Mercado de Ações: Produtos que surpreenderam.

No último mês do ano passado, alguns produtos considerados “diferentes”, apresentaram bons resultados no mercado de ações, e foram grande surpresa. Por exemplo: “bitcoin, ouro e até maconha”. Entenda!
Anúncios


Fonte: Google

Antes de mais nada, vamos voltar a cinco anos atrás onde a taxa básica de juros brasileira era de 14,25% ao ano; e desde então vem sofrendo quedas, hoje encontra-se em 2% ao ano. Por se tratar da taxa que serve como referência dos investimentos de renda fixa, muitos investidores decidiram mudar  e correr um pouco mais de riscos e investiram parte dos patrimônio no mercado de ações.

Diante disso, os números da Bolsa de Valores comprovam que investimentos de pessoas físicas aumentaram bastante. Dessa forma, passando de 1,6 milhões para 3,2 milhões em apenas 12 meses. O resultado só poderia ser a migração para aplicações em renda variável, e também aguçou outros investimentos diversificados, com essa variação aumentaram as chances de conseguir retornos mais rentáveis.

A taxa de juros baixa, facilita por exemplo a compra de um carro, imóvel e alguns empréstimos; mas vale lembrar que o fato de a taxa Selic estar baixa, não significa que os bancos irão diminuir drasticamente os juros para que a população possa consumir mais.

Logo, passa existir a preocupação com déficit fiscal do país pois, a migração de capital de renda fixa para renda variável, representa menos pessoas interessadas em títulos públicos como, Tesouro Direto, tesouros pré-fixados e outros.

Portanto, esses títulos também servem como uma fonte de renda para o governo. Afinal são cobrados impostos sobre investimentos, através de uma tabela regressiva  dependendo do tempo que uma pessoa investe.

Com isso o governo arrecada de acordo com a proporção de pessoas que compram esses títulos, então com tantos investidores fazendo a migração para outros investimentos como ações, o déficit aumenta e a situação econômica tende a piorar ainda mais.

Mercado de Ações: Diversificação no mercado brasileiro

Diante de tal cenário, outros produtos começaram a surgir no Brasil nos últimos 2 anos, e muitos são fundos de investimentos de ativos pouco convencionais. Por exemplo, a pecuária, o ouro, as criptomoedas como o Bitcoin, e o mais inusitado a maconha, que em alguns países como EUA a produção é legalizada por companhias listadas na bolsa Americana.

Em 2020 o que chamou atenção foi que parte dos produtos analisados tiveram rendimentos maiores do que Ibovespa, que teve alta em dezembro um pouco mais que 3%. Confira os rendimentos de alguns desses produtos, considerando o primeiro dia de janeiro até meados de dezembro do ano passado. Rendimento de fundos diferentes:

BLP Crypto Assets= 244,86% / Patrimônio Líquido US$ 28.471.790 /Total 67 cotistas; Hashdex Criptoativos Voyager= 217,23% / Patrimônio Líquido US$ 110.386.091 / Total 820 cotistas; VTR QR Cripto= 132,15%/Patrimônio Líquido US$ 120.851.790 /Total 2 cotistas; QR Blockchain Assets= 76,93% /Patrimônio Líquido US$ 5.004.124 /Total 79 cotistas; Hashdex Criptoativos Explorer = 67,89%/Patrimônio Líquido US$ 81.722.800 /Total 2.067 cotistas  

Outros exemplos de rendimento de fundos diferentes:       

Fonte: Google

Vitreo Canabidiol= 64,52% / Patrimônio Líquido US$ 75.705.729 / Total 2.200 cotistas; XP Trend Ouro Dólar= 46,26% / Patrimônio Líquido US$ 401.247.489 / Total 26.397 cotistas; BTG Ouro USD= 46,25% / Patrimônio Líquido US$ 144.710.022/ Total 7.406 cotistas; Vitreo Ouro= 40,81% / Patrimônio Líquido US$ 229.035.797/ Total 13.293 cotistas; XP Trend Ouro= 18,43% / Patrimônio Líquido US$ 794.893.925/ Total 56.209 cotistas; BTG Ouro FIM= 17% / Patrimônio Líquido US$ 162.887.064/ Total 8.571 cotistas; XP Trend Cannabis= -18,81 / Patrimônio Líquido US$ 32.856.948/ Total 4.332 cotistas;Ibovespa=-0,89.                                                                                                    Fonte:Morningstar                                                                

Certamente, essa variação  depende muito de cada caso. Por exemplo os fundos das criptomoedas aumentaram, foi o caso do bitcoin, por isso 2020 será lembrado como o ano que os investidores institucionais perderam o medo e variaram as carteiras. O Ibovespa permaneceu praticamente zerada até o dia 14 de dezembro do ano passado,  queda de 0,89% com leve alta de 3% no acumulado.

Enquanto isso o “Hashdex Criptoativos Voyager” e “BLP Crypto Assets FIM” que são fundos de criptomoedas, porém para investimentos a nível profissional, cresceram 217% e 244% nessa ordem. Assim como o “BLP Criptoativos FIM”, que é voltado para o investidor de varejo, com exposição de cripto limitada apenas 20% devido a regra da CVM (comissão de valores mobiliários) teve aumento de 32%.

Mercado de Ações: Ouro e Maconha

No caso do Ouro, bem como os fundos que se aplicam, valorizaram muito no Mercado de Ações no ano passado de acordo com movimento de desvalorização do dólar, por medidas tomadas pelos bancos centrais a fim de minimizar danos causados a economia devido a pandemia. Enquanto no caso da maconha, o salto se deve após Joe Biden ser eleito como novo presidente americano; o que representa certa flexibilidade em algumas regras federais para o uso da planta a fins medicinais.

Por fim, o fundo “Vitreo Canabidiol” conhecido como “de maconha”, no caso para investidor pessoa física, acumula alta de 64% ao ano. Sendo assim, as perspectivas são muito boas em especial para as empresas dos Estados Unidos, e mesmo que a legalização demore, algumas empresas apresentam crescimentos altos e continua sendo um segmento promissor, conforme afirma alguns especialistas.

Gostou do nosso artigo? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, com os seus amigos e ainda com os seus familiares. Em seguida, aproveite outros conteúdos para entender melhor sobre finanças, investimentos e conhecer serviços como, por exemplo; cartões de crédito, conta digital e empréstimo, tudo aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *