Sonhe com sua independência financeira. Aprenda como!

Colocar em prática tudo aquilo que sempre sonhamos e ter liberdade para fazer o que queremos com nosso tempo; Sonhe você também com sua liberdade financeira.
Anúncios


Fonte: Google

Para muitas pessoas a independência financeira é nunca mais trabalhar e ter tempo livre para fazer tudo aquilo que realmente gosta. Porém, acreditam que isso só é possível quando se aposentarem.

Mas este é um dos grandes problemas, em alguns casos isso pode acontecer quando a pessoa tiver mais de 70 anos de idade; e talvez não tenha ânimo nem saúde para realizar parte das coisas que sonhou durante a vida.

Ser independente financeiramente é chegar a um patamar que se quiser não precisa trabalhar. Portanto, é a capacidade de sobreviver apenas da sua renda. Porém, a maioria das pessoas vêm muita dificuldade nessa liberdade e acreditam ser impossível de se alcançar.

Por isso fizemos uma lista com 10 dicas  de como atingir a tão sonhada independência financeira.

Resolva ser independente

Todos podem nos dar algum tipo de conselho, expor opiniões e pontos de vista em várias áreas, na vida financeira não é diferente. Entretanto, existem decisões que só depende de você. Por isso, resolva ser independente, e trace metas.

Isso pode não ser tão simples, mas tenha objetivos. Comece traçando metas a curto prazo, identifique etapas, estabeleça prazos e seja realista, faça somente aquilo que estiver ao seu alcance.

Busque referências

Se espelhar em alguém e até admirar o que uma pessoa alcançou; para muitos pode parecer um comportamento de inveja. No entanto isso pode servir de incentivo e inspiração, desde que não provoque desgosto pela felicidade alheia. Por isso, busque referências de pessoas que alcançaram a liberdade financeira.

Independência Financeira: Tenha organização e planejamento

Essa dica serve para todas as áreas de nossas vidas, pois é quase impossível conseguir algo sem antes se organizar. Ainda mais quando ao assunto é dinheiro. Começar pelo controle dos gastos é o primeiro passo, pois não saber o quanto se gasta pode levar ao endividamento.

Aproveitando que falamos em dívidas, a primeira e mais importante ação para um bom planejamento é ficar livre delas.

Saiba para onde vai o seu dinheiro

Fonte: Google

Uma ótima maneira de administrar os gastos é fazendo uma planilha, dessa forma fica mais fácil visualizar com que estamos gastando.

Outro fato importante é saber que não se pode comprometer toda a renda, ou seja, gastar mais do que se ganha. Dessa forma, 50 % deve ser destinado aos gastos básicos e necessários, como, alimentação, moradia e educação.

Para poupar ou investir por exemplo, comece separando 10 % da sua renda e se possível, tente chegar a 30 %, mas para isso coloque em prática a nossa dica anterior.

Aplicativos de controle financeiro

Sabia que existem ótimos aplicativos que auxiliam no controle das finanças? Veja alguns exemplos:

  • Mobills;
  • Organizze;
  • Orçamento Fácil;
  • Minhas finanças;
  • Guiabolso
  • Spendee
  • Expense

Importante analisar todas as opções, pois nem todos são aplicativos gratuitos, e como estamos falando de finanças e economia, fuja de certos gastos.

Independência Financeira: Evite os desperdícios

Aquela roupa parada em seu armário que a tempos você não usa, o violão encostado, a comida jogada fora e até o tempo gasto em redes sociais, tudo isso é dinheiro jogado fora.

Não há nada demais em ter redes sociais, e ficar longe delas em tempos tão modernos é quase impossível. Entretanto, o longo período perdido é o grande problema, pois tempo é dinheiro! Procure se ocupar com coisas que irão agregar valor, e principalmente a sua vida financeira..

Outro grande problema enfrentado por muitas pessoas, são as compras por impulso, adquirem coisas que quase nunca usam e ainda tem dificuldade em se desprenderem delas. Por isso evite desperdícios.

Não tenha dívidas

Como conseguir independência financeira estando endividado? Impossível! Como citamos anteriormente, antes de mais nada, se veja livre das dívidas. Portanto, faça um levantamento de tudo que está devendo, negocie com os credores, dando preferência por aquelas de valores menores, assim irá se controlando aos poucos.

Pode até demorar um tempo, mas sem finalizar essa etapa não será possível ter uma vida financeira controlada e como consequência o sonho da liberdade financeira, talvez nunca aconteça.

Independência Financeira: Seja sua própria empresa

Empresas tem seus donos e por diversos motivos chegaram a essa posição. Por isso, trabalhe muito e dê sempre o seu melhor.

Mas caso seja um autônomo ou tenha seu próprio negócio, seja um profissional ainda melhor. Ou seja, busque por conhecimento e se aperfeiçoe, visando sempre o crescimento do seu negócio.

Se como empregado, o trabalho, esforço e dedicação resultam em reconhecimento, imagine se fizer tudo isso no seu próprio negócio? Por isso, a dica é, trabalhe dobrado. 

Guarde dinheiro, tenha reservas

Agora que mostramos como controlar e organizar as despesas, e também aprendeu a importância de ficar  livre das dívidas, é um bom momento de guardar dinheiro.

Existe diferença entre fazer um fundo de reserva e fundo de reserva de emergência. Como o próprio nome diz, ter um dinheiro guardado servirá para atender alguma urgência que a vida exigir, em caso de doença, desemprego e até morte. Estes podem ser investimentos a curto prazo.

Já os fundos de reserva, para aquelas pessoas que estão visando a independência financeira, estão relacionados a investimentos mais a longos prazos. Para isso existem diversas corretoras de valores que podem te auxiliar.

Para fazer boas escolhas de investimentos, evite por exemplo deixar dinheiro em caderneta de poupança, essa não é uma boa opção. Por isso, estude, busque por informações.

  1. Efeito sanfona

Todo esse processo é muito parecido com fazer uma dieta. A maior parte das pessoas que iniciam um processo de emagrecimento, não conseguem ir muito longe, isso por que a maioria das vezes não existe foco e muita força de vontade, começam com dietas loucas e exercícios muito puxados e não alcançam o objetivo.

Com as finanças não é diferente. Porém, se o seu objetivo, sua meta de vida é alcançar a independência financeira, tenha calma, viva um dia de cada vez, mas tenha em mente que não vai ser um caminho fácil a percorrer, mas que valerá muito a pena.

Gostou do artigo? Compartilha em suas redes sociais, com seus familiares e amigos. Depois leia mais sobre finanças aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *