Entenda a oscilação da bolsa de valores em 2020 e 2021!

Neste artigo, você entender mais sobre oscilação da bolsa de valores no Brasil em meio a pandemia. Saiba mais aqui!
Anúncios


oscilação da bolsa de valores
Fonte: Google

A constante oscilação da bolsa de valores em 2020, ou seja, em meio a pandemia do novo coronavírus deixou muitos investidores confusos em relação as movimentações abruptas. Por isso, nesse artigo vamos abordar os aspectos da queda e reocupação da bolsa. Entre outros assuntos relacionados a nossa economia! 

No início de 2020, a bolsa de valores brasileira chegou a surpreender muitos analistas devido ao seu desempenho positivo. Por exemplo, o Ibovespa, que é um dos principais índices da nossa economia chegou à marca de 120 mil pontos antes de a pandemia do novo coronavírus chegar no país! Portanto, assim que a pandemia chegou por volta do mês de março, o índice sofreu uma queda.   

Neste contexto, o Ibovespa chegou a registrar uma queda de 63 mil pontos apenas no mês de março de 2020. Visto que, foi preciso acionar o circuit breaker que é um mecanismo utilizado para travar algumas operações em momentos de euforia no mercado financeiro.

Que de fato, ocorreu durante a oscilação da bolsa de valores em 2020.  No Brasil, esse mecanismo é utilizado apenas quando há oscilação da bolsa de valores.

Portanto, desde a sua criação em 1997 o circuit breaker foi usado apenas dezoito vezes na história da bolsa de valores brasileira, tendo em vista, que ele afeta o principal índice de ações do país que é o índice Ibovespa.

Em 2020, o circuit breaker foi acionado duas vezes no mesmo dia, um acontecimento inédito na história da nossa bolsa de valores.   

Afinal, o que pode ter ocasionado essa queda?  

Além da pandemia do novo coronavírus no mesmo período a economia mundial estava envolta em uma queda de braço ou guerra comercial entre China e Estados Unidos. Essa guerra comercial, entre esses países vem sendo travada desde o governo Trump, ou seja, desde 2016. Desse modo, como o nosso país possui comércio com esses dois países sofremos com o aumento das taxas sobre os produtos.   

Portanto, conforme a guerra comercial se tornava mais intensa entre EUA e China, as retaliações levaram esse aumento das taxas a um ciclo vicioso sem previsão de resolução imediata! Embora, esses países tenham assinado um acordo com o objetivo de diminuir a agressividade e suspender por um breve momento a guerra comercial.

Um ponto decisivo para o agravamento da guerra foi o desastre da relação em Irã com os EUA, que acabou impactando os mercados acionários ao redor do mundo. Principalmente, depois do bombardeio liderado pelo Estados Unidos!  

Além disso, o efeito da pandemia que atingiu seriamente a China naquela época acabou afetando a economia ainda mais, pois, provocou reações negativas no mercado internacional. Portanto, diante da responsabilidade de perder ativos muitos acionistas mais experientes passaram a tomar decisões cautelosas. Assim, eles começaram a vender alguns dos seus ativos, desse mesmo modo, outros investidores passaram a investir com mais cuidado. Tendo em vista que boa parte das ações estavam em queda!  

Oscilação da bolsa de valores em 2020  

Além de todos esses efeitos negativos trazidos pela pandemia do novo coronavírus, um fato muito importante para a oscilação da bolsa de valores no ano passado. De fato, foi a surpresa negativa no preço do petróleo no mesmo mês de início da pandemia. Isso aconteceu porque os países que são responsáveis pela exportação do Petróleo e mais alguns aliados, como por exemplo, a Rússia que negociava um corte na produção em razão da queda na demanda do produto, em virtude da pandemia.   

Neste entretanto, a Rússia não aderiu ao plano, consequentemente, os sauditas reagiram de maneira negativa provocando a queda considerável no valor do petróleo. Sendo assim, a combinação desses acontecimentos levou a uma queda expressiva em alguns índices acionários do país.   

Além disso, outros fatores internos como, por exemplo, a crise na política brasileira contribuiu para o agravamento da nossa crise da nossa econômica. Segundo alguns analistas, o que houve no ano passado foi um temor justificado de certa forma em relação a crise mundial trazida pela pandemia do novo coronavírus.  

Recuperação parcial da bolsa de valores  

oscilação da bolsa de valores
Fonte: Google

Depois dessas oscilações expressivas no ano passado, o Ibovespa conseguiu recuperar boa parte das perdas ocorridas no fim de 2020. Desse modo, o índice voltou ao patamar positivo do início do ano de aproximadamente 117 mil. Entre os motivos que possibilitaram essa recuperação está: a redução das incertezas relacionadas à eleição norte-americana, que consolidou a vitória do atual presidente Joe Biden; a rotação do capital para os papéis de empresas mais afetadas pela pandemia.  

Outro motivo muito importante que levou a recuperação do índice, foi a evolução das vacinas no país, por vários laboratórios em todo o mundo. Controlando a pandemia em todo o mundo, considerando o desenvolvimento das vacinas no Brasil, é possível prever a recuperação no índice Ibovespa.   

Contudo, é preciso ter cautela, pois, ainda enfrentamos um período de incertezas em relação a crise política na qual o país está envolvido. Por fim, segundo alguns analistas do mercado financeiro, apesar do cenário de crise na economia, é possível fazer investimentos de maneira rentável e segura basta elaborar um bom planejamento.   

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.