Startup Yuca, sua aposta na economia compartilhada do futuro.

Com 351 unidades de aluguel sob administração. O planejamento e chegar a 2.000. Confira!
Anúncios


startup yuca economia compartilhada
Fonte: Yuca

Nos dias de hoje é bastante comum pessoas que não possuem um parentesco, dividirem os custos do local que moram. Essa alternativa vem sendo bastante usada, todavia se torna uma vantagem para o locador. Sendo assim o locador se beneficia da liquidez ativa e os locatários encontram na Economia Compartilhada a solução para seus problemas financeiros, segundo pesquisas são 79% de brasileiros na Startup Yuca.

Todavia os fundadores da Startup Yuca procuram direcionar a oferta do coliving para o universo da tecnologia, assim sendo tanto as reservas quanto o atendimento devem ser feitos fazendo o uso da tecnologia ou seja digitalmente. Contudo as facilidades são muitas com a Ecomômia Compartilhada e lugares mobiliados, todas as contas poderão ser pagas digitalmente por meio de um único boleto, uma ideia interessante não é?

Contudo com apenas um ano no mercado o planejamento da Startup Yuca é de quintuplicar o seu número de apartamentos sob a sua administração.

Assim sendo segundo o co-fundador da Startup Yuca Rafael Steinbruch fez uma breve análise do setor da Economia Compartilhada  e concluiu que em meio ao agravamento da Pandemia os clientes que procuram por este tipo de serviço devem aumentar devido a crise economica.

Com o Rumos Financeiros de muitas pessoas anda incerto e os alugueis dos Imóveis Brasil tiveram um aumento relevante é fácil entender a preferência pela Economia Compartilhada é uma tendência urbana que chegou ao país com uma ótima aceitação. Todavia se tornando cada vez mais comum, levando a Startup Yuca ao sucesso do setor.

Economia Compartilhada do século 21

A história da Startup Yuca teve início quando os empreendedores Paulo Bichucher, Eduardo Campos e Rafael Steinbruch resolveram fundar a empresa em julho de 2019. Sendo assim a proposta da Startup Yuca é basicamente dar uma repaginada em apartamentos com metragens amplas na de São Paulo e disponibiliza a locação os quartos desses apartamentos para moradores, dessa forma cozinha e sala são compartilhados.

Dentre os outros cômodos do apartamento de Economia Compartilhada como os banheiros que podem ser usados individualmente pelos moradores. Entretanto a sugestão da Startup Yurca consiste na Economia Compartilhada diferente dos aluguéis comuns, o compartilhamento dos apartamentos é positivo principalmente pela convivência e tecnologia.

Todavia as característas de facilidade e comodidade como apartamentos mobiliados além de ter como forma de pagamento um boleto único para cada morador com o valor descriminado no qual constam internet, gás, iptu, condomínio dentre outros pagamentos. Dessa forma a Economia Compartilhada da Startup Yuca oferece um atendimento exclusivo para os seus cliente e também um suporte para a locação.

Coliving resistente ao covid-19

startup yuca
Fonte: Google

O setor da Economia Compartilhada é de certa de forma principiante no setor brasileiro o percurso da evolução moveu-se com o agravamento da Pandemia do Covid-19 contudo se manteve firme segundo afirma Steinbruch, a apropriação da Startup Yuca segue fixa 80%  nos dias de hoje. Porém o ideal é que seja de 90% essa variação é entendida como normal e é cômodo informar que a carteira volte ao patamar no pós Pandemia.

Contudo segundo o cofundador esta pandemia provocou uma queda já prevista na Economia Compartilhada, porém trouxe resultados duráveis para o enaltecimento dos apartamentos disponíveis na StartupYuca para o bolso dos seus consumidores e extensos quando ao espaço, pois as pessoas tem passado maior tempo em suas casas.

Crescimento da Economia Compartilhada ideias, lugares menores e valores mais acessíveis.

Contudo a Startup Yuca deve continuar com a proposta inicial, porém segue na expansão de manter os seus contratos um pouco mais flexíveis e também com os boletos únicos. Sendo assim o público que esta chegando de perfis que variam entre casais e solteiros que optam por não dividir os seus espaços. Todavia com os Rumos Financeiros incertos em um mercado vasto para os profissionais jovens com mesmo perfil da Startup Yuca.

Portanto são 20% no portfólio em especifico de apartamentos nos dias atuais, dessa forma a ocupação é de 100% o que torna a demanda contida maior. Porém o contratempo é para reaver apartamentos com as mesmas medidas nos bairros em que a Startup Yuca atende. Entretanto a melhor solução foi de produzir unidades para atender a esse novos clientes.

Sendo assim a Startup Yuca patrocinou a construção do prédio para uma incorporação por intermédio de um CRI. Assim sendo foram investidos cerca de R$ 12 milhões, sendo 21 unidades e sete dessas apartamentos possuem até dois dormitórios, contudo 14 que sobrarão com apenas um dormitório. Segundo a assessoria da Startup Yuca a inauguração deverá ser no segundo semestre de 2022.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *