Mercado de NFTs, criptomoedas e metaverso 

Confira as novidades do mercado de NFTs, criptomoedas e metaverso. Fique por dentro!

Mercado de NFTs
Fonte: Google

Em 2022, temos visto que a aceitação do mercado de NFTs, criptomoedas e metaverso vem crescendo mais e mais. E com essa aceitação cada vez mais empresas e marcas conhecidas no mundo seguem investindo nesse mercado. Em meados do mês de agosto do ano passado, por exemplo, a bandeira de cartões de crédito mundialmente conhecida. A Visa comprou o seu primeiro token não fungível por cerca de US$ 150 mil; o token CryptoPunk 7610.  

Com essa compra a empresa sinalizou para o mercado que acreditava na tecnologia, assim como, entendia que esse mercado chegou para ficar. Marcando assim, uma nova era da economia digital no mundo. Afinal, com os avanços da tecnologia o mercado digital vem crescendo rapidamente.  

Ainda nesse contexto, ao adquirir o token a visa associou o mercado de NFTs, criptomoedas e metaverso ao início da internet. Segundo alguns especialistas em tecnologia, a maneira como utilizamos a internet nos dias atuais é de certa forma uma nova fase da tecnologia. Em 2021, quando as NFTs tinham um conceito inacessível, algumas pessoas estavam céticas. Com relação a inclusão de dados bancários em um site.  

No entanto, quanto mais o mercado de NFTs, criptomoedas e metaverso cresce, mais pessoas se interessam pelo assunto. Além disso, discutir as vantagens desse mercado se tornou algo comum atualmente, segundo o artigo da Visa. As NFTs marcam uma nova fase na história do comércio digital, ou seja, para nós esse segmento está ganhando mais relevância. Além de mudar completamente o rumo dos negócios como conhecemos! 

 Metaverso  

De maneira objetiva alguns especialistas se referem ao metaverso como, uma nova realidade virtual que muitas companhias ligadas à nova economia visam desenvolver os seus negócios. Para tal fim, é necessário criar a consciência de que o crescimento dessa tecnologia vem mudando a nossa cultura. Além de despertar uma ideia de tecnologia totalmente novo, desde como vivemos, como trabalhamos, o que compramos e como compramos e de quem! 

Essas transformações e revoluções que estamos vivenciando, são o resultado de um pacote de várias invenções e variações diferentes que vem sendo desenvolvidas ao longo do tempo. Portanto, o termo metaverso pode se classificado como um além verso que se relaciona com o mundo. 

Em outras palavras, o metaverso é uma rede permanente de universos e simulações renderizadas que ocorrem em 3D e em tempo real. Oferecendo uma identidade contínua a histórias, direitos e finalidades. Podendo ser experimentadas em sincronia por uma quantidade ilimitada de usuários, cada usuário com a sua presença. Desse modo, o metaverso pode ser descrito como um mundo não físico, no qual os usuários podem interagir. Através de diferentes tecnologias virtuais como um encontro virtual para trabalhar, por exemplo! 

Visa  

Segundo Nuno Lopes, responsável pela marca no Brasil, a empresa opera com a finalidade de se tornar a rede das redes. Por isso, que a entrada da visa no mercado digital teve importância, pois, com a compra das NTFs a marca passa a ter uma relação direta com novas tecnologias. Porém, existem muitos desafios pela frente, no passado, o mercado de pagamento não aceitava algumas bandeiras limitando os consumidores a algumas bandeiras. Com a chegada do metaverso, essa realidade de fato virou passado, pois evolução das redes que nasceram fechadas podem se conversar agora.  

Ainda segundo Lopes, o posicionamento da marca nas redes independente do meio em que atua foca em conectar os seus clientes. Ou seja, a empresa segue com o seu comprometimento em proporcionar a melhor experiência para os seus clientes. Hoje, a bandeira registra aproximadamente US$ 18 trilhões de transações físicas.  

O principal objetivo da visa, é trazer todos os seus clientes para o mundo virtual, assim, eles podem movimentar o seu dinheiro por meio de plataformas digitais. Por isso, que o investimento no mercado digital segue sendo o foco da visa. A estimativa é de que a empresa invista cerca de US$ 10 bilhões em tecnologia até o final do ano. No mercado de criptomoedas, a principal finalidade da empresa é ampliar os seus players para dar liquidez as transações da marca na rede com as exchanges

Mercado de NFTs, criptomoedas e metaverso 

Mercado de NFTs
Fonte: Visa

Com o recente investimento da Visa no mercado de NFTs, criptomoedas e metaverso, a empresa passa a ter uma relação direta com novas tecnologias. Porém, existem muitos desafios pela frente. Pois como mencionei anteriormente, há algum tempo atrás o mercado de pagamento não aceitava algumas bandeiras limitando os consumidores a bandeiras mais relevantes. Portanto, através da compra do token a visa sinalizou para o segmento que além de acreditar na tecnologia aposta na sua expansão! 

Vale lembrar ainda que, o elemento tecnológico facilita a vida dos consumidores, ou seja, através da rede você poderá realizar transações a qualquer hora do dia. Ainda nesse contexto, além do metaverso a marca visa chegar ao mundo dos games para expandir ainda mais os seus negócios.  

Por fim, podemos concluir que a evolução do mercado digital marca uma nova fase na história do comércio digital, ou seja, para nós esse segmento está ganhando mais relevância. Além disso muda completamente o rumo dos negócios como conhecemos, nos dias atuais! 

Gostou desse conteúdo? Visite o nosso blog para saber mais sobre o mundo das finanças. Esperamos por você! Memivi.