Sebrae e Caixa, parceria de créditos para você.

Saiba tudo sobre a nova parceria entre o Sebrae e Caixa Econômica Federal que irão oferecer créditos para MEI, ME e EPP. Continue a leitura e confira os detalhes agora!
Anúncios


Fonte: Caixa

Desde o começo da pandemia, na qual autoridades anunciaram medidas para conter a doença; muitas instituições financeiras e empresas de outros segmentos tem buscado maneiras de ajudar negócios de todos os tipos pelo país. Foi anunciado a parceria entre o Sebrae e a Caixa com intuito de ajudar você que é MEI, assim como Microempresas e EPP.

Os empreendedores terão acesso a financiamentos de capital de giro, em linha de crédito especial de R$ 7,5 bilhões. A quantia será concedida pelo banco CEF e terá como garantia o Sebrae. Além disso, será através do FAMPE (Fundo de Aval para os Micro e Pequenas Empresas), que fortalece os acessos aos “menores” com linhas de crédito para enfrentar o momento difícil causado pela pandemia.

Parcerias desse tipo reforçam a importância do papel que instituições financeiras têm na execução de políticas públicas que estimulam o desenvolvimento e crescimento da economia do Brasil. Principalmente no que diz respeito apoios aos empreendedores que se vem com muitos desafios pela frente e poucos recursos.

Portanto, são ações de relevância para o país, especialmente por se tratar da Caixa que atua como banco fomento, e o Sebrae que a décadas tem sido agente na capacitação e desenvolvimento de MEI, ME e EPP.

Além disso, unidades do Sebrae espalhadas por todo Brasil, tem feito um trabalho de monitoramento de notícias e também ações de instituições financeiras.

A intenção é levar aos empreendedores, também autônomos que possuem pequenos negócios, informações úteis para que possam aprender e entender melhor como enfrentar os impactos da crise.

FAMPE: Caixa Econômica Federal e Sebrae, a parceria que o Brasil precisa.

Vamos mostrar como o Sebrae fará todo acompanhamento das empresas. A princípio os proprietários de pequenas empresas e micro negócios serão assistidos ao longo das fases da ação; ofertando soluções e capacitações adequadas de acordo com a necessidade de cada empresário, conforme o estágio que cada um se encontra no desempenho e liberação do crédito. Certamente esse processo irá possibilitar melhor gestão dos recursos, além de mais preparação para o mercado.

Em uma primeira fase, é possível que os empresários acessem o site do Sebrae e assistam ao vídeo que é um tutorial, com conteúdos que ajudam calcular a necessidade real do capital. Além de poder avaliar a capacidade de realizar pagamentos de futuras parcelas; bem como, fazer cursos on-line especializados em organização de finanças empresarias. Em caso de dúvidas, os interessados podem entrar em contato através do fale com Sebrae para sanar todas as dúvidas e ter orientação mais técnica de forma virtual.

Caso a empresa consiga o crédito, o empresário receberá um aviso do Sebrae contendo dicas e informações importantes, de como manter boa saúde financeira da empresa. Portanto, o cliente vai aprender como identificar setores dentro da empresa que necessitam melhorias, como marketing, vendas, Recursos Humanos, e principalmente setores financeiros (contas a pagar, contas a receber, cobrança e outros). Então, o Sebrae disponibilizará vários cursos conforme diagnóstico individual.

Fundo avalista do Sebrae:

Fonte: Sabrae

Mencionamos que os empréstimos serão garantidos pelo FAMPE, mas você sabe do que se trata? Este é um Fundo de Aval para pequenos e micros negócios/empresas, que o Sebrae oferece nos bancos no qual tem convênios. Portanto, este fundo é avalista financeiro que ajuda pequenos empreendedores, que não possuem garantias necessárias para fazer financiamentos.

Logo, o Fundo de Aval para as pequenas empresas, pode garantir de maneira complementar cerca de 80% de determinada transação para a contratação de crédito. Ou seja, o FAMPE avalia até 80% do empréstimo dependendo do porte e perfil da empresa que faz a solicitação. Com ótimos pontos positivos como, compor a garantia que as instituições financeiras exigem, trâmites mais ágeis, menos burocracia na avaliação do crédito, taxas de aval 0,1% x nº dos meses x valor garantido, e outros.

No entanto, sabemos que nem tudo são flores, e durante qualquer empréstimo, a pessoa pode ter dificuldade com o pagamento das prestações. Mas o Sebrae terá a solução para aqueles que por diversos motivos não conseguirem pagar as parcelas. Logo, serão realizadas consultorias online para as renegociações de dívidas, de forma que facilite os pagamentos evitando assim mais inadimplências.

Condições gerais de acordo com porte de cada empresa:

A linha de crédito conta com prazos e taxas diferenciados, tudo para facilitar a vida dos empresários e manter o negócio funcionando. Os empréstimos estão disponíveis para empreendedores de vários setores como, indústria, agroindustriais, comércios e serviços de diferentes portes. Para MEIs com faturamentos de até R$ 81 mil, para as ME (Microempresas), até R$ 360 mil, e as Empresas de pequeno porte, ou seja, as EPPs com faturamento de R$ 360 mil  a R$ 4,8 milhões.

Condições para operações conforme porte da empresa: Para MEI, o valor pode chegar até R$ 12,5 mil, com carência de 9 meses, amortização depois da carência de 24 meses e taxa de 1,59% a.m. As microempresas, o valor máximo é de R$ 75 mil, com 12 meses de carência, após este período amortização de 30 meses e taxa de juros de 1,39% a.m. Por último, as EPPs terão a chance de conseguir até R$ 125 mil, carência de 1 ano, amortização de 36 meses e 1,19% a.m, a taxa de juros.

Lembrando que cada CNPJ deve ter no mínimo 1 ano de faturamento. Além disso, não pode haver restrições no CNPJ e CPF dos sócios, pois o processo passará pela avaliação de risco da CEF. Além de outros órgãos que  realizam análises de créditos em todo Brasil. Também só terá acesso às linhas de crédito, os empreendedores que realizarem o tutorial disponível no site do Sebrae, com todas as informações e orientações de como proceder e conseguir o empréstimo.

Gostou do nosso artigo? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, com os seus amigos e ainda com os seus familiares. Em seguida, aproveite outros conteúdos para entender melhor sobre finanças, investimentos e conhecer serviços como, por exemplo; cartões de crédito, conta digital e empréstimo, tudo aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *