Proposta de emprego falso e o roubo de dados pessoais!

Conseguir retornar ao mercado de trabalho está se tornando uma tarefa, criminosos estão usando proposta de emprego falso para aplicar golpes. Saiba mais aqui!
Anúncios


Proposta de emprego falso
Fonte: Google

O desemprego vem tirando o sono de muita gente, com a pandemia da Covid-19, o número de pessoas desempregadas no país só tem aumentado nos últimos anos. E para complicar mais a vida do cidadão, criminosos estão se aproveitando dessa oportunidade para aplicar golpes e roubar dados pessoais. Cuidado com a proposta de emprego falso “o golpe tá aí, cai quem quer”, essa prática está se tornando cada vez mais comum e vamos falar sobre esse assunto hoje.

Com a pandemia da Covid-19, a situação econômica do Brasil agravou ainda mais, e o número de pessoas desempregadas no país chega a triste marca de 14 milhões. Um número alarmante, com as medidas de restrições, empresas de grande e pequeno porte, tiveram que reduzir o quadro de funcionários e em casos mais extremos o total encerramento das suas atividades econômicas no comércio.

Uma realidade que preocupa muito os brasileiros, e uma alternativa encontrada por muitas pessoas é tentar entrar em outra área de emprego que não seja a sua área de experiência ou estudada. Diante desse cenário, golpistas estão aproveitando para criar falsas vagas de emprego na tentativa de obter dados pessoais, como CPF, telefone e até mesmo dados da conta bancária do  candidato interessado nessas vagas “fake” de emprego.

A crise econômica e o desemprego têm tirado o sono de muita gente, mas, quando falamos de segurança de dados, é preciso ficar mais atento para não cair em golpes assim. Nesse artigo vamos passar algumas dicas de como se proteger contra essa prática, e manter os dados pessoais seguros. Leia o artigo até o fim, e não seja a próxima vítima.

Como identificar uma proposta de emprego falso?

É aquele velho ditado “quando a esmola é grande demais, o santo desconfia” aqui não é diferente, tenha muito cuidado com as propostas de emprego que oferecem muito benefício, podem ser criminosos querendo sua atenção e usam desse artifício. Sabemos que o alto índice de desemprego é grande no país, por isso os interessados em vagas de emprego precisam ficar atentos a esse tipo de vaga.

Existem ainda os anúncios de vagas, que ao clicar, você é direcionado a sites estranhos que não tem nada a ver com a vaga de emprego. Muitos desses anúncios de emprego, são criminosos querendo coletar seus dados pessoais para utilizar de forma ilícita. Utilizam dessas informações coletadas, para oferecer produtos e serviços, outra prática comum desses criminosos, são ligar imediatamente, após você ter se candidatado a uma dessas vagas, nesse caso nunca forneça dados bancários, é bem possível ser um golpe.

Como se proteger da proposta de emprego falso?

Golpes virtuais estão cada vez mais comuns, mas com alguns cuidados podemos nos proteger dessa prática. No Brasil muitas empresas já adotavam em seus sistemas a proteção de dados, agora com a nova lei de proteção de dados pessoais, que foi aprovada no ano passado, o cidadão tem como exigir o seu direito. Vale lembrar que os dados pessoais são seus, e que empresas sérias têm suas políticas de privacidade claras em seus sites, antes de deixar dados pessoais é bom verificar.

Sempre que houver uma solicitação de dados que seja desnecessária em um processo seletivo, desconfie, e não forneça. Ter atenção na proposta de emprego falso, aquela que você encontra em grupos de WhatsApp e Facebook, é muito comum essas propostas anunciarem “Vagas de Emprego Urgente” fuja desse tipo de anúncio, mesmo que repassado por pessoas que você conheça.

Outra forma de se proteger contra proposta de emprego falso, é verificando as empresas no Google, sites como Reclame Aqui, antes de fazer qualquer preenchimento de seus dados para uma possível vaga de emprego. E nunca fornecer por telefone, e-mail ou WhatsApp, seus dados para qualquer empresa ou pessoa, sem antes verificar sua procedência.

Proposta de emprego falso
Fonte: Google

Conclusão

Esse tipo de crime tem crescido significativamente no Brasil, em média cerca de 330 mil golpes com proposta de emprego falso, circulam em  websites. Esses falsos anúncios, acabam atraindo pessoas que estão em busca de seu primeiro emprego, e aquelas que já estão afastadas do mercado de trabalho a algum tempo. Sempre que surge uma oportunidade de emprego por grupos de mensagens, verificar no site oficial da empresa, é uma das dicas para evitar cair no golpe.

Os golpistas atacam justamente pessoas que estão fragilizadas financeiramente, por isso é importante frisar, quando for verificar anúncios com vagas de empregos, que oferecem vantagens ficar atento, todo cuidado é pouco “o golpe tá aí, cai quem quer”.

Espero que com as informações e dicas deixadas por esse conteúdo, possa ter ajudado você a identificar esse tipo de golpe. Caso tenha sido uma vítima, procure uma delegacia mais próxima.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *