Pesquisa revela os pontos mais importantes para empregadores!

Uma recente pesquisa feita por especialistas, revelou quais são os pontos mais importantes para empregadores e profissionais. Fique por dentro!
Anúncios


pontos mais importantes para empregadores
Fonte: Google

A empresa especializada em seleção e recrutamento, Robert Half em uma parceria com o Centro de Liderança da Fundação Dom Cabral exibiu uma pesquisa que revela quais são os pontos mais importantes para empregadores na escolha de profissionais para as suas empresas, a pesquisa conhecida como Match Perfeito revela o que os empregadores buscam no recrutamento de profissionais e também os pontos que mais chamam atenção dos candidatos em relação à empresa.

Bem, um dos pontos mais relevantes para os recrutadores é na maioria das vezes a experiência que o profissional possui, além da sua formação acadêmica e também como o profissional se adequa a cultura da empresa, estes, portanto, costumam ser os pontos com maior relevância na escolha do candidato, entre outros pontos que também possuem importância.

Embora a adequação, formação e experiência sejam os pontos mais importantes para empregadores, as prioridades podem variar conforme as empresas determinam, pois, algumas são mais antigas e possuem uma cultura diferente. Desse modo, quanto maior for a importância dada à cultura organizacional, uma simples indicação do profissional por pessoas que já fazem parte da empresa também pode ser um fator válido para a contratação do mesmo.

Hoje, existem diferenças em relação aos segmentos dos mercados, sendo assim, apesar de a experiência prévia do profissional contar bastante e ser um dos pontos mais importantes para empregadores na indústria, por exemplo, a cultura organizacional se torna um ponto ainda mais importante que a experiência do candidato.

Já no agronegócio a indicação de um trabalhador mais antigo costuma ter mais importância. Leia mais abaixo!

O que os profissionais de hoje procuram em uma empresa?

Atualmente, um dos pontos que possuem relevância para os profissionais na hora de se candidatar a um cargo, é a remuneração com 56% de importância, a ligação do cargo com o mesmo, possui cerca de 46% de relevância entre outros pontos mais pelos trabalhadores em geral quando recebem ou procuram uma vaga de emprego.

Ao fazer a pesquisa os especialistas dividiram os profissionais que estão empregados e os que buscam uma vaga no mercado, pois segundo a pesquisa, as prioridades tendem a mudar de um grupo para outro, por exemplo, para os trabalhadores empregados, a aderência da vaga possui importância devido à remuneração.

Já para os profissionais que estão à procura de uma vaga no mercado de trabalho, o ponto mais relevante tende a ser a experiência prévia e também empresas que possuem propostas mais altas de remuneração. Contudo, como sabemos, toda regra tem a sua exceção!

Prioridades costumam mudar conforme a idade!

Embora os salários sejam considerados por muitos profissionais como o fator mais importante, ao avaliar uma proposta de emprego, alguns empregadores observam diferenças em alguns critérios, por exemplo, para os trabalhadores com mais de 46 anos, uma vaga que tenha mais a ver com o seu perfil, é definido por este trabalhador como certa.

Porém, para os profissionais com faixas etárias entre 25 e 35 anos, a experiência conta um pouco, mas, grande parte desses profissionais tendem a se adequar com facilidade à cultura da empresa. 

Já entre os trabalhadores sem ocupação, a pesquisa revelou que, à medida que a idade avança a experiência e a cultura organizacional da empresa costumam ter mais influência na tomada de decisão. Já indicação e formação acadêmica costumam perder a importância com o passar do tempo.

Os pontos mais importantes para empregadores

pontos mais importantes para empregadores
Fonte: Google

Conforme a tecnologia avança, as empresas mudam os seus critérios em relação à contratação dos candidatos. Atualmente, os pontos mais importantes para empregadores são: aderência com a cultura da empresa, experiência prévia do profissional, disponibilidade geográfica, formação acadêmica entre outros pontos mais relevantes.

Conforme mencionamos, existem diferenças relacionadas aos segmentos dos mercados, por exemplo, no setor do varejo a experiência do profissional costuma contar muito para a contratação, já no agronegócio o candidato que costuma ter maior relevância muitas vezes é indicado por um trabalhador da própria empresa.

Ainda segundo o estudo, o fit cultural é um dos fatores que vem ganhando cada vez mais espaço entre as empresas. Os empregadores costumam escolher profissionais que se adéquam com maior facilidade à cultura organizacional, pois.

Logo, o fato de o profissional conhecer e também possuir uma certa experiência no segmento da empresa, geralmente facilita a contratação. Já os fatores que costumam chamar atenção dos profissionais são: nível de benefícios não monetários, a remuneração, aderência ao cargo igual ao nível de formação do mesmo entre outros fatores.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *