Qualidade de vida, saiba tudo sobre estabilidade financeira.

A difícil missão de controlar o orçamento das finanças, sem perder qualidade de vida. Aprenda como, agora!
Anúncios


Fonte: Google

Gastar mais do que ganha demostra descontrole financeiro, o que gera falta de estabilidade financeira. Mas, empatar gastos com receita, não significa que o orçamento está equilibrado.

Para as pessoas que não têm controle do dinheiro e vivem intensamente o dia de hoje, acreditando ter qualidade de vida, isso pode ser mais difícil. Afinal, organizar as finanças requer esforço, organização, disciplina e muito mais.

Todos nós precisamos mais do que sair do vermelho para garantir uma vida melhor. Contudo, não existe uma formula perfeita, mas separamos algumas dicas que podem te ajudar.

Organizando as finanças

Comece identificando quais são os gastos básicos, ou seja, aqueles que se ficar desempregado hoje não tem como cortar do orçamento.

Muito importante lembrar que, não é deixando de comer um pão de queijo, por exemplo, que vai te fazer economizar, tudo precisa ter equilíbrio.

Reserve no máximo 70% da receita para os gastos básicos. Embora algumas pessoas pensem que é muito, isso vai depender das prioridades e estilo de vida de cada pessoa ou família.

Um pai de família tem compromissos diferentes de um rapaz solteiro por exemplo. O importante é conciliar os gastos, fazer planos para o futuro, a curto e longo prazo, mas também viver, isto é, fazer aquilo que nos deixa feliz.

Estabilidade financeira: Planos de curto prazo

Reserve do orçamento 10% para os objetivos de curto prazo.

Este é o momento de fazer o fundo de emergência. Essa reserva deve estar disponível a qualquer momento da vida, para ser utilizada em algum momento inesperado, como em caso de doença, desemprego, acidente e outras necessidades.

O fundo de reserva depende do perfil de cada pessoa e o padrão de vida que leva. A conta básica é de seis meses de despesas cobertas por esse montante. Sendo assim, uma pessoa que tem o salário de R$ 1.800,00 por mês, a reserva de emergência será um total é de R$ 10.800,00.

Então, uma pessoa que tenha este salário, precisaria guardar R$ 180,00 por mês, e pode ser feito de várias formas. Existem  vários investimentos de renda fixa por exemplo, e que rendem mais do que a poupança, vale a pena pesquisar.

Planos de médio e longo prazo

Reserve 10 % da receita para os objetivos financeiros mais longos, podendo ser a médio ou a longo prazo.

As pessoas têm estilos de vida diferentes e obviamente planos também. Por este motivo, fica a escolha de cada pessoa de como irá usar esse valor no futuro, vai depender da meta de cada um.

Estabilidade financeira: Metas

Fonte: Google

Médio prazo – São os projetos que alguém tem e pretende concretizar no prazo de um a cinco anos. Pode ser uma viagem ao exterior ou um carro novo por exemplo.

Longo prazo – São os objetivos que levam mais de cinco anos para se concretizar. A compra de um imóvel, faculdade e aposentadoria. Existem muitos investimentos mais a longo prazo que têm ótima rentabilidade.

Mas caso não entenda e não sabe onde começar, existem várias corretoras com profissionais qualificados que pode ajudar com essas orientações. Independente do estilo de vida, o mais importante é traçar metas e ter consciência que em alguns casos não será tão fácil de realizar.

Gaste como quiser

A vida não pode resumir em trabalho e pagamento das contas. E, antes de realizar qualquer um dos objetivos citados, precisamos de equilíbrio financeiro e emocional.

Por isso, reserve 10% dos ganhos como quiser, são gastos livres e podemos dizer que são os gastos de hoje, fazer o que tem vontade agora.

Aqui entra o que nos faz bem, se é sair com os amigos, levar a esposa para jantar fora, diversão com os filhos, enfim.

Mas cuidado, gastar com que faz bem, não significa fazer dividas. Isso pode atrapalhar todo o orçamento pessoal e ao invés de ter dinheiro para usar em algo que lhe dê prazer, vai usar para cobrir outras despesas que poderiam ser evitadas.

Estabilidade financeira, o que significa?

Significa ter equilíbrio entre as despesas e receitas, ou seja, ter tranquilidade para fazer outras coisas além de pagar as contas mensais. Como por exemplo, guardar dinheiro e ter uma reserva de emergência.

No entanto, para muitas pessoas, isso parece um sonho distante, sobrar alguma quantia no fim do mês.

Esses hábitos de equilíbrio financeiro trás tranquilidade para as pessoas alcançarem muitos objetivos.

10 hábitos para obter sucesso

Inclua na sua rotina diária essas dicas para ter sucesso e alcançar uma estabilidade financeira. É essencial fazê-los com regularidade. Veja quais:

  1. Poupe automaticamente;
  2. Controle os gastos por impulso;
  3. Analise os gastos;
  4. Invista no futuro;
  5. Mantenha a família segura;
  6. Elimine e evite dívidas;
  7. Pague as contas imediatamente;
  8. Leia sobre educação financeira;
  9. Aumente os lucros;
  10. Use o “sistema do envelope”

Portanto, agora é só colocar em prática, e alcançar a tão sonhada estabilidade financeira.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, em suas redes sociais e ainda com os seus familiares. Não esqueça de ler outros artigos sobre o assunto aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *