O que significa dívida caducar? Saiba tudo agora.

O que significa dívida caducar? Saiba tudo agora.
Anúncios


Fonte: Google

Um consumidor que tem o nome em algum órgão de proteção ao crédito provavelmente teve seus motivos. A princípio, pode ser por que perdeu o emprego, redução de salário, ou simplesmente descontrole financeiro.
Principalmente no período da pandemia do novo coronavírus, essa tem sido uma justificativa bastante usada pelos consumidores que não estão pagando suas dívidas. Porém, muitas pessoas deixam a dívida caducar por saber que em alguns anos o valor do débito não irá constar em nenhum órgão, como SPC ou Serasa.

O que significa caducar uma dívida?

Quando um consumidor deixa de pagar um compromisso. Podendo, ser um financiamento, a fatura do cartão, empréstimo ou uma compra no crediário.

A empresa credora tem o direito de realizar a cobrança, e seguir com todos os trâmites legais. Ou seja, podem usar recursos como a negativação ou protesto do devedor.

Porém, o código de defesa do consumidor determina um prazo para que as empresas efetuem as cobranças, são 5 anos. Portanto, após esse prazo as dívidas que não foram pagas prescrevem e não podem ser cobradas.

Conheça os mitos e verdades sobre negativação e dívidas muito velhas.

Caducar: Verdades

Após cinco anos uma dívida que não foi paga, pode caducar.

Porém, é importante lembrar que irão continuar com valor em aberto na lista de inadimplentes da empresa credora.

Uma vez que o débito caducar, o credor não pode continuar a cobrança.

Sim, é verdade! Logo após este prazo as cobranças devem ser cessadas. Mas nem sempre isso acontece.

Uma dívida pode ser vendida.

De fato, os credores podem vender as dívidas para empresas que trabalha com recuperação de crédito.

Algumas pessoas são negativadas indevidamente;

O número de fraudes no Brasil é muito alto, principalmente através das compras online. Aliás, corre com mais frequência do que muitos imaginam, por isso, todo cuidado é pouco

Caducar: Mitos

O devedor não pode entrar com ação na justiça caso continue recebendo cobrança da dívida após prescrita.

Acreditem, mesmo sendo uma prática ilegal, as cobranças continuam após o prazo determinado e o consumidor pode sim entrar na justiça caso sinta-se incomodado

Score continua baixo mesmo após a dívida caducar;

Após a prescrição do débito, nenhum valor pode constar em órgãos como SPC ou Serasa. Dessa forma, a pontuação do consumidor não pode se prejudicar, uma vez que a dívida caducou.

Herança ou transferência de dívidas

Após a morte do devedor, o CPF deixa de existir na lista de inadimplência. Mesmo em vida, não seria possível transferir para outra pessoa a sua responsabilidade.

Negativado não consegue emprego

Consultar o CPF do candidato, é um costume muito comum por algumas empresas, principalmente aquelas que oferecem vagas onde a pessoa irá lidar com dinheiro.

Embora seja uma prática ilegal, geralmente quem busca por uma vaga de emprego, e for desclassificado por estar com nome sujo; provavelmente  não terá as informções.

A Importância de quitar as dívidas

Fonte: Google

Será que vale a pena aguardar 5 anos para seus débitos prescreverem?

Afirmamos que não! Imagine ficar todos esses anos com restrições no mercado, impedidos de realizar uma compra no crediário, fazer um financiamento, empréstimo e pedir um cartão de crédito.

Cada devedor tem seu argumento por não pagar o valor em aberto, e  na maior parte é por falta de dinheiro. Até por que em alguns casos os juros cobrados são muito altos, deixando a dívida ainda maior. Porém, os credores têm interesse em receber, e quase sempre diminuem os juros e facilitam com parcelamentos em muitas vezes.

Já sabemos que dívidas muito antigas, não aparecem em consultas, mas não significa que ela deixou de existir. Portanto, mesmo após alguns anos a empresa credora pode cobrar o valor através da justiça.

O ser humano é movido de sonhos e expectativas, e ter o nome limpo ajuda na conquista de alguns de nossos desejos.

Embora muitos acreditam que a felicidade não dependa de dinheiro, em partes pode até ser, mas em algum momento estar negativado pode dificultar bastante a vida de todos nós.

CNPJ com restrições

Falamos até o momento de restrições de pessoas físicas, mas empresas endividadas também enfrentam sérios problemas.

A princípio, quando um CNPJ é incluído nos cadastros do SPC, Serasa e afins, a empresa credora não poderá incluir o nome dos diretores. Porém, são muitos os casos em que os sócios tem participação nas dívidas como devedor solidário, fiador ou até avalista, dessa forma podem ser negativados ou protestados também.

Empresas com restrições, podem ser impedidas de realizar compras parceladas, então pensa na dificuldade para aqueles que necessitam comprar insumos para produção de determinado produto.

Ficam impedidos de fazer financiamentos e empréstimos, em alguns casos não conseguem realizar alterações contratuais. Além de todas as dificuldades, talvez a maior delas seja ter seu nome ou marca prejudicadas, assim como uma pessoa, empresas também devem zelar por sua reputação.

Como limpar seu nome?

Nunca sabemos quando iremos precisar comprar em determinada loja novamente, mas caso aconteça, mesmo passando muito tempo sua dívida irá constar na lista de inadimplentes.

Por isso, procure o credor, faça uma proposta de quitação, informe suas condições financeiras e possibilidades de pagamento. Além disso, existem campanhas que ajudam o devedor sanar seus débitos, como por exemplo os feirões “limpa nome Serasa” onde você pode conseguir descontos de até 99 % e ter seu nome ou da sua empresa limpos novamente.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, seus familiares e ainda em suas redes sociais. Em seguida acesse ao artigo sobre o Socre Turbo do Serasa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *