10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Liv Up está investindo em créditos de carbono 

Em parceria com a Moss, a Liv Up está investindo em compensações de emissões de gases!

Liv Up está investindo em créditos
Fonte: Google

A companhia especializada em soluções climáticas Moss, fechou uma parceria com a foodtech Liv Up o objetivo de ambas e preservar o bioma amazônico. Portanto, a Liv Up está investindo nesses créditos visando atrair mais investidores. Desse modo, além de atender ao conceito ESG a empresa se destaca no seu segmento ainda mais.

Nesse contexto, o termo ESG possui um conceito bem diferente que pode ser aplicado de maneira interna ou externa. Sendo esse conceito ligado ao mundo dos investimentos, assim como, ligado da mesma forma com os aspectos econômicos. Através dessas inovações como ferramenta que apoiará a sustentabilidade a companhia Moss dará mais suporte a Liv Up na realização da emissão dos gases que poluem o meio ambiente! 

Atualmente, no país não existe nenhuma regulamentação que reivindique a compensação da emissão de gases responsáveis pela poluição do meio ambiente. Por isso que, a Liv Up está investindo nos compensados visando, inclusive a valorização das suas ações no mercado. Segundo alguns analistas esse cenário deve mudar no Brasil, pois, desde a COP26 os regulamentadores seguem discutindo caminhos para que outras empresas passem a investir em créditos compensados. 

Assim como, a Liv Up está investindo em alternativas para proteger o meio ambiente dos gases que devastam o meio ambiente. Dentre as ações praticadas pela empresa está o plantio de árvores com a parceria de mais de quarenta produtores. Além disso, o programa EuReciclo disponibiliza cerca de 200% de compensação para a Liv Up nos resíduos sólidos que foram colocados em circulação. Saiba mais aqui! 

Moss 

Antes de saber mais sobre essa parceria, vamos conhecer a fintech embiental Moss? Bem, assim como mencionei essa fintech atua na área ambiental vendendo créditos de carbono. Interessante, não é mesmo? Nesse sentido, a fintech é a pioneira do seu segmento a fornecer esse tipo de ativo tanto para pessoa física como para investidores que desejem comprá-lo.  

Portanto, a Moss é a única do seu setor a oferecer esse tipo de carbono como aplicação, inclusive, para pessoa física. Visto que, boa parte das empresas e fintechs que atuam nesse segmento vendem o crédito de carbono para acionistas. Vale ressaltar que, semelhante ao petróleo e o ouro o crédito de carbono é um ativo que perece. Até que seja de fato compensado, por isso, ele tem feito bastante sucesso no setor! 

Segundo a fintech informou, o objetivo é de atrair mais investidores para que a liquidez do ativo se torne maior. Desse modo, expandindo os créditos de carbono no mercado o planejamento da Moss é comercializar o crédito de carbono em blockchains. Pois, o mercado das blockchais segue crescendo cada dia mais. 

Como funciona o mercado de carbono? 

Nesse sentido, podemos afirmar que existem duas formar de funcionamento desse mercado. Nos dias atuais, cerca de dois terços do Produto Interno Bruto – PIB mundial arrecadam o preço desses ativos. Vale ressaltar ainda que, a Europa, os Estados Unidos devem começar a adotar o crédito de carbono em suas bolsas de valores. 

Além desses mercados, existe o setor voluntário onde boa parte das empresas que atuam nesse contexto compensam a emissão. Hoje, a pressão dos consumidores sobre as empresas que ainda não investiram em questões ambientais segue aumentando.  

Embora o Brasil tenha as maiores florestas tropicais, atualmente, nesse mercado, o país responde a apenas uma parte pequena do crédido de carbono relacionado a outros países. Um estudo realizado, pela Schroders revelou que o país tem potencial para se tornar o centro do crédito de carbono mundial!  

Liv Up está investindo em créditos de carbono 

Liv Up está investindo em créditos
Fonte: Google

Assim como mencionei antes, a Liv Up está investindo nesses créditos visando atrair mais investidores para atender conceito ESG que se destaca no seu segmento cada vez mais. Ainda segundo alguns analistas esse cenário deve mudar por aqui, pois, desde a COP26 os regulamentadores seguem discutindo caminhos para que outras empresas passem a investir em créditos compensados. 

Então, por meio dessas inovações como principal ferramenta de mercado poderá apoiar a sustentabilidade a companhia Moss dará mais suporte a Liv Up na realização da emissão dos gases que contribuem para a poluição o meio ambiente! 

Por fim, essa parceria com a Moss é ideal, visto que, a fintech é a única do seu setor a oferecer esse tipo de carbono como aplicação, inclusive, para pessoa física. Visto que, boa parte das empresas e fintechs que atuam nesse segmento vendem o crédito de carbono para os investidores brasileiros e estrangeiros interessados nos ativos. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.