Kraft Heinz, o olhar positivo para economia interna

O Ceo global da empresa Miguel Patricio comentou sobre os desafios sobre as renovações das super lives. Confira!
Anúncios


Kraft Heinz alimentos
Fonte: Kraft Heinz

O desenvolvimento acelerado nos países emergentes como china e brasil. Levou  executivo Miguel Patricio o Ceo global da companhia de alimentos Kraft Heinz a enxerga como indispensável para o futuro da empresa buscar um maior número de consumidores nesses países conforme o desenvolvimento da economia evolui. Todavia devido a pandemia os profissionais Mei manterão a economia aquecida.

Sendo assim a criação de uma Nova Economia Interna teve início no brasil como em outros países em desenvolvimento. Contudo o Ceo da marca de Alimentos Heinz comentou sobre o desafio de consumo desses novos clientes que a empresa busca. Todavia o ano de 2020 não foi marcado apenas pela crise na economia. Devido ao isolamento social criado para proteger as pessoas do risco de contaminação.

Surgiram as super lives, um movimentos que os artistas criaram para angariar fundos com a finalidade de obter renda. Dessa forma por meio dessas lives os artistas patrocinados por diversas marcas inclusive a Kraft Heinz mobilizaram todo o mundo graças a tecnologia que tem desenvolvido um papel muito importante durante toda esta crise pela qual estamos passando.

Todavia a marca Kraft Heinz segue atenta as economias estruturadas como por exemplo a economia dos Estados Unidos. Contudo segundo Miguel recorda no mercado de alimentos nestes países tendem a crescer em média de 1,5% ao ano. Assim sendo os outros países com maiores índices de 7,5%.

Indústria alimentícia – Kraft Heinz

O mercado de alimentos tende a crescer mais rápido em países em desenvolvimento e subdesenvolvimento. Dessa forma o Ceo conta que é de interesse da companhia de Alimentos Heinz obter um crescimento maior nos países como o brasil devido aos Rumos do Brasil positivos mesmo diante da crise e os demais países como Rússia e China por exemplo. Logo este crescimento é importante para o futuro da empresa.

Contudo a Kraft Heinz no ano de 2020 obteve em suas receitas líquidas um total de US$ 26,2 bilhões com um crescimento anual de 4,8%. Sendo assim uma parte deste total Canadá e Estados Unidos são responsáveis por 79,6% de todo esse crescimento da marca de Alimentos Heinz.

Portanto ainda segundo Miguel Patricio o maior desafio para a empresa que busca uma boa colocação na Nova Economia Interna do brasil é a sua classificação no país. Porém nos Estados Unidos as vendas dos Alimentos Heinz estão centradas nas grandes redes de supermercados do país Norte Americano. Logo a distribuição no brasil é fragmentada.

Expectativas de crescimento

alimentos Kraft Heinz economia
Fonte: Google

A perspectiva do Ceo da companhia é de que o progresso da economia dos países em desenvolvimento leve o consumidor desses países a ter novos hábitos em seu padrão de consumo ou seja buscando uma maior facilidade como por exemplo consumindo congelados em geral. Contudo nos lares americanos produtos como batata frita estão presentes em uma média de 70% desses lares.

Todavia já no brasil o consumo desse produtos não é muito relevante. Pois a preferência é por outros alimentos. Todavia com os brasileiros acrescentando sofisticação e seus hábitos de despesa pode ocorrer um aumento da renda do público. Sendo assim a inclusão de alimentos com uma maior necessidade de produtos vegetais.

Todavia uma fonte de muitas mudanças que tem acontecido nesses países é a pandemia, pois muitas pessoas tem mudado os seus hábitos desde o início da pandemia mais precisamente na china lugar onde os contágios tiveram seu início. No mês de janeiro do ano passado a empresa de Alimentos Heinz decidiu aumentar a aquisição das matérias-primas para os procedentes do grande asiático. A empresa buscou outros lugares.

Revolução e eficácia

Sobre a ideias revolucionárias da empresa Patrício informou que é plausível que a multinacional preocupe-se com a eficácia e também trabalhe com inovação, pois esta é uma das características que fazem uma empresa ter sucesso ou não o apresso pelo risco calculado. Todavia as empresas que não se adaptarem aos Novos Rumos da Economia interna dos seus respectivos países é bem provável que fiquem pra trás.

Contudo o executivo lembrou que ter eficiência é muito diferente de apenas cortar custos ao exemplo de muitas empresas que acabaram por executar essa medida para manter-se no mercado. Sendo assim o corte de custos para uma empresa funciona como um paliativo que mais cedo ou mais tarde precisará ser resolvido.

Todavia muitas empresas assim como a Kraft Heinz estão vendo com bons olhos os novos Rumos do Brasil. O executivo ainda declarou que a inteligência artificial é a inovação deve ajudar na redução de tempo para a evolução de determinados produtos um bom exemplo que podemos usar é da The Not Company companhia de produtos vegetais em que as suas receitas são desenvolvidas por meio de um algoritmo.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *