Pix Chave CPF: Os perigos em usar número do CPF no PIX

Para realizar transferências usando o novo meio de pagamento brasileiro é necessário cadastrar algumas chaves Pix, e uma dessas é o número do CPF. Mas será que isso é seguro?
Anúncios


Fonte: Google

O Pix chegou para revolucionar as formas de pagamentos e TEDs em todo país. A princípio uma das maiores inovações são as chaves Pix, por ser a maneira de identificação de determinada pessoa. Por isso, quando alguém fizer algum pagamento usando este sistema, se deve saber antes a chave Pix do destinatário. Podendo ser até 4 chaves diferentes, como CPF, que será o assunto principal hoje.

Cada usuário tem a possibilidade de cadastrar até quatro chaves Pix, que tem essas opções: o número do CPF ou CNPJ, número de celular, e-mail e a chave aleatória que é uma sequência de letras e números que é gerado de forma automática pelo próprio sistema. Então, de forma bem simples, quando precisar receber determinado valor, basta informar alguma dessas chaves, que a pessoa irá conseguir enviar o recurso apenas digitando alguma dessas opções.

No entanto, a preocupação de muitas pessoas é que algumas dessas chaves representam perigos como de privacidade e possíveis golpes. Por isso, alguns usuários estão optando por usar apenas a chave aleatória, descartando o uso principalmente do CPF como a chave do Pix. Isso por que o maior perigo pode estar nas mãos de quem esses dados irão cair. Ainda mais devido a venda de dados que se dá livre no comércio, inclusive pela internet.

Mas especialistas afirmam que é seguro utilizar o CPF como chave, porém alguns deve ter mais cautela. A indicação é que a chave com número do CPF se use somente em compras ou pagamentos de empresas e pessoas conhecidas. Ou seja, que já tenha costume de se relacionar, e utilizar a chave aleatória para transações com empresas ou pessoas estranhas.

Tudo sobre identificação para o sistema de pagamento mais usado do Brasil.

A chave Pix é a identificação da pessoa ou empresa, em determinada conta bancária, inclusive nos bancos digitais, e para ter acesso basta cadastrar uma chave que irá substituir os dados bancários. Ou seja, ao invés de informar banco, número da agencia e conta, nome completo do titular e outras informações, é só informar a chave que tiver sido cadastrada na conta que deseja que o recurso seja creditado.

Além disso, o cadastro é totalmente grátis em qualquer banco ou outra conta digital. No entanto, não se pode cadastrar a mesma chave em uma única instituição. Então, se o cliente tiver conta no banco Inter e cadastrar o CPF, neste caso todo crédito irá se direcionar para o Inter.

Por isso, em caso de mais de uma chave Pix cadastrada em diferentes bancos, será preciso atenção e a certeza que deseja o crédito na conta conforme a chave Pix informada.

Também é possível cancelar a qualquer momento as chaves Pix. Inclusive caso a pessoa tenha necessidade de alterar dados como o número do celular ou e-mail. Para isso, é preciso acessar o internet banking ou aplicativo da conta, ir até o campo “Minhas chaves” excluir a chave cadastrada, em seguida cadastrar a nova chave, ou seja, o novo e-mail ou número de celular.

Utilização das chaves Pix

Fonte: PIX

Emilio Simoni, dir. De cibersegurança da Psafe, afirmou que alguns cuidados devem se tomar caso o usuário cadastre o CPF como uma das chaves.

O maior cuidado se deve ao passar informações principalmente o número do CPF, apenas em caso de pagamentos às pessoas conhecidas, ou empresas e sites nos quais tenha costume de fazer compras.

Assim, a chave aleatória é o mais recomendado para sites e lojas desconhecidas. De acordo com o especialista muitas fraudes acontecem apenas usando o CPF.

Além disso, pessoas maldosas poderão usar dados como número de celular ou e-mail para assédio e até mesmo importunar as pessoas por diversos motivos.

Então, como mencionamos o mais indicado t informar a chave aleatória. Mas essa é uma enorme sequência de números e letras que precisa ser informado através do WhatsApp ou e-mail. Sendo assim, de qualquer forma o “estranho” terá acesso ao número do telefone ou e-mail.

Por isso, para informar sua chave Pix para lojas ou pessoas desconhecidas deve se criar um e-mail novo. Dessa forma, as únicas informações que essas pessoas terão acesso, é o nome completo e o banco que possui conta, alternativa de resguardar de problemas futuros.

Contudo, existem listas de dados que são vazados na internet, caso fraudadores tenham acesso a dados como CPF, é possível depois conseguir mais informações do usuário. 

Conclusão Pix chave CPF

Para finalizar, sabemos que os componentes de segurança do Pix foram todos analisados pelo Banco Central. Mas para evitar a exposição de dados, o melhor é ter cautela, principalmente pelo fato de que a partir de poucos dados é possível conseguir outras informações da vida de qualquer pessoa. E procedimentos simples como abrir uma conta digital fica fácil apenas com o número de CPF e endereço de algum consumidor. 

Gostou do nosso artigo? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, com os seus amigos e ainda com os seus familiares. Em seguida, aproveite outros conteúdos para entender melhor sobre finanças, investimentos e conhecer serviços como, por exemplo; cartões de crédito, conta digital e empréstimo, tudo aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *