Agências de supervisão e previdência: comércio de cripto!

Conheça as agências de supervisão e previdência que impõe regras para a comercialização de criptomoedas. Saiba mais!
Anúncios


Agências de supervisão e previdência
Fonte: Google

Segundo informou a autoridade reguladora do mercado financeiro na África do Sul, eles pretendem investir em agências de supervisão regulatória e previdência. Nesse sentido, esses cuidados precisam ser tomados para que o país possa proteger as pessoas vulneráveis das criptomoedas. Assim como, o risco que elas envolvem, estimularam os reguladores a criar essas agências. Ou seja, um conjunto de regras será elaborado para regular as moedas já conhecidas! 

Desse modo, as já conhecidas pelos investidores Ethereum; Litcoin; XRP entre outras devem respeitar esse conjunto de regras.  segundo informou o comissário da autoridade reguladora Unathi Kamlana estas regras visam facilitar e proteger. Portanto, as pessoas que estão vulneráveis aos riscos que esses ativos podem oferecer. 

Além disso, com a criação dessas agências de supervisão e previdência as criptomoedas devem interagir com os demais produtos financeiros tradicionais. Nesse sentido, apesar de serem moedas descentralizadas essas moedas possui um alto ricos de volatilidade. Por isso, que a criação dessas agências é importante. Afinal, os seus riscos podem representar aos balanços patrimoniais dos bancos tradicionais ainda mais instabilidade. 

Portanto, se você costuma investir nesse mercado, deve saber do que estamos falando não é mesmo? O mercado de cripto, pode ser compensador e ao mesmo tempo pode ser desafiador. Por isso, ao criar as agências de supervisão e previdência. Podemos afirmar, desse modo, que a autoridade reguladora está cuidando dos interesses dos vulneráveis a esse tipo de mercado! 

Procedimentos futuros  

Ainda segundo informações da autoridade reguladora da África do Sul, a intenção é interferir nas transações dos clientes em potencial desse mercado. Desse modo, eles recebem a oferta de produtos que não compreendem exatamente como funcionam de fato. Nesse contexto, é bem fácil de entender o ponto de vista da autoridade. Pois, muitos investidores esquecem de tomar cuidado quando estão investindo em uma determinada criptomoeda, por exemplo.  

Logo, devemos ter cuidado para dar legitimidade sem antes saber do que se trata o produto. Nesse caso, a moda digital a ideia para regulamentação ocorreu. Quando os investidores do país sofreram dois golpes que seriam fáceis de evitar que as agências de supervisão de previdência já existissem. 

Assim sendo, ainda segundo analistas do mercado financeiro algumas dessas moedas virtuais saíram de lugares remotos. Hoje, elas ocupam o mundo financeiro de maneira descentralizada intensificando, assim, os esforços dos regulamentos entre instituições financeiras para impedir que transações sem restrições fossem realizadas. 

O mercado de cripto 

Nesse contexto, o mercado de cripto em 2021 cresceu consideravelmente, trazendo para algumas das moedas mais destaque. Como foi o caso da moeda virtual Bitcoin que vem crescendo desde a sua criação. Porém, com a integração do mercado de cripto no mundo esse ano a Bitcoin passou a ter um destaque nunca visto antes.  

Desse modo, seguindo os seus passos e se tornando a grande aposta de muitos investidores. Está a criptomoeda Ethereum, que desde o início de 2021 vem atraindo a curiosidade de vários acionistas que já colheram os lucros dos seus primeiros investimentos.  

De fato, não há como negar que o mercado de criptomoedas cresceu bastantes em 2021. Nesse cenário, segundo as projeções dos analistas desse mercado os criptoativos devem atrair mais e mais investidores ao longo dos meses em 2022. Assim, com a criação dessas agências teremos enfim uma maneira de proteger os investimentos contra a forte volatilidade que existe nesse mercado.  

Agências de supervisão e previdência 

Agências de supervisão e previdência
Fonte: Bitcoin

Portanto, segundo informou o comissário da autoridade reguladora da África do Sul, essas agências de supervisão e previdência servem apenas para alinhar maneira como o mercado se comporta. Diante do mercado financeiro. Portanto, segundo Kamala informou as moedas digitais não representam riscos para o sistema. Nesse sentido, o banco central do país ainda planeja criar a sua própria moeda virtual para poder competir no mercado de cripto. 

Assim como, o Brasil que está bem avançado, pois, o projeto do real virtual já é uma realidade. Assim, desde que foi anunciado vem chamando atenção dos acionistas! Porém, a moeda digital do banco central brasileiro deverá entrar em circulação apenas no segundo semestre de 2022. Vale ressaltar, ainda que para muitos analistas os investidores que costumam atuar no mercado de criptoativo. Recomenda-se esperar e observar, tanto o resultado como o desenvolvimento dessas moedas no mercado das moedas digitais.  

Nesse sentido, ainda segundo alguns economistas antes de fazermos investimentos de risco é necessário levar em consideração alguns fatores mais importantes como: confiabilidade das ações. Nesse caso, dos criptoativo em seguida devemos observar a estabilidade que essa moeda possui mesmo com a alta volatilidade. E por fim, o fato de poder perder futuramente com o investimento, ou seja, é necessário saber se vale a pena o investimento.  

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.