Corretora de criptomoedas encerrou contas dos chineses!

Após o Banco Popular da China inviabilizar as transações com moedas digitais, a Corretora de criptomoedas encerrou contas dos chineses. Saiba mais!
Anúncios


Corretora de criptomoedas
Fonte: Houbi

Após a recente decisão do Banco Popular da China de inviabilizar as transações do segmento de moedas digitais, a Houbi Global corretora de criptomoedas encerrou contas dos seus clientes chineses. Sendo assim, o encerramento total dessas contas acontecerá no último mês desse ano. Portanto, por meio de um comunicado a corretora informou que pretende suspender o registro de todos os clientes, ou seja, contratos novos e mais antigos do país asiático. 

Assim sendo, a Houbi Global está entre as maiores corretoras do segmento de criptomoedas que atendem acionistas de cripto da China continental. Neste sentido, a empresa iniciou as suas operações em meados de 2013 no segmento de moedas digitais! Então, no ano seguinte a corretora houbi arrecadou um investimento de risco de aproximadamente US$ 10 milhões.  

Após anos atuando no mercado de criptomoedas chinês, a Corretora de criptomoedas encerrou contas, isso quer dizer os contratos! No entanto conforme informou por meio de um comunicado de encerramento, a empresa se comprometeu com a segurança dos contratos ativos.

Desse modo, em relação aos acordos específicos a empresa deverá entrar em contato por meio de mensagens de texto ou E-mail para definir o encerramento das contas! Assim como, a corretora de criptomoedas encerrou contas dos chineses. Outras empresas do mesmo seguimento estão encerrando contratos com os seus clientes chineses.

Visto que, o segmento de criptomoedas na china está cada vez mais restrito. Desse modo, após a decisão do Banco Popular da China muitas corretoras devem deixar o país! 

Setor de criptomoedas na China  

Vale ressaltar ainda que, após o comunicado do Banco Popular da China o token da empresa, o HT despencou cerca de 15% em aproximadamente uma hora. Contudo, a queda se intensificou para cerca de 27%, chegando a atingir US$ 6,3 no segmento de cripto. No momento atual, o token da houbi está sendo negociado a US$ 7,6. 

Sendo assim, a OKEx outra corretora que costuma atender clientes chineses não se pronunciou sobre qualquer decisão tomada, em relação aos seus clientes chineses. No entanto, a Binance seguindo os passos da Houbi suspendeu os novos cadastros.  

Desse modo, os usuários chineses terão que entrar em contato com as suas corretoras para obter mais informações a respeito dos variados processos de suspensão dos serviços. No entanto, muitos clientes expressam a vontade de continuar a investir no mercado de cripto.

Vale ressaltar que, segundo alguns analistas este tipo de procedimento igual ao do Banco Popular no país asiático é bastante comum.  

Proibições 

Neste sentido, no primeiro semestre desse ano o segmento de cripto foi afetado mais uma vez. Desta vez, através de um comunicado semelhante ao atual, onde informou ser contrário aos serviços do segmento. Logo, proibindo naquele momento atividades ligadas à mineração de bitcoin.  

Desse modo, o governo chinês declarou que, devido a mineração os preços das moedas digitais oscilaram. E assim, a segurança de investimentos acabou prejudicando as ordens financeiras e econômicas normais do país, ou seja, a moeda oficial! 

Portanto, desde o início dessas manifestações do governo chinês o segmento de criptomoedas migrou para outros países, deixando de depender do país asiático. Assim, nos dias atuais o mercado mais promissor para o segmento é o mercado americano.

Entretanto, as proibições feitas as minerações em sua maioria concentrada na China, não foram capazes de abalar a rede de bitcoin, cujo poder de mineração voltou a ser o mesmo com a migração das corretoras para outros países. 

Corretora de criptomoedas encerrou contas dos clientes chineses, o que os especialistas falam sobre o ocorrido?  

Corretora de criptomoedas
Fonte: Google

Vale ressaltar, que este empasse entre a China e o setor de cripto teve início no ano de 2013, quando o país tentou dificultar a mineração de moedas digitais. Sendo assim, a corretora de criptomoedas encerrou contas dos investidores para evitar dores de cabeça futuras. Assim como, a sua comercialização dentro do país, todos esses anos, informou a empresa. 

Desse modo, os usuários ficam livres para fazer diversas transações com as criptomoedas. Portanto, deixando a economia do governo em risco. Logo, o sucesso mundial da bitcoin e a ascensão do setor de cripto são vistos pelo governo do país asiático como fatores de risco energético e ambiental.  

Vale ressaltar ainda que, segundo alguns analistas, embora constantemente atacado o mercado reage com muita intensidade. Á medida que a tecnologia avança o setor de criptomoeda se torna cada vez maior. No entanto, apesar das proibições do governo chinês de impossibilitar o crescimento e avanço do setor de cripto e blockchain no país, o mercado segue crescendo ao redor do mundo! 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.