Automóveis cerca de 300 mil veículos que deixaram de serem produzidos apenas este ano afirmam os especialistas neste setor.

Sendo assim 70% dos 105 mil funcionários diretos deste setor se encontram em suas casas. Portanto esta paralisação mesmo que temporária na indústria agrava a expectativa paro o desempenho do Mercado Interno com a economia em crise desde o ano passado o lançamento do PIB.

Por isso, no mês de janeiro tem sido reduzida por conta da crise causada pelo agravamento da Pandemia do Covid-19 mesmo com a vacina já sendo aplicada me uma parte da população o plano do governo é aja uma aceleração da vacinação.

Sendo assim no começo de 2021, vários especialistas de crise fizeram projeções de fracas do Mercado Interno para o Produto Interno Bruto deste ano em média 3,4% depois da queda para 4,1% no ano passado. Dessa forma no informativo do Banco Central no último de 29 de março a previsão de crescimento encontrava-se em 3,18%.

Os efeitos na suspensão de produção

A primeira montadora a fazer o anúncio de paralização em sua produção foi a volkswagen no mês de março de 2021, portanto devido ao agravamento da Pandemia e também com os índices de ocupação de leitos nas unidades intensivas cada vez mais alto novamente por causa da segunda onda em praticamente todos os estados do país, logo a empresa aderiu a esta medida com a finalidade de preservar os seus funcionários.

Todavia após este anúncio feito pela empresa as demais empresa repetiram o feito com o mesmo cuidado para evitar que maiores colapsos aconteçam. Contudo muitas dessas companhias alegam a falta de componentes além do principal motivo das paralisações, todavia a volvo aponta que um dos motivos é a instabilidade global de abastecimento.

Portanto a paralisação na produção teve seu início no dia 24 de março, contudo as empresas planeiam voltar em 5 de abril ou até o fim do mês de maio. Porém analistas do setor avaliaram que estas paradas podem ser um pouco mais demorada a depender do andamento das medidas protetivas segundo os estados em que estão situados estas fábricas, pois as concessionárias permanecem fechadas pelo mesmo motivo.

O que dizem as projeções?

Todavia com esta parada na produção de Automóveis, analistas de tendência de mercado fizeram uma perspectiva do quantitativo de carros que devem ser vendidos no país em 2021 estimando cerca de 2,3  milhões para 2,4 milhões em comparação ao ano de 2020 onde foram vendidos 1,95 milhões de veículos entres Carro Novo e seminovos, contudo os analistas torcem para essas vendas atinjam 2,1 milhões.

Contudo o ano de 2020 apesar da pandemia foi um ano de recuperação nas vendas, pois essas vendas competem com reformas de casa, cursos e viagens as reformas continuaram, mas os setor de viagens e cursos foram reduzidos fazendo com que se torna-se prioridade trocar de carro para o Carro Novo por exemplo.

Devido ao fechamento total das cidades mais conhecido como lockdown pelas cidades e também as medidas de isolamento mais rigidas novamente segundo o decreto dos governos estaduais. Sendo assim com as concessionárias fechadas os consumidores passaram a ficar mais inseguros sobre a situação na economia tanto no país como no mundo apesar da imunização estar quase completa em alguns países.

Montadoras deixando o país

Montadoras de carros
Fonte: Google

Contudo após um ano no qual a vida das pessoas a nível global mudou completamente vimos os números de doentes bater recordes e a crise economia chegar em níveis preocupante diante disto o anúncio da saída da marca Ford Brasil abalou o Mercado Interno, após este anúncio diversas montadoras paralisaram suas atividades com isso uma grande parte do setor automotivo sentiu economicamente o peso da crise.

Todavia uma dúvida que surge no Mercado Interno é a de que outras montadoras  podem seguir o exemplo da Ford Brasil e deixar o país? Contudo segundo os analistas informam é pouco provável que isto possa acontecer. Ainda assim a saída da empresa do país está ligada a preferência da marca na fabricação de pick-ups.

Portanto este tipo de veículo tem maior venda em outros países. Todavia no caso da ford é preciso que a capacidade que a empresa instalada no brasil é voltada para a produção de 4,8 milhões de veículos, muitos clientes inclusive tem como ideia de Carro Novo um modelos sedan ou hatch da maraca por exemplo. Sendo assim nos dias de hoje estão sendo produzidos metade deste número com a crise.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *