Empréstimo consignado indevido: alerta e cuidados

Cuidado com os golpes de solicitação de crédito consignado, segundo pesquisa os números aumentaram. Saiba mais aqui.
Anúncios


Empréstimo consignado indevido
Fonte: Google

No Brasil dos mais de 210 milhões de brasileiros, cerca de 37,7 milhões são declaradas como pessoas idosas. Logo, esse percentual representa um grupo de brasileiros que ocupa a faixa dos mais de 60 anos de idade. Segundo aponta a pesquisa do Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico. Sendo assim, este grupo de brasileiros geralmente faz uso da contratação de crédito. Que, portanto, oferecer riscos como é o caso do empréstimo consignado indevido.

Ainda, segundo a pesquisa, cerca de pouco mais de 18% dessa população ainda trabalha e mais de 70% contribuem para a renda familiar.

Desse modo, o grupo compromete uma parte de sua própria renda para o sustento de sua família. Por este motivo, existe um crescente relato de violações aos seus direitos e até mesmo ao salário.

Nesse sentido, os dados podem ser ainda mais alarmantes quando voltamos o assunto para o meio digital. Isso porque, boa parte desse grupo não sabe lhe dar com as ferramentas ou aplicativos disponíveis na atualidade. Assim, apesar dos esforços – seja com conscientização ou mesmo aprendizado, esta população relata um grau de insatisfação com o uso de seus dados.

Logo, em recente pesquisa, promovida pela FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos, ficou evidenciado o número expressivo no aumento de reclamações para empréstimo consignado indevido.

Desse modo, nossa equipe trouxe algumas dicas para te orientar nestes casos e como evitar cair em golpes ou abuso de direitos na contratação do crédito.

Vamos lá?

Os riscos e vazamentos dos dados

Algo que não se pode afastar ou negar é o vazamento de dados dos idosos, por conta disso, várias fraudes são consumadas. Entretanto, as principais instituições responsáveis por estes dados são assumem a responsabilidade – ou seja, FEBRABAN, INSS e DATAPREV.

Ainda, existe o próprio descuido do usuário ou daqueles vinculados – amigos, familiares e credores, que fazem o uso indevido dos dados. Desse modo, o compartilhamento, autorizado ou não, se torna mais frequente e acarreta fraudes para o idoso. Por isso, os dados da pesquisa chegam a 42.508 reclamações apenas no de 2020 para empréstimos consignados indevidos.

Porém, esta não é a realidade nos dias atuais, assim, para o mesmo período de 2021, já forma mais de 81 mil reclamações para uso indevido do cartão de crédito consignado e empréstimo. Ou seja, a pesquisa demonstrou um aumento de pouco mais de 90% em cerca de um ano apenas.

Mas isso não representa apenas o mal uso dos dados por aposentados e pensionistas do INSS. Segundo o SINDEC – Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor, houve um aumento o empréstimo consignado indevido. Para o público em geral houve um aumento nas reclamações de 172%. Assim, a categoria tem afetado mais brasileiros, em 2021 os índices chegaram a 45.402, contra 16 mil reclamações em 2020.

As possíveis justificativas para a aumento da contratação do empréstimo consignado indevido

Além dos possíveis riscos apresentados pela inovação da contratação de empréstimo online. Segunda a FEBRABAN, o aumento nas fraudes foi impulsionado pelo aumento na margem de contratação do crédito. Assim, com a medida provisória – em março, aprovada pelo congresso para ajudar o país no combate a covid-19.

Posteriormente, transformada em Lei pelo presidente da república, alterou o valor de contratação para 40% da renda do contratante. Ante a possibilidade de maior comprometimento da renda, os empréstimos consignados indevidos apresentaram um aumento. Isto porque, para os golpistas, o valor liberado seria maior.

Nesse rumo, o FEBRABAN, criou diretrizes para burlar a contratação indevida do crédito. Desse modo, as instituições financeiras têm um processo de diretrizes para efetuar o procedimento de contratação. Logo, contratar o um empréstimo consignado – agora, é mais complexo e mais seguro, segunda a instituição.

Como evitar a contratação do empréstimo consignado indevido?

Empréstimo consignado indevido
Fonte: Google

O primeiro passo é evitar o compartilhamento dos dados – pessoais e financeiros. Além disso, evitar informar ou mesmo solicitar que alguém utilize seu cartão consignado ou conta bancária em seu nome. No entanto, estes não são os únicos pontos de atenção.

Assim, sempre que possível acesse a sua conta bancária e consulte o extrato, assim, poderá verificar se o valor do benefício foi alterado. Ainda, caso conste no extrato a mensagem: “reserva de margem”, cuidado. Mantenha a atenção e busque informações na agência, pois isto pode gerar fraudes e contratações de empréstimo consignado indevido.

Por fim, nunca efetue a contratação de empréstimo consignado ou cartão consignado por meio de telefone – ligação. Além disso, não utilize aplicativos para efetuar estas contratações a não ser que você já o tenha feito antes.

Por último, atente aos contratos assinados nos bancos ou financeiras, observe as cláusulas de crédito pré-aprovado.


Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.