Escassez de semicondutores: o colapso na indústria global

A falta desse minúsculo componente eletrônico tem causado um colapso na indústria global. Continue aqui e saiba mais!
Anúncios


Escassez de semicondutores
Fonte: Google

Desde o início do ano passado que ouvimos falar sobre a falta de matéria-prima do tipo peças e componentes eletrônicos no Brasil e no mundo. Mas, ninguém poderia prever que a falta de alguns itens elétricos e a escassez de semicondutores poderiam paralisar a produção e afetar a indústria automotiva. Logo, como esses componentes eletrônicos minúsculos causaram um colapso na indústria global? E qual sua importância? 

Nos últimos meses grandes montadoras como GM, Volkswagen, Volvo e Honda tiveram que suspender a produção por falta desses componentes. Mas, não são apenas as indústrias automotivas que estão sofrendo com a escassez dos semicondutores. Então, esse problema afeta outros setores que trabalham com tecnologia como as fábricas de smartphones, consoles de videogames, tvs etc. 

Portanto, calcula-se que em média cerca de 1 milhão de carros deixaram de ser produzidos no ano passado por conta desse minúsculo componente. Segundo o olhar analítico de especialistas, para entender melhor a situação, primeiro é preciso olhar para o início de tudo.

Sendo assim, em março de 2020 o mundo se deparou com a pandemia do coronavírus. Com as medidas restritivas e paralisação de algumas atividades, muitas fábricas pararam suas produções devido à necessidade do isolamento social. Com isso, as indústrias automotivas acabaram cancelando seus pedidos de vários insumos, inclusive os semicondutores. 

Não prevendo o que viria pela frente, essa ação logo teve uma relação direta na indústria de eletrônicos mundial. Pois, a indústria de eletrônicos trabalha em altíssima demanda de produção em larga escala.

Com isso, os fabricantes desses componentes tiveram que manter seu foco em outros setores. Com isso as indústrias automotivas acabaram sofrendo com a escassez desses insumos. Quer saber tudo que a falta dos semicondutores causou na indústria global? Então leia esse conteúdo até o fim.

Vamos lá! 

Você sabe para que servem os semicondutores? 

Encontrados facilmente em vários equipamentos eletrônicos, os semicondutores têm uma classe de materiais com a capacidade de conduzir correntes elétricas. Sendo assim, esses minúsculos componentes são a matéria-prima essencial para a produção de chips utilizados nos vários tipos de aparelhos elétricos.

Assim como são os casos dos Smartphones, consoles de videogames e computadores e outros. Contudo, a escassez de semicondutores nos últimos dias tem afetado a produção de algumas montadoras de veículos. 

Com a modernização, nos últimos anos a utilização de semicondutores nos veículos também cresceram. Logo, um Sedan Classe S da Mercedes-Benz utiliza em média cerca de 2.444 semicondutores, em sua fabricação.

Sendo assim, conforme o aumentando da circulação dos veículos elétricos essa demanda cresce ainda mais, como é o exemplo do Tesla Model 3, que usa cerca de 1380 chips na sua produção. Existe uma dependência desse minúsculo componente que varia de acordo com segmento e modelo. 

Assim outros setores também necessitam dessa matéria-prima, como é o caso da rede 5G. Além dos novos smartphones com a tecnologia 5G a evolução da rede vai demandar muitos sensores que são semicondutores. Logo, as empresas que os produzem precisam se preparar para as próximas gerações de tecnologia, e evitar o que está acontecendo hoje na indústria global com a escassez de semicondutores.  

Escassez de semicondutores na indústria automobilística? 

Como vimos anteriormente, com a chegada da pandemia do coronavírus em 2020 muitas montadoras de veículos tiveram que fechar as portas temporariamente ocasionando a redução em sua produção. Com isso acabaram suspendendo as encomendas dos semicondutores utilizados nos veículos. Assim sendo, outros setores que utilizam dos mesmos componentes tiveram um crescimento nas suas produções. 

Com o distanciamento imposto pelas autoridades sanitárias, a implantação do teletrabalho e a educação a distância impulsionaram a venda de aparelhos eletrônicos, como notebook, smartphone e tvs. Com isso, a produção dos semicondutores foi direcionada a esses setores.

Logo, quando as montadoras de veículos começaram a restabelecer sua produção, a demanda pelos componentes já estava muito alta. Contudo, isso significa que já existiam outros setores na frente. 

Sendo assim, a indústria de semicondutores não se organiza em semanas e sim em anos. Para uma empresa pegar um pedido de semicondutores, eles precisam se planejar. Desse modo, a retomada na venda de veículos novos foi maior que as montadoras esperavam. Com isso, houve uma escassez de semicondutores na indústria automobilística, forçando uma redução na produção de veículos. 

Conclusão

Escassez de semicondutores
Fonte: Google

Vimos o impacto que um minúsculo componente foi capaz de causar na indústria global e sua importância. Com o aumento do consumo em eletrônico devido ao real cenário em que estamos vivendo, o resultado desse colapso é sentido pelos consumidores.

Existe um maior tempo de espera para quem pretende comprar seu carro novo e os preços também subiram nos últimos meses. E o problema está longe de uma solução, alguns especialistas dizem que até o primeiro trimestre deste ano a situação estará normalizada. Com isso, vários fabricantes como a Samsung, Qualcomm, entre outros, planejam abrir novas fábricas deste componente. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.