Investidor protegido, ações que podem livrá-lo da inflação

Os grupos de ações que contribuem na proteção no cenário, no momento em que a XP destaca exposição de investimentos vinculados ao dólar. Confira!
Anúncios


Investidor protegido
Fonte: Google

Diante das recentes declarações do  presidente do BC, Roberto Campos Neto destaca-se  movimentação atual da inflação no país tem sido em maior grau e mais forte do que o esperado pelo presidente. Contudo a superioridade monetária esperava previniu devido  o risco de propagação da inflação para o ano de 2022. Saiba mais sobre o investidor protegido e suas ações!

Sendo assim em seu último relatório trimestral da inflação a instituição financeira calculou o índice de aumento. Todavia o índice elevado de 5% para o ano de 2021, sobre o centro de meta de 3,75% com a tolerância de 1,5 ponto percentual que pode subir ou descer. Sendo assim o presidente reforçou a necessidade de um aumento mais forte da taxa Selic que esta em alta de 0,75 o ponto percentual pra 2,75% ao longo do ano.

Contuso especialistas os riscos da inflação que continuam a ser de muita importância para os investidores. Contudo as projeções do IPCA devem registrar alta em 8% em comparação anual no ano de 2021 para então depois iniciar uma trajetória descendente para 4,4% ao fim de 2021.

Ou seja sobre o centro da meta que é de 2,75% e para 3,8% no fim do ano de 2022 permanecendo sobre o centro da meta de 3,50%. De acordo com alguns analistas os valores ativos integram um risco elevado de que a inflação permaneça elevada.

Portanto a confiança nas condições de queda da inflação dependerá de que o dólar se estabilize mais ou menos em torno de R$ 5,50. Todavia com a metodologia de vacinação acelarando de forma gradual, os valores da commodities não podem aumentar em dólares. Assim, a imobilidade inflacionacionária não surpreende do lado positivo.

Três grupos de ação que tornar o investidor protegido

Contudo empresas com contratos desenvolvidos à inflação de empresas com poder precificação no mercado interno e também empresas mais expostas ao ciclo global dos negócios. Sendo assim o primeiro grupo é de setores de serviços públicos e estradas com pedágio ou regulamentados os shoppings; e outras empresas espontâneamente protegidas poelo hedge contra a Inflação em Alta.

Portanto eles cobram cobram taxas sobre trasações que estão viculadas a Inflação em Alta. Ainda assim no grupo estão as empresas de pagamento, alguns varejistas online e bolsas. Todavia as principais opções para os analistas dentre esses setores já citados são os seguintes: a elétrica Neoenegergia, geradora de energia renovável Omega dentre outras.

Todavia o segundo grupo das ações com aumento na precificação, sendo um ciclo de conversão de caixa positivo que tem como destaque a BRF e também a Alpargatas. Sendo assim o terceiro grupo contém as empresas mais expostas ao ciclo global de negócios fundamentais alternativas; as ações da Vale, JBS, Petrorio e a Brf vale fazer uma ressalva que em sua carteira estratégica para o brasil BBI excluiu o direcional.

Destaque do relatório da XP

Investidor protegido
Fonte: Google

Em um recente relatório a XP destacou as melhores oportunidades para Investimentos e também de proteção. Tendo em vista o cenário no qual estamos vivendo nos dias atuais de Inflação em Alta e consequentimente juros mais alto, além do Mercado de Ações que segue com instabilidade. Contudo em uma perspectiva histórica estratégistas argumentam que nesses últimos 25 anos os melhores ativos em sua média anual.

Ainda assim em condições de desempenho quando a Inflação em Alta chegaram a 28%; as ações americanas em alta de 22,1% e o desempenho positivo do dólar em 21,1% e também as commodities com valorização em 14,9%. Entretanto os índices Small Caps e Ibovespa tiveram desempenho inferior.

Contudo é importante considerar que ao conferirmos os retornos em reais os gráficos sugerem que possuir investimentos em dólares torna-se uma estratégia de sucesso quando a há Inflação em Alta. Pois com a Inflação em Alta podem ocorrer novas altas de juros o que a priori pode diminuir a atratividade de renda variável. Todavia segundo os estratégistas da aréa atentam para oportunidades de investimentos do Mercado de Ações.

Projeções da XP para a selic

Contudo a fim de medir o impacto no Mercado de Ações, a Xp elaborou um estudo quantitativo para ações na Bolsa observando os retornos de valores e o aumento de juros passado. Logo com este levantamento os estrategistas tem como objetivo conhecer a dinâmica de cada empresa com relação a suas fontes de receita e os demais fatores. Dessa forma escoar movimentos de aumento nos valores.

Portanto o resultado que os especialistas encontraram dentre as ações acabam por se beneficiar com o aumento dos juros são as seguintes empresas; Santander Brasil, Btg Pactual, Bb seguridade, Santos Brasil estão entre as empresas que se beneficiam com a alta dos juros e também a empresas de logística.

Todavia com os juros mais altos a rentabilidade da renda fixa torna-se mais atrativa, dificultando os Investimentos nas ações. Dessa forma quando elas sobem tornam-se menos atrativas para o investidor. Porém os especialistas deste mercado seguem positivos com relação ao Proteção de Investimentos no Mercado de Ações, considerando a expectativa inflacionária de 4,9% segundo o relatório da Xp Investimentos.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *