Descubra se sua restituição do Imposto de Renda será liberada.

Durante a pandemia do coronavírus vários brasileiros viram seus rendimentos diminuírem drasticamente, contudo, a restituição do imposto de renda poderá ser um alívio
Anúncios


Fonte: Google

Antes de mais nada, hoje iremos falar sobre o Imposto de Renda e sua restituição. Consulte aqui se sua restituição do Imposto de Renda já está liberada!

Assim, a Receita Federal tem liberado o calendário de pagamento desde o mês de maio para a liberação dos primeiros lotes de pagamento daqueles que efetuaram sua declaração até o prazo limite de 30 junho. 

O prazo estendido da Receita Federal para conclusão de ciclo de declarações de IR para 2020, tinha sido prorrogado em virtude da Covid-19. Isso em detrimento do isolamento social adotado para preservação da vida. 

Se você está ansioso para o resgate dessa restituição não se preocupe nosso artigo irá falar tudo sobre esse assunto.

Vamos lá!

Sobre o Imposto de Renda 

Fonte: Google

O IR é o tributo que se cobra sobre as transações financeiras efetuas entre pessoas físicas e jurídicas. Em outras palavras, qualquer relação financeira entre essas duas pessoas poderá gerar tributos. 

Contudo, o imposto de Renda cobrará de duas formas: diretamente ou indiretamente. Assim quando feito de forma direta – IRRF; Imposte de Renda Retido na Fonte, antes de receber o pagamento o contribuinte terá o valor deduzido. 

Dessa forma, podemos ter IRRF deduzido diretamente em salários, aluguéis e até pagamentos – contratos de prestação de serviço. Essas citados são exemplos de rendimentos diretamente na fonte. Além disso, o IRRF poderá se tirar diretamente no seu investimento de renda fixa como, por exemplo, os debêntures e Tesouro Direto, atente aos seus lucros. 

Por isso, ao resgatar o valor do rendimento em relação ao seu investimento sentirá a cobrança desse tipo de imposto. 

Por fim, essa modalidade de Imposto de Renda Retido na Fonte é efetuada mês a mês. Desse modo ficando a obrigação de apuração e recolhimento dos rendimentos por parte da fonte pagadora. Mas, esse tipo de modalidade poderá gerar divergências que se devem acentuars na sua declaração anual. 

Quem terá direito à restituição do Imposto de Renda 2020?

A princípio e sobre regra geral; qualquer cidadão que efetuar sua declaração anual. 

Assim, quando suas deduções do IR superaram os valores do IRRF, você terá direito ao resgate dos valores excedentes. Desse modo, após efetivar a sua declaração anual, entregando-a, e aprovada pela Receita federal, você deverá aguardar a liberação da consulta.

Se ela for passível de restituição, você precisará verificar o calendário de pagamento, aguardando o depósito do valor sem qualquer burocracia. 

Contudo, para saber se terá direito ou não a receber a sua restituição, o primeiro passo é preciso organizar suas contas, entender o que você recebeu ou pagou, ainda, deixou de pagar no ano da declaração – que geralmente é o ano anterior. 

Qual a data prevista para a restituição do Imposto de Renda?

Isso vai depender de como a Receita organizará o pagamento. Em regra, o pagamentose deve efetuar em até 5 lotes, que é o caso do ano de 2020. 

Dessa forma, os pagamentos para os primeiros lotes; já foram efetuados, isso nos meses de maio, junho e julho, para os declarantes que cumpriram os primeiros prazos. Com o pagamento dos primeiros lotes, a Receita Federal tem pago cerca de R$10 milhões, o quarto lote começou a ser pago em 31 de agosto no valor total de R$5,7 bilhões.

Como identificar qual o lote receberei minha restituição do IR?

Esses lotes são definidos de cordo com a entrega da DIR de cada contribuinte. Em outras palavras, aqueles que entregam as primeiras declarações são os primeiros a receberem.  Assim, o quarto lote foi liberado; em 31 de agosto, para quem efetuou a entrega de sua declaração até a data limite de 19 de junho de 2020.

Como consultar a liberação do meu lote?

É bem simples.  Acesse ao site da Receita Federal, na página principal digite seu CPF e clique em consultar. Pronto! O site vai trazer tudo as informações atualizadas conferir a atualização lá descrita.

Contudo, se quiser aproveitar as facilidade do app mobile da Receita Federal basta baixar e instalar. Está disponível em uma das lojas virtuais Google Play e Apple Store. Após instalar o app, abra e efetue um cadastro rápido, em seguida, consulte as informações sobre o seu perfil de contribuinte. 

Como conferir a data exata do pagamento da restituição do IR?

Não precisa se preocupar com isso, a restituição é do pagamento é efetuada de forma automática para todos os contribuintes que entregaram em tempo a sua DIR de 2020. Contudo, segue abaixo o calendário para recebimento, veja a seguir: 

  • 1º lote: depósitos disponíveis dia 29 de maio;
  • 2º lote: depósitos disponíveis dia 30 de junho;
  • 3º lote: depósitos disponíveis dia 31 de julho;
  • 4º lote: depósitos disponíveis dia 31 de agosto;
  • 5º lote: depósitos disponíveis dia 30 de setembro.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Por fim, confira todos as informações sobre sua IR aqui em nosso blog. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *