B2W trocou de nome após união de ações com a Americanas

Fusão entre B2W e Americanas causam alteração de nome (marca). Continue aqui conosco e saiba mais.
Anúncios


B2W trocou de nome
Fonte: B2W

Recentemente, a B2W trocou de nome após a fusão com a americanas s.a., as ações da varejista começaram a ser negociadas nesta última semana. Nesta mesma época as ações das americanas registraram uma valorização de 6,18%, cotadas a R$ 8,25. Outras ações muito importantes fecharam em alta no mercado como, por exemplo, Marfrig Global Foods; JBS entre outras.

A B2W companhia digital, se trata de um grupo fundado em 2006, a empresa é conhecida em seu segmento pelas constantes fusões. Sendo assim, as empresas que compõe o grupo são: Lojas Americanas; Shoptime; e Submarino entre outras. Assim sendo, a americanas possui 60% do capital total da B2W. Assim que deu início as suas operações após a fusão com estas empresas, a B2W passou a ser a terceira maior companhia do seu segmento no mundo e a maior da América Latina.

A empresa fez muitas fusões ao longo dos anos, apesar de ter suas ações negociadas na bolsa a um bom tempo, a B2W trocou de nome visando expandir o rendimento de suas ações, visto que, recentemente as ações das americanas apresentaram uma valorização significativa. Além das Lojas americanas, o grupo inclui a Uniconsult, focada no marketplace da empresa, Submarino Finance entre outras companhias.

Além de expandir os rendimentos de suas ações, a B2W trocou de nome tendo em vista a popularidade das Lojas Americanas que é hoje uma das maiores empresas de comércio eletrônico no Brasil, assim, as próximas ações da B2W foram emitidas em decorrência desta fusão.

Entenda melhor a fusão

Em meados do mês de junho deste ano, as Americanas comunicaram ao mercado a fusão dos ativos físicos de ambas, a proposta foi divulgada pela controladoria das duas empresas, detalhando a operação. A estratégia por trás desta fusão, é transformar a B2W em uma plataforma de varejo completa, como, por exempl, a Via Varejo.

Na proposta de fusão entre as duas empresas a Lojas Americanas deverá passar a se chamar Americanas Inc. a proposta ainda inclui uma listagem da holding nos EUA através de uma migração de base acionária da empresa.

A mudança não deverá implicar que os acionistas da LAME, nome dado as ações da empresa após a fusão, terão retorno negativo com a união, pois, eles também devem ganhar novas ações em uma proporção de 0,18 para cada 1 LAME. Segundo um relatório de analistas da XP, no final do mês de maio deste ano destacam que depois desta transação, os preços da LAME poderiam cair, tendo em vista que a LAME não representará mais todos os ativos operacionais da companhia, somente 38,9%.

Fusões da B2W

A empresa fundada em 2006, possui atualmente fusão com várias outras empresas, a B2W iniciou as suas operações em 2021 com um capital de aproximadamente 6.5 bilhões, além da fusão com as Lojas Americanas, a empresa se uniu a companhias de peso como, a Submarino; Sou Barato entre outras. Atualmente, o grupo opera com cerca de 40 categorias de produtos diferentes.

No ano de 2019 a B2W, iniciou as suas operações com empresa de comércio eletrônico, portanto, a B2W conta hoje, com mais de 8000 funcionários, com um faturamento de US$ 15 bilhões, dois anos antes da pandemia da covid-19, a empresa tinha um faturamento avaliado em cerca de US$ 17,3 bilhões.

O segmento de varejo vem crescendo consideravelmente, mesmo com a crise do novo coronavírus apenas no primeiro semestre deste ano o setor teve um aumento de 3,6% relacionado ao mês anterior, alguns analistas consideram essa fusão positiva tanto para o segmento como para ambas as empresas.

B2W trocou de nome depois da fusão com as Lojas Americanas

B2W trocou de nome
Fonte: B2W

Após a recente fusão com as americanas, a B2W trocou de nome visando expandir ainda mais os rendimentos dos papéis da empresa. Portanto, os acionistas que estiverem interessados no investimento precisarão buscar a nova nomenclatura dos ativos do grupo, famoso no segmento por fazer fusões de sucesso.

Devido esta troca de nome, as próximas ações da B2W que foram emitidas devem conter o novo nome estabelecido pela B2W. No mês de abril deste ano, a união foi de fato aprovada, vale ressaltar que a fusão entre as empresas deverá abrir caminho para uma listagem do grupo nos EUA, segundo informações de ambas as companhias.

Os investidores da Americanas, que não concordam com a união pediram a retirada das suas ações, para que isso seja possível, eles terão que provar posição acionária a partir do mês de abril, mês do início desta fusão. Contudo, para os acionistas que detêm ações preferenciais, o procedimento de retirada não será possível.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.