Empreendedor saiba como superar a crise.

Neste artigo iremos dar dicas para os micro empreendedores, autônomos, e até empresas maiores de como passar este momento difícil de crise.
Anúncios


Fonte: Google

Neste mesmo período em 2020, o mundo já tinha ouvido falar no vírus que fazia vítimas em alguns lugares do mundo. Aqui no Brasil ainda não tinha confirmação de casos. No entanto, as coisas se complicaram mundialmente e o resto da história você já sabe, caos total. Assim o empreendedor teve ainda terá que superar a crise! Quando saiu o decreto do lockdown o Brasil parou, e o cenário era de medo, incertezas e a possível crise que ninguém estava esperando.

Mas o pior aconteceu, e muitas pessoas ainda estão perdendo a vida, e a crise econômica é real. Logo, a crise surpreendeu muitos micro empreendedores individuais, trabalhadores autônomos, pequenas e médias empresas. Dessa forma, resultando no fechamento das portas de muitos estabelecimentos. Especialistas afirmam que o fim das atividades quase sempre ocorre pela falta de planejamento, reserva de emergência, e controle financeiro.

E para aqueles que conseguiram manter o negócio funcionando, também não tem sido fácil, afinal o faturamento cai, mas as contas nunca param de chegar. Além disso, há os casos de empresas que tiveram dificuldades até para fazer demissões devido  gastos com acertos trabalhista. Mas diante da situação não tinha outra alternativa.

Momentos como esses são delicados e exigem cautela para entender qual a melhor saída. Assim, alguns empreendedores se reinventaram, mudaram o ramo de atuação, recorreram mais a digitalização e tem mantido o negócio.

No entanto, outros não tiveram a mesma sorte, ou iniciativa e encontram dificuldades em continuar. Mas neste artigo daremos dicas para empreendedores sobreviverem a crise durante a pandemia

Dicas que vão ajudar você empreendedor a superar a crise.

Projeções das receitas e despesas – É de grande importância que o empreendedor faça o fluxo de caixa do seu negócio. Bem como, é preciso separar as despesas pessoais dos gastos da empresa. Este é um erro bastante comum cometido por micro empreendedores individuais. O maior problema é que essa prática dificulta entender quais são as despesas do negócio.

Custos do negócio – É preciso saber quais são os custos fixos e variáveis da empresa. Por exemplo, conhecer quais despesas são fixas e quanto tempo consegue manter caso não tenha faturamento. Além disso, saber o custo de serviços ou produtos, ter total controle sobre os gastos com compras de insumos. Assim como o empreendedor precisa saber o que tem em estoque e ter  todo controle.

Cortar gastos – Fazer cortes de custos é muito importante em qualquer negócio. Sendo assim, analise o que é possível cortar, veja o que não é essencial na empresa. Tente reduzir gastos contratando planos mais baratos de internet, claro que isso irá depender do tipo de negócio. Afinal quem trabalha com vendas online não pode trabalhar com internet inferior.

É momento de negociar

Fonte: Google

Negocie com banco – Se você fez empréstimo ou financiamento, e ainda passa dificuldades por falta de faturamento. Entre em contato com o banco e veja a possibilidade de negociar. Certamente, tentar negociar vai ser a melhor opção do que não pagar e ficar inadimplente. O que pode resultar em negativação e todos sabem os problemas que restrições trazem aos empreendedores.

Negocie com fornecedores – Negociar com os fornecedores também será uma boa alternativa. Mas estes podem também estar enfrentando dificuldades. Por isso analise maneiras para que seja uma negociação na qual fique bom para você e o seu fornecedor. Afinal, manter o bom relacionamento faz parte do negócio, e algum atrito em momentos como o que vivemos só irá piorar a situação.

Negociar aluguel – Assim como a negociação com os bancos e fornecedores, é preciso ganhar fôlego em momentos de crise. Sendo assim, converse com o proprietário do imóvel ou imobiliária e veja como podem ajudar, dar prazo ou até reduzir o valor durante algum tempo. Este é um momento difícil do país; mas todos estão no “mesmo barco” e perder o valor do aluguel também não será bom para o proprietário.

Ajudando o empreendedor a superar a crise: Negócio mais digital

Vendas pela internet – Certamente essa tem sido alternativa usada por vários empreendedores. Devido a presença do mundo digital também nos negócios, e muitas plataformas de Marketplace tem aberto espaço. Além de vendas online, pode investir em entregas a domicílio, inclusive especialistas fazem ótimas projeções para o setor de logística; isso pôde ser percebido durante a pandemia com aumento das entregas, principalmente de alimentos.

Por fim, tornar a empresa mais digital trás vários benefícios. Por exemplo a redução de custos, mais visibilidade para o negócio, oportunidade de ampliação do mercado de atuação. Para isso, existem vários bancos digitais, com abertura de contas grátis, sem taxas e tarifas, cartões de crédito sem anuidade e muito mais. São opções que irão contribuir para que a sua empresa reduza gastos que muitas vezes passa despercebido. Como pagamento de taxas altas de manutenção e anuidade de cartão de crédito, valores baixos. Mas que no final do mês podem fazer a diferença.

Gostou do nosso artigo? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, com os seus amigos e ainda com os seus familiares. Em seguida, aproveite outros conteúdos para entender melhor sobre finanças, investimentos e muito mais, tudo aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *