Equidade no trabalho remoto, o novo desafio empresarial

Descubra quais são os desafios da equidade no trabalho remoto na atual conjuntura da pandemia. Fique conosco e saiba tudo aqui.
Anúncios


Equidade no trabalho remoto
Fonte: Google

Apesar da crise instalada pela COVID-19, o mundo tem se organizado e superado os desafios causados pela doença. Assim, na tentativa de minimizar seus prejuízos, observamos empresas globais assumindo a modalidade de trabalho a distância, ou seja; o home office. Mas será que a adoção da modalidade não trouxe problemas? E quais os desafios da equidade no trabalho remoto?

Pois bem, a indagação é pertinente e muito importante para os dias atuais. Contudo, não imagine que este desafio é algo trazido pela pandemia. Porque não é. Logo, a equidade sempre foi um dos assuntos mais complexos no ambiente corporativo. Por isso, com o distanciamento isso pode ter se potencializado e causado ainda mais problemas.

Sendo assim, várias empresas têm empenhado seus esforços para conseguir diminuir as dificuldades e estreitar o abismo corporativo em torno do assunto. Nesse sentido, algumas já dispõem dos desafios do trabalho híbrido, seja para manter a equipe sincronizada ou a moral. Afinal, mudar, ainda que, periodicamente do ambiente de trabalho pode causar um certo desconforto para toda a equipe.

Logo, um dos pontos cruciais nessa longa jornada será alinhar os pensamentos e determinar – de forma geral, que todos possuem um papel importante e estão seguindo para o mesmo objetivo. Assim, dentro do contexto, será primordial a aplicação de uma política justa e envolvida por um senso de unidade. Mas será que a equidade no trabalho remoto é uma tarefa simples?

Pois bem, para descobrir mais sobre este assunto tão atual, será necessário acompanhar os próximos tópicos e compreender mais sobre este novo desafio. Vamos evoluir juntos?!

Trabalho híbrido; a herança deixada pela pandemia

Home office, trabalho remoto, teletrabalho, sim; sinônimos, para definir aquilo que a pandemia nos deixou como herança. Portanto, quando o caos pandêmico cessar, as empresas e funcionários, com certeza, terão muito para discutir. Assim, em acordo ou não, terão de optar pelo trabalho híbrido. E o grande desafio será manter a equidade no trabalho remoto.

Dessa forma, empregado e empregador, bem como toda a equipe, poderão se conectar de forma remota ou presencial em dias alternados. Sendo assim, aos superiores será um enorme desafio conduzir uma equipe que possa compreender quais empregados podem e quais não assumir tal modalidade. Afinal, este será um dos passos mais importantes para conquistar a satisfação do seu ativo empresarial: “as pessoas/empregados”. 

Contudo, será que aqueles empregados – na modalidade home office, aceitariam uma nova transformação? Ainda, quais os cuidados no momento da inversão de modalidade? São complexas as divergências quanto às decisões. Ou seja; quem pode, quem não pode, quem tem ou não tem, ainda, quem é ou não é; capacitado, produtivo ou eficiente, conforme sua própria percepção.

Equidade no trabalho remoto, quais os passos para alcançá-la?

Equidade no trabalho remoto
Fonte: Google

O modelo híbrido poderá transparecer simplicidade, mas como justificar aos seus associados que a equidade no trabalho remoto deverá se manter firme? Para te ajudar com isso, trouxemos algumas dicas valiosas. Desse modo, os próximos passos serão de grande ajuda, veja:

Pessoas responsáveis: manter o padrão de produtividade, desempenho e resultados é algo imprescindível para manter a equidade na sua equipe. Por isso, manter padrões por responsabilização é ideal, ou seja, quando a empresa lida com resultados negativos constrói pessoas mais positivas;

Valorize os princípios: valorize o conjunto de princípios dentro da sua organização, assim seus associados poderão compreender com mais clareza o senso de justiça. Desse modo, confiar em seu empregado – na execução de suas atividades, com certeza, trará mais produtividade;

Compreenda o trabalho desenvolvido: pensar na forma e na execução do trabalho desenvolvido pelo seu empregado é algo sem precedentes. Sendo assim, antes de optar pelo modelo remoto ou híbrido ou negá-los. Por isso, avalie a maneira com a qual seu funcionário executa o seu trabalho, isso trará mais equidade no trabalho remoto;

Conclusão

Arrisque experimentar: uma dica “incrível”, aprenda com as experiências, avalie quais funções demonstraram resultados satisfatórios durante o home office. Assim, a partir dessa análise poderá tomar uma decisão mais justa e acertada na escolha da nova modalidade;

Transparência é tudo: seja transparente sempre com sua equipe, afinal este é um dos maiores princípios da equidade no trabalho remoto. Por isso, compartilhe os dados com sua equipe sobre as experiências na modalidade de teletrabalho. Logo, poderão compreender os motivos de sua escolha;

Construa uma relação com sua equipe: mantenha sua equipe unida e presente, ou seja, confirme a presença constante da liderança. Além disso, agende encontros mais descontraídos e que envolvam um debate saudável sobre as conexões de trabalho. Por fim, não deixe que seus funcionários tenham a impressão de não ter com quem falar. Traga sua liderança próxima a cada um deles, pois estes gostam de ser ouvidos.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *