Investimento na crise financeira. Saiba como e o que fazer

Não pense que a crise vai te deixar sem dinheiro, aprenda aqui como investir seu dinheiro nos investimentos mais criativos.
Anúncios


Fonte: Google

A pandemia da Covid-19 não afetou apenas a saúde mundial, na verdade sua chegada chocou de tal forma a economia e também a forma de investimento nessa crise .

Dessa forma gerou uma crise financeira em grande escala. É normal que em meio a uma crise tenhamos variação em todos os setores de um país.

Na qual, inclusive na política, com isso existe o crescente medo das pessoas na hora de fazer qualquer investimento.

Para tentar te ajudar e, quem sabe, incentivar a investir de maneira certa nessa crise financeira mundial, iremos mostrar modelos de investimentos. Assim como o seu grau de risco e quanto pode lucrar.

Vamos lá!

Sobre o mercado financeiro

Em primeiro lugar, se você não conhece a maioria das políticas do mercado financeiro é melhor ficar atento. Em meio à crise é mais comum do que parece as pessoas tem experiência fazerem grandes investimentos.

Desse modo, achando que algumas carteiras estão relativamente baixas, e/ou achando que adquirir um bem é algo vantajoso.

Pode até ser, contudo é sempre importante usar seu bom senso, não só em momentos de crise.

Na verdade sempre que houver vontade em investir ou tentar ficar rico em uma única noite [ninguém é o Bill Gates].

Antes de investir busque informações sobre os últimos meses de valorização do sonhado investimento.

Então, lembre-se que fazer um investimento – seja no mercado financeiro de negócios ou mesmo na aquisição de bem como um imóvel.

Não se trata de uma simples compra usando seu cartão de crédito para dividir o valor; pensando que caso ocorra um problema futuro seja apto de cancelamento.

Desse modo, deve-se avaliar cada ponto e ver com segurança onde investir seu dinheiro e, ainda, saber a quem entregar.

Quais as vantagens de investimento na crise?

Antes de tudo, é comum que durante à crise financeira exista uma crescente na entrada para os novos investidores participarem do mercado financeiro.

Isso se deve à baixa nos valores para se ter carteiras – quando no ramo das ações, e/ou mesmo de bens – no ramo imobiliário.  

Contudo é importante saber, se você não é um investidor iniciante, entretanto se estiver iniciando; tenha ciência que essa variação de valores muda muito rápido.

Sendo assim é preciso ser assertivo e direto para aproveitar as melhores oportunidades.

Onde devo fazer investimento durante à crise?

Fonte: Google

Como dito, o mercado não está para peixes. Porém, se tiver uma reserva com segurança e sem grandes movimentos poderá investir 10% a 20% dela em uma das oportunidades a seguir sem grandes prejuízos caso algo saia errado. 

Renda fixa – Os investimentos em renda fixa podem ser o mais aconselhado.

Nesse momento a sua segurança e estabilidade são os pontos fortes para novos investidores e, ainda, não necessitam de um esperte em mercado financeiro para isso.

Com a base de rendimentos pela taxa SELIC, sua rentabilidade e retorno são mais amplos.

Apesar de serem fixos, o investidor sabe da garantia do quanto vai receber ao final do investimento – o valor é certo, e a procura pelos investidores domina o mercado financeiro. Porque as financeiras precisam de dinheiro para continuar seus serviços como:

  • financiamento,
  • empréstimo pessoal,
  • cartão de crédito,
  • entre outras movimentações financeiras.

Portanto, na renda fixa você pode investir nos seguintes seguimentos:

CDB – certificado de depósito bancário, na letra de crédito imobiliário, letra de crédito do agronegócio, tesouro direto e letra de câmbio, entre outros.+

Ações – Durante à crise são vários os tipos de ativos que acabam sendo depreciados no mercado financeiro. Acabam se tornando mais baratos, com carteiras acessíveis.

Contudo, por chamarem muito atenção dos desavisados, é importante ter cuidado quando pensar em investir nesse ramo de negócios financeiros.

Como exposto acima: Sendouma pessoa com puca experiência e com pouco, ou quase nenhum, conhecimento no mercado financeiro das ações não é viável que faça um investimento com grande quantia nesse momento.

A indicação do mercado é investir com pequenas parcelas de valores menores e, aguardar a retomada da economia.

Investimento na crise

Na medida em que os investimentos e apostas forem aumentando, ir aplicando o capital. Vale lembrar que neste momento, mesmo que os valores estejam com fácil acesso. Os investimos sejam aplicados em empresas que já tenham garantias e solidez em suas ações no mercado financeiro, nada de investir em novas ideias sem a garantia de retorno. É o que aconselham os especialistas na área.

Imóveis – Depois da Renda fixa, é com certeza, a mais segura e rentável na atual situação. Isso porque a taxa SELIC acaba atingindo os menores índices.

Por isso o olhar dos investidores mesmo iniciantes acaba se voltando para o mercado imobiliário. Muitas pessoas acabam vendendo seus imóveis para conseguir arcar com necessidades financeiras pessoais e até se ajustarem durante a crise.

Assim, as oportunidades são as melhores e com mais vantagens.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais, com seus amigos e familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *