União entre Smiles e Gol: as novidades aéreas

Acompanhe conosco, uma das novidades aéreas mais comentadas da última semana a União entre Smiles e Gol. Fique por dentro!
Anúncios


União entre Smiles e Gol
Fonte: Gol

A recente União entre Smiles e Gol, é uma das novidades mais comentadas no mercado corporativo nesta última semana. A Smiles, é responsável por administrar o programa de milhas na qual os clientes da linha aérea Gol tem parceria, assim como outras companhias, criada pela Varig no ano de 1994.

No mês de abril deste ano, a demanda por voos da linha aérea teve um aumento de 65% e a oferta das suas ações subiu consideravelmente chegando a 55 pontos percentuais, segundo analistas e os dados que foram disponibilizados pela Gol. A taxa de ocupação da empresa no mês de abril chegou a 82,8% mesmo sem a Linha operar voos internacionais.

 A União entre Smiles e Gol foi anunciada na última segunda-feira a linha com a Gol informando sobre a conclusão da transação das ações da Smiles, que é uma empresa secundária da Gol Linhas aéreas. Em contrapartida desta união, o Bradesco BBI elevou a indicação para as ações da linha aérea azul que seguem no desempenho acima da média.

Além, da União entre Smiles e Gol, a companhia secundária ressaltou que estava destituindo alguns dos seus membros do conselho administrativo. Houve na empresa também a eleição de Constantino de Oliveira Júnior, para ocupar a presidência do conselho administrativo, entre outros novos membros que assumiram no lugar dos membros que foram destituídos. Leia mais abaixo! 

União entre Smiles e Gol

A União entre Smiles e Gol, foi informada ao grupo de linhas aéreas Gol nesta última semana quando deu detalhes sobre a finalização da transferência das ações da Smiles, a companhia se tornou controlada direta da Gol Linhas Aéreas-GLA e indiretamente da Gol. Logo, a união faz parte da incorporação da empresa de fidelidade empresa aérea.

Sendo assim, os papéis da Smiles devem sair da Bolsa, consequentemente esta troca de ações ordinárias dos investidores da Smiles pelas ações da companhia aérea terá uma relação de: 44% dos papéis ordinários da Smiles que deverão ser trocadas por R$ 5,11 somado a 0,6601 dos papéis preferenciais da Gol; já 56% dos papéis ordinários da Smiles, serão trocadas por R$ 18,51 mais 0,1650 dos papéis preferenciais da Gol.   

Os investidores da Smiles, receberam 22,4 milhões dos papéis preferenciais e 25,7 milhões de preferenciais de classe B. A parcela total em dinheiro a que os investidores da companhia secundária terão direito será no valor de R$ 744,4 milhões. O valor deverá ser pago por meio de resgate de preferenciais de classe B e classe C emitidas pela empresa de linhas aéreas durante a operação.

Demais companhias aéreas

A Azul, recentemente contou com recomendações elevadas de neutras para desempenho acima da média, com novo preço-alvo de R$ 75 já para o ano de 2022 será de 68 pontos percentuais a mais. Atualmente, o valor é de R$ 38, ainda de acordo com os economistas do BBI a União entre Smiles e Gol podem reescrever a história da empresa aérea.

Pois, segundo os economistas apontam, no mês de maio tanto a Azul como a Latam Airlines Group informaram o encerramento de seu acordo relacionado a codeshare para voos domésticos no país. Logo após este evento, a Azul admitiu o seu interesse para consolidar o mercado doméstico e a Latam Brasil é o mais novo alvo em potencial da aquisição.

Caso está aquisição de fato ocorra, os credores da Latam podem pedir alternativas para que seja adicionada ao plano de reestruturação a serem apresentado em meio aos procedimentos de recuperação judicial até o fim deste mês, podendo ser votado até agosto, informaram os economistas que enxergam a fusão como certa. 

Objetivo da União

União entre Smiles e Gol
Fonte: Gol

A união, é mais um processo do planejamento da companhia rumo a incorporação com o Grupo que foi aprovado no mês de maio deste ano. Consequentemente, quando uma incorporação igual a essa é feita a empresa deixa de existir como pessoa jurídica e passa a fazer parte do grupo ao qual se uniu, tendo as suas atividades dissolvidas.

Na proposta que foi feita durante a transação, o Grupo de Linhas Aéreas ressaltou que foi feito uma combinação das duas subsidiárias operacionais do grupo, maximizando o valor para todos os investidores por meio do alinhamento igual aos interesses dos acionistas de ambas.

Por fim, o grupo afirmou que estas mudanças nos setores de programas de fidelidade e aéreo que serão feitos com a união, tornam imperativo o término da estrutura e deixa claro o alinhamento permanente dos interesses do grupo, que como objetivo garantir a competitividade a longo prazo.  

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *