Saiba mais sobre a transação entre Sinqia e QuiteJá!

Com a nova aquisição a provedora de tecnologia voltada para o sistema financeiro, deverá ingressar neste mercado. Fique por dentro.
Anúncios


transação entre Sinqia e QuiteJá
Fonte: Quite.já

Recentemente, a provedora de tecnologia voltada para o mercado financeiro Sinqia informou a compra de 51% do capital social da QuieteJá. Sendo está transação entre Sinqia e QuiteJá, saindo pelo valor de R$ 38,2 milhões. Neste contexto, segundo alguns analistas desse mercado a companhia ainda deverá adquirir cerca de 49% remanescentes em 2024. 

Portanto, está é a projeção para a nova aquisição da provedora de tecnologia. Vale ressaltar, que a QuiteJá é especialista em recuperar crédito de terceiros. Em contrapartida, pela compra na data de fechamento da companhia Sinqia deverá efetuar o pagamento de R$ 19,125 milhões. Assim como, este mesmo valor em ações, referente a entrega de 1.016.638 ações da própria empresa compradas no sexto Programa de Recompra de Ações. 

Tendo em vista, a transação entre Sinqia e QuiteJá, ou seja, com esta aquisição a Sinqia passará a fazer parte do novo setor, o setor de renegociações de dívidas! Neste contexto, esse mercado tem movimentado bilhões de reais por ano, o ingresso da Sinqia neste segmento deverá reforçar o seu portfólio de produtos da unidade Siqia Digital, por exemplo, mas isso eu vou te explicar ao longo do texto! 

Atualmente, a plataforma é usada por vários credores brasileiros e depois da transação entre Sinqia e QuiteJá. A plataforma estará disponível para cerca de quinhentos clientes da Sinqia. Dentre esses clientes estão: fintechs; financeiras; bancos; administradoras entre outros clientes importantes! 

Receita líquida com essa aquisição 

Neste contexto, a plataforma informou que a recente aquisição de aproximadamente 51% da empresa deu início abertura da fintech no novo mercado que está em expansão e movimenta milhões por ano desde a sua criação. Como já mencionei este novo mercado movimenta bilhões de reais por ano. Sendo assim, este novo segmento deverá reforçar o portfólio de produtos digitais que a Sinqia possui. Desse modo, em 2021 a empresa teve um registro de receita líquida de aproximadamente R$ 20,3 milhões.  

Vale ressaltar ainda, que o lucro antes dos juros; depreciações; impostos e amortizações-Ebitda de aproximadamente R$ 5,4 milhões por ano, encerrado em 30 de junho desse ano! A princípio, a companhia terá a permissão para poder fazer aquisição de 49% do capital social diante das opções de aquisição com valores vinculados à receita líquida da QuiteJá para os anos de 2024 e 2025. 

Desse modo, após o anúncio da aquisição a assinatura do contrato já foi autorizada pelo conselho administrativo da companhia. Assim como, a autorização da transação será pauta da Assembleia Geral da Companhia, que deverá ser convocada em um futuro próximo! 

Visão do mercado financeiro 

Neste sentido, o Itaú BBA recebeu essa notícia como significativa, e este é um sinal positivo de que a plataforma segue a sua estratégia de implementação inorgânica. De fato, está aquisição está alinhada com o projeto de expansão vertical da Sinqia Digital. 

Sendo assim, a aquisição está alinhada do mesmo modo com a estratégia da Sinqia que está nesta transação há longo período. Portanto, ainda segundo a visão do Itaú BBA essa compra deverá contribuir com cerca de 2,5% de participação na receita da Sinqia Digital. 

Logo, este procedimento deve levar a expansão da margem, aumentando assim, as perspectivas de valorização de ambas as empresas. Em especial da Sinqia Digital. Ainda segundo a avaliação do Itaú avaliação das ações da empresa em 2022 valerá cerca de R$ 34. Visto que, à cotação das ações após o anúncio da transação saíram à R$ 16,35.  

Transação entre Sinqia e QuiteJá! 

transação entre Sinqia e QuiteJá
Fonte: Sinqia

Neste sentido, toda a transação teve um custo de aproximadamente R$ 38,25 milhões este valor refere-se inicialmente a 51 pontos percentuais de quotas da fintech. Sendo assim, a fintech terá direito a 49% dos lucros remanescentes diante das aquisições de opções em todas as operações de compra dos anos de 2024 e 2025.  

Então, segundo economistas essa recente compra será positiva para o mercado financeiro do país. Pois, além da Sinqia ampliar fortemente o seu portfólio o mercado também será beneficiado. Vale ressaltar que, apesar da crise econômica esse mercado tem movimentado bilhões de reais por ano. Sendo assim, o ingresso da Sinqia no segmento em meio à crise que estamos enfrentando deverá reforçar ainda mais o setor financeiro do país, em contrapartida a fintech aumentará o seu portfólio de produtos da unidade Siqia Digital! 

Por fim, a entrada da fintech especializada em softwares neste mercado é muito bem vista pelos analistas. Pois, como já mencionei anteriormente a transação fortalecerá ainda mais a unidade digital que a empresa possui, expandindo assim, a estratégia de expansão da empresa neste novo mercado! 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.