Ações reagem ao incidente: mercado fica negativo!

Neste artigo, você vai saber mais detalhes sobre o Incidente em Ipatinga e como isto deverá impactar o setor. Fique por dentro!
Anúncios


Ações reagem ao incidente
Fonte: Google

Após o ocorrido em Ipatinga as ações reagem ao incidente de maneira negativa, a Useminas informou que fará uma paralisação das operações do alto forno de número dois por um período de aproximadamente 90 a 150 dias. Apesar deste comunicado a siderúrgica não deu mais detalhes sobre o incidente. Vale ressaltar que, o equipamento envolvido no incidente tem a capacidade de produzir cerca de 55 mil toneladas de ferro-gusa por um mês. 

Portanto, após este comunicado o Itaú BBA, assim como, outras empresas e economistas do setor revelaram que o impacto será negativo. Porém, este impacto será limitado, o acidente deverá afetar a produção da companhia no curto prazo.

Neste sentido, alguns economistas lembram que o alto forno estava prestes a aumentar a produção desde o mês de junho deste ano. Sendo assim, com o Incidente em Ipatinga o equipamento possui a capacidade de produzir aproximadamente 600 mil toneladas por ano. Neste sentido, segundo os analistas o impacto geral poderá ser minimizado pela utilização do estoque da companhia.

Contudo, os custos das novas aquisições de placas de terceiros são maiores do que o custo para produzir a suas próprias placas.  Portanto, após o Incidente em Ipatinga as estimativas são de aproximadamente US$200 por cerca de 250 mil toneladas. Ou seja, US$50 milhões o que acaba representando pouco menos de 5 pontos percentuais do lucro antes de juros, impostos e amortizações e depreciações-Ebitda para o ano que vem! 

Ações reagem ao incidente

Neste sentido, com este incidente outras empresas deste segmento acabaram se beneficiando. Por exemplo, a Gerdau através de ofertas mais apertadas. Assim sendo, o Bradesco BBI destacou que após este período de intervalo, a Useminas voltará a fazer compras de placas de terceiros para manter as vendas de laminados. No entanto, os analistas da instituição mantêm recomendação do desempenho acima da média para as ações da empresa! 

Vale ressaltar ainda que, a Useminas espera compensar o prejuízo com o incidente. Fazendo uso de aço bruto dos seus estoques. Desse modo, a empresa minimiza o impacto no atendimento dos contratos com os seus clientes! 

Além disso, as ações reagem ao incidente, assim, a siderúrgica sofreram queda de 2,09%. Sendo negociadas a R$ 15,92. Tendo em vista o ocorrido, as ações da empresa acumularam queda de aproximadamente 10%, que acabou influenciando ainda mais a retração do preço das ações foi o preço do minério de ferro no mercado asiático! 

Histórico de acidentes na empresa  

Em 2021 ao menos quatro acidentes foram registrados. Assim sendo, o último aconteceu recentemente deixando três colaboradores feridos. Neste sentido, em meados de agosto um gasômetro acabou explodindo deixando alguns feridos. 

Após o ocorrido, a empresa informou que houve uma falha no controlador lógico programável. Onde uma das válvulas responsáveis pelo controlador acabou ficando aberta. Portanto, esta foi a causa do acidente.  

Vale ressaltar que, ainda no mês de agosto outro funcionário acabou se ferindo no momento em que realizava uma manutenção programada na área de sinterização da Useminas. Tendo em vista, estes acidentes somados a outros com proporções mais graves a produção neste mercado caiu cerca de 0,7% no segundo semestre.

No entanto segundo os analistas, o setor deverá fechar 2021 com apenas esta queda! Mas, ainda assim as ações reagem ao incidente de Ipatinga.

O Incidente em Ipatinga e os reflexos nas ações de mercado

Ações reagem ao incidente
Fonte: Google

Como já foi mencionado neste artigo com as ações reagem ao incidente de Ipatinga, a Useminas informou que fará uma paralisação nas suas operações do alto forno de número dois por um período de aproximadamente 3 a 4 meses. Apesar deste comunicado a siderúrgica não deu mais detalhes sobre o que incidente. Vale ressaltar que, o equipamento envolvido no incidente tem a capacidade de produzir cerca de 55 mil toneladas de ferro-gusa por um mês. 

Vale ressaltar que, segundo os moradores da região o equipamento que estava sendo operado naquele momento começou a ruir ocasionando um estrondo.

Contudo, o ocorrido foi controlado rapidamente pela equipe de técnicos que estavam no local. À vista disso, o Itaú BBA, assim como, outras empresas e economistas do setor revelaram que o impacto será negativo. Porém, este impacto será limitado, o acidente deverá afetar a produção da companhia no curto prazo. 

Por fim, as projeções para o final do ano neste segmento não são muito otimistas. Visto que, houve um aumento nos preços das matérias-primas e de custos com energia elétrica, por exemplo. Ainda segundo alguns analistas, a confiança dos investidores no mercado caiu.

Sendo assim, temos um cenário desafiador pela frente. Porém, como já mencionado após o referido incidente, ações reagem ao incidente de maniera negativa, as estimativas são de aproximadamente US$200 por cerca de 250 mil toneladas para 2022. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.