10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Instalação de painéis solares aumenta a busca por financiamento

Com a alta demanda por energia sustentável, a busca por financiamento cresce no país. Descubra qual a melhor linha de crédito. Continue aqui e fique por dentro!

painéis solares aumentam buscas
Fonte: Google

Diante a escassez hídrica que estamos enfrentando, uma solução encontrada por muitos brasileiros é a instalação de painéis solares. Logo, nos últimos meses já foram registradas mais de 450 mil novas instalações e atualmente cerca de 800 mil residências, já usufruem de energia limpa e sustentável no país. Sendo assim, com a alta demanda cresce a busca por financiamento para esse tipo de projeto. 

No Brasil a crise hídrica é um problema comum e bem real. Esse fenômeno ocorre quando a um longo período sem chuvas e os níveis dos reservatórios estão abaixo de sua capacidade. Porém, essa situação foi ainda pior em 2014, quando regiões como o sudeste e nordeste sofreram amargamente com a falta de água. Então, o Brasil possui 12% da quantidade de água doce do planeta atualmente. 

Outro impacto relacionado à falta de chuva no país é a necessidade de importações de energia elétrica. No ano passado, a falta de chuvas levou o Brasil a comprar energia do Uruguai e Argentina.

Com isso, o valor da conta de energia subiu absurdamente, e está em vigor a bandeira de escassez hídrica. Portanto, a cada 100 quilowatts-hora consumido é acrescentado R$ 14,20 na fatura mensal.

Segundo o IBGE, no ano passado a energia elétrica residencial ficou média (21,21%) mais cara para os brasileiros. O fato é que com a falta de chuvas nas regiões onde existem as usinas hidroelétricas, essa história ainda terá muitos capítulos.

Porém, uma solução encontrada por muitos brasileiros é adotar o sistema de energia sustentável. Com isso, cresce no país a instalação de painéis solares e aumenta a busca por financiamento para investir nesses projetos.

Portanto, se o assunto chamou sua atenção você não pode deixar de ler esse conteúdo até o final. Vamos trazer valores e linhas de crédito que vão te ajudar nessa nova conquista.

Vamos lá! 

Quais as instituições e como funcionam suas linhas de crédito? 

Atualmente no mercado existem várias empresas especializadas em instalação de painéis solares no país. Assim, com o aumento na demanda, instituições financeiras já possuem linhas de crédito e empresas qualificadas para esse tipo de instalação. Assim sendo, o Banco Santander já possui linhas de crédito voltando para esse tipo de projeto desde 2017. Portanto, a instituição já liberou até outubro do ano passado, cerca de 4 bilhões para custear projetos do sistema fotovoltaico. 

O Santander ainda financia até 100% do projeto, e suas parcelas chegam até 96 vezes, com taxas de 0,89% ao mês, e você ainda recebe uma carência de 120 dias para começar a pagar a primeira parcela. Então, esse prazo de carência se faz necessário para aprovação do projeto junto à concessionária.

Esse tipo de crédito é usado por muitos brasileiros, mas vale ressaltar que é preciso ficar atento às taxas de juros e ao tempo do financiamento. 

Outra instituição como a Sicoob, também já oferta esse tipo de crédito para seus associados. Sendo assim, a três anos a instituição financeira já disponibiliza esse tipo de financiamento, com taxas a partir de 0,91% ao mês, e carência de 90 dias, com parcelamento em até 72 meses. Contudo, a linha de crédito financia o projeto e mão de obra para a instalação de painéis solares, como isso, todo equipamento fica alienado ao banco.  

Instituições públicas também dispõe desse tipo de crédito.  

Assim como é o caso do Banco do Brasil, a instituição financeira lançou em maio do ano passado, uma linha de crédito específica para instalação de painéis solares residencial. Com esse crédito do BB, você pode financiar até 100% do projeto incluindo equipamentos e instalação. Além disso, os parcelamentos podem chegar até 60 meses, com carência de até 180 dias para você pagar a primeira parcela. Outra coisa, o valor do financiamento pode variar de R$ 5 mil até R$ 100 mil. Mas, não é só isso! Você ainda pode realizar toda a contração do crédito de forma 100% digital pelo app do BB.  

Outra coisa, você não precisa se preocupar com o projeto e material, pois o Banco do Brasil possui mais de três mil parceiros cadastrados e qualificados. Além do financiamento, o banco ainda disponibiliza outra modalidade que é o consórcio. Para esse tipo de crédito não existe a cobrança de juros, nem IOF. Sendo assim, ao optar por essa modalidade de crédito você terá um baixo custo e ainda prazo flexíveis que podem chegar até 120 meses. Essa modalidade de crédito bateu um recorde em contração, chegando a um volume de R$ 9,3 bilhões no primeiro semestre do ano passado.  

Assim como o BB, a Caixa Econômica Federal também disponibiliza esse tipo de crédito. Assim sendo, em novembro do ano passado ela anunciou suas linhas de crédito para instalação de painéis solares. Então, o crédito é para as residências, e suas taxas são a partir de 1,17% ao mês e pode custear até 100% do projeto. Assim sendo, o prazo para pagamento do financiamento é de até 60 meses, com carência de seis meses. A instituição informa que o crédito é oferecido em duas modalidades, sem garantia e com aplicação de renda fixa.  

Conclusão.  

painéis solares aumentam buscas
Fonte: Google

Depois dessa análise vai me dizer que ainda está pensando se vai começar o seu projeto ou não? Quer saber, com a conta de luz cara do jeito que está, essa é uma excelente opção para quem procura economizar, com o desconto na conta de luz após a instalação de painéis solares dá até para pagar o financiamento. Além disso, ao término do financiamento suas despesas com energia elétrica vão ser quase zero.  

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.