Meta perde cerca de US$ 200 bi na bolsa de valores de NY

Meta perde cerca de US$ 200 bi, esse é o maior tombo da história do Estados Unidos. Fique por dentro!

Meta perde cerca de US$ 200 bi
Fonte: Google

A dona do Facebook, Meta perde cerca de US$ 237 bilhões em valor de mercado recentemente. Após a queda das ações da companhia de mais de 26%, segundo os analistas de mercado esse está sendo considerado a maior queda da história. Isso tudo em apenas um dia, por isso o espanto o que acabou sendo perdido pela big tech pode ser comparado a cerca de um quarto do seu valo de mercado hoje na bolsa de NY. 

Essa queda repentina ocorreu um dia depois que o seu presidente-executivo, Mark Zuckerberg, ter afirmado que a rede social mais conhecida como Facebook tinha sofrido uma queda de 500 mil usuários diários pelo mundo todo no último trimestre do ano passado.  

A Meta perde cerca de US$ 237 bi e acabou deixando os seus investidores preocupados, pois, essa foi a primeira queda com esse número em toda a história da companhia. Desde que foi lançada em meados de 2004. Além da rede social Facebook, a empresa é dona do WhatsApp e do Instagram.

Assim, no dia 03 de fevereiro desse ano a Meta perde cerca de US$ 237 bilhões deixando a empresa no topo do ranking de baixas diárias. Além dessa queda expressiva, a companhia teve uma queda diária em 2018 reduzindo os seus lucros em –119,4%. 

Principal causa dessa queda repentina  

Segundo Zuckerberg, essa queda repentina foi causada pela competição que está cada dia mais acirrada com outros aplicativos como, o Tik Tok, por exemplo! Atualmente, a plataforma lidera a lista de concorrentes, visto que, segundo os seus usuários possui uma praticidade para os posts que são realizados quase que instantaneamente.  

Desse modo, boa parte dos jovens que escolhem como gastar o seu tempo veem no aplicativo vizinho uma facilidade que não encontram no Instagram, por exemplo! Por isso, que o foco dos aplicativos da Meta hoje, são os vídeos mais conhecidos pelos usuários de reels. Assim, informou o presidente da Meta ao dar mais detalhes do resultado! 

Desde que foi lançada a plataforma criada na China, enfrenta ameaças de banimento no Estados Unidos em meio ao governo Trump, inclusive! Apesar dessas ameaças, o app segue ganhando cada vez mais importância diante dos seus usuários. Então, no ano passado o aplicativo chegou a registrar em apenas cinco anos de existência mais de 1 bilhão de usuários. Superando a quantidade de downloads do Facebook no mesmo ano.  

O presidente da Meta está pobre? 

Segundo alguns assessores, Zuckerberg já sofreu com essas recentes quedas e com o mau humor dos seus investidores. Na última semana ele acabou perdendo cerca de US$ 29 bilhões e acabou deixando o ranking dos dez mais ricos do mundo.  

Hoje, o maior tombo diário que a companhia sofreu ocorreu quando ainda tinha o nome Facebook tinha ocorrido no mês de julho de 2018. Quando a empresa perdeu cerca de US$ 120 bilhões, a causa foi bem parecida em 2018 e empresa informou que a margem de lucro sofreria uma queda. Porém, essa foi prevista, pois, foi uma consequência do aprimoramento da privacidade e redução no uso de seus marcadores de propaganda.  

Embora tenha sofrido uma queda significativa, a companhia teve um aumento no seu faturamento no último trimestre de 2021. Sendo assim, a sua receita vale US$ 33,67 bilhões semelhante ao que os analistas de mercado já esperavam. Além disso segundo Zuckerberg previu, o faturamento poderá ficar bem abaixo das estimativas do primeiro trimestre desse ano. O que acabou deixando os investidores da empresa alarmados.  

Meta perde cerca de US$ 237 bilhões 

Meta perde cerca de US$ 200 bi
Fonte: Google

A meta perde cerca de US$ 237 bilhões, apesar do aumento na receita a empresa segue alarmando os seus investidores. Ainda nesse sentido, um dos motivos para a preocupação e as previsões abaixo do esperado foi causado pelas recentes alterações realizadas pela Apple para aprimorar a privacidade dos usuários que possuem IOS. 

Então, essas mudanças realizadas pela Apple no seu sistema operacional dão aos usuários do IOS meios para o controle total das permissões de monitoramento online. Desse modo, as propagandas não chegam até o seu público, assim, a plataforma perde os seus investidores. Desde 2021, que o então Facebook passou a ser chamado de Meta. Esse nome, refere-se ao metaverso que é uma realidade virtual que a companhia acredita e aposta que será o futuro da internet.  

Além da Meta, outras empresas que listam esse ranking seguem lutando para reconquistar o pedaço de mercado que foi perdido. Nessa lista, estão alguns nomes de peso na internet como: Microsoft, Apple, Amazon entre outras empresas.  

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.