Casa verde e amarela, o que é? E como funciona o programa?

Sonhando em comprar a casa própria? Conheça o programa habitacional do Governo Federal. Continue aqui e saiba mais.
Anúncios


Casa verde e amarelo
Fonte: Programa Casa verde e amarelo

A maior parte da população brasileira sonha em ter sua casa própria. Assim, é comum que várias pessoas recorram, quando tem acesso, aos financiamentos bancários e/ou aos programas sociais. Desse modo, não importa se o sonho vai ou não levar um tempo para se concretizar, mas fazê-lo acontecer é algo importantíssimo. Nesse sentido, por meio do Programa Casa Verde e Amarelo, o Governo Federal tem feito parte da realização dos sonhos de milhões de brasileiros.

Por isso, lançado e pensado, há pouco mais de 1 ano e, ainda, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro no início deste ano. O Programa tem feito sucesso e ajudado muitos brasileiros. Contudo, você deve se perguntar: Quem idealizou ou originou o programa?

A resposta é simples, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Desse modo, a pasta idealizava o aumento no acesso a moradia digna pelo brasileiro e, em especial, nas regiões Norte e Nordeste. Portanto, o Governo Federal optou por investir em iniciativas habitacionais que tivesse como foco estes brasileiros.

Ou seja, o programa proporciona desenvolvimento institucional. Desse modo, o setor imobiliário interno é estimulado e além do sonho em possuir a casa própria viabiliza o crescimento em outros setores. Por isso, o programa tem como objetivo combater a falta de habitação em inúmeras frentes. Além do crescimento da produção de casas e apartamentos, o Programa ainda inclui a regularização fundiária, melhoria de casas e outras iniciativas que estão sendo estudadas, como a locação social.

Além disso, o novo programa alterou a maneira de remuneração do trabalhador, com a diminuição da parcela onde a diferença entre o valor pago ao banco pelos correntistas e o cobrado nas movimentações de crédito, pago pelo FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço aos trabalhadores.

O que é o programa?

Sabemos que o programa é o principal acesso dos brasileiros à moradia digna, por este motivo, atualmente é um dos principais financiamentos para casa no país. Assim, o Casa Verde e Amarelo, tem oportunizado o acesso ao programa para aqueles que comprovam renda de até 7 (sete) mil reais mês.

Contudo, este mesmo programa, ajuda no setor agrário – para regularização. E ou, ainda, para efetuar reformas de melhorias em moradias dentro das regras do programa.

Por isso, segundo o MDR, o programa deve promover cerca de 1,6 milhões de moradias dignas. E ainda, ajudar a reformar mais de 300 mil moradias e até 2 milhões que pretendem ser regularizadas até o ano de 2024. Assim, para financiar o programa o Governo Federal deve utilizar os recursos do FGTS. Desse modo, será possível atender as expectativas devido à taxa de juros atual do benefício.

Sendo assim, a ideia do programa é proporcionar à população de renda mais baixa, essa melhor qualidade de moradia com todos os protocolos da lei, com planejamento do governo e acesso aos serviços públicos que já têm direito e atender a população até o ano previsto de 2024.

Como funciona o programa casa verde e amarela?

Casa verde e amarelo
Fonte: Google

Ainda há muito a desvendar referente ao programa, porém, de acordo com informações do governo, que já foram divulgadas, sabe-se que a intenção é que o programa atenda às três frentes; regularização fundiária, reforma de obras e financiamento de imóveis, veja as pessoas que podem ser beneficiadas e como pode ser efetuado o acesso.

Regularização fundiária e reforma de imóveis: o governo federal visa estruturar as famílias que estão em casas e terrenos irregular, fora das determinações da lei e ao invés de expulsar as famílias das casas, tem como meta regularizar a situação delas, além de reformar as casas e reconstruir do zero, funcionando como terceira frente, podendo usar maior parte do FGTS, para abater dívidas atuais.

Financiamento de imóveis: o primeiro financiamento de imóveis que divide a população em 3 grupos para decidir os planos e a taxa de juros. Com isso, a novidade é que as regiões Norte e Nordeste têm um foco em especial, no caso, tem condições melhores.

Sendo 3 grupos de renda, o primeiro deve ter renda mensal de R$2 mil, o grupo 2 deve ter a renda mensal entre R$2 mil a R$4 mil e o grupo 3, renda mensal entre R$4 mil e R$7 mil. O grupo 1 terá direito ao financiamento de imóvel com a menor taxa de juros e subsídio na compra do imóvel, regularização fundiária e reforma a de imóvel, porém, os grupos 2 e 3 terão acesso ao financiamento de imóveis, taxas um pouco maiores que as do grupo 1.

Conclusão

O Programa Casa Verde e Amarela é um projeto habitacional criado com o intuito de substituir o Minha Casa, Minha Vida. Com a ideia de facilitar o acesso da população, beneficiando famílias com renda mensal de até R$ 7 mil a ter uma moradia digna.

Além de aumentar os padrões habitacionais e a qualidade de vida, o programa visa elevar o desenvolvimento econômico do país e a geração de novos empregos.

O programa movimenta a produção de imóveis em áreas urbanas e rurais, por meio de subsídios e financiamentos, também ajuda na aquisição de imóveis novos e usados, melhorando habitação e regularização fundiária.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.