Fundos imobiliários: Ifix encerrou sessão com estabilidade na bolsa! 

Ifix encerrou sessão com estabilidade na bolsa. Fique por dentro!

Fundos imobiliários Ifix
Fonte: Google

Recentemente, o Índice que reúne os fundos imobiliários mais negociados na bolsa de valores – Ifix encerrou sessão com estabilidade. Então, com um aumento acumulado de 1,07% liderando a lista das maiores altas do dia. Fundamentado pela competitividade da região da avenida Faria Lima, no estado de São Paulo o fundo imobiliário The One teve um novo ajuste de 29 pontos percentuais.  

Desse mesmo modo outras locações deverão passar por reajustes em 2022, essa nova onda de reajustes está inclusa na nova medida do primeiro adiantamento ao contrato com a locatária. Vale ressaltar ainda que, segundo o fundo anunciou deverá haver uma prorrogação no prazo de vigência.  

Após o anúncio de que o Ifix encerrou sessão com estabilidade, a Italac informou que após esse novo ajuste a vigência do vínculo que terminaria no mês de janeiro de 2024. Deverá durar por mais sessenta meses, ou seja, até o mês de dezembro de 2028 para que um novo contrato seja aprovado.

Tanto a locatária como o fundo já acertaram um novo ajuste de aproximadamente 36 pontos percentuais no preço do aluguel dos espaços. 

Um fato relevante após o anúncio de que o Ifix encerrou sessão com estabilidade, divulgado na última semana. Revelou que o fundo considera essas mudanças positivas para o seu portfólio. Segundo a avaliação dos gestores, essas mudanças são importantes para o mercado imobiliário.

Saiba mais aqui! 

Fundos imobiliários 

Na prática, os fundos imobiliários são investimentos em imóveis de alto padrão como grandes empresas e corporações, por exemplo! Muitos investidores escolhem esse tipo de investimento, pois, é mais fácil adquirir e vender os fundos imobiliários ao ter que comprar um imóvel correndo o risco de perder dinheiro.  

Vale lembrar que, existem alguns tipos de fundos imobiliários os fundos de títulos de dívida imobiliária CRAS, LCI, LCA e CRIS. São fundos físicos, onde a renda é gerada pelos juros que rendem na bolsa. Já o investimento nos fundos mais conhecidos como Tijolo, são investimentos em imóveis comerciais, industriais entre outros! 

Nesse tipo de investimento, os fundos são distribuídos aos acionistas segundo o rendimento que é gerado com os aluguéis. Ou seja, a renda é gerada pelo aluguel desses imóveis, por exemplo, no fundo de desenvolvimento os investimentos são considerados de alto risco. 

São considerados fundos de investimentos os terrenos, loteamentos entre outros! Por fim, os imóveis comerciais são negociados por valores mais altos.  

Dividendos atuais 

Segundo o Índice Nacional de Custo da Construção – INCC, o setor teve um aumento de 0,73 pontos percentuais desde o início do ano. Vale ressaltar ainda que, a Fundação Getúlio Vargas – FGV revelou que o setor possui alta acumulada nos últimos doze meses. Apesar de ter sofrido uma queda de 11,63% em 2021. 

A principal influência desse aumento partiu da mão de obra especializada, segundo o INCC-M houve um aumento de 1,09 pontos percentuais. Ainda nesse sentido, no mês de março desse ano o índice de serviços apresentou alta de 1,69%.  

Portanto, as projeções para o setor segundo o IPCA são de mais um avanço de aproximadamente 6,86%. Assim como, o IPCA o Banco Central divulgou as suas projeções para o setor em 2022. Segundo a instituição esse mercado deverá apresentar elevações positivas para o ano que vem.

Assim, a estimativa de outras instituições financeiras para a inflação desse ano chega ao dobro da meta estipulada pelo BCB que é de 3,5 pontos percentuais! 

Ifix encerrou sessão com estabilidade na bolsa de valores 

Fundos imobiliários Ifix
Fonte: Google

Bem como mencionei antes, o Índice que reúne os fundos imobiliários mais negociados na bolsa de valores – Ifix encerrou sessão com estabilidade. Desse modo, com um aumento acumulado de 1,07% liderando a lista das maiores altas da semana na bolsa. É importante mencionar que segundo as projeções do banco central o mercado deverá apresentar um crescimento ainda maior até o final desse ano! 

Além disso, segundo os analistas o setor deverá apresentar elevações positivas para 2023 e 2024. Sendo assim, as locações desses fundos deverão passar por reajustes ainda em 2022 essa nova onda de reajustes deverá constar as novas medidas do primeiro adiantamento ao contrato com a locatária. Vale ressaltar ainda que, segundo o fundo anunciou deverá haver uma prorrogação no prazo de vigência. 

Ou seja, quem aluga esses imóveis poderão negociar os seus contratos, pois o setor teve um aumento de 0,73% já no primeiro mês desse ano. Vale ressaltar ainda que, a Fundação Getúlio Vargas – FGV revelou que o setor possui alta acumulada nos últimos doze meses. Apesar de ter sofrido uma queda de 11,63% em 2021, o setor segue com projeções positivas em 2022!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.