Universo cripto: conheça a moeda digital stablecoins. 

Nesse artigo, você vai entender como funciona a moeda digital stablecoins. Saiba mais aqui!

Universo cripto
Fonte: Bitcoin

Na última semana, o Banco de Compensações Internacionais – BIS que costuma realizar fóruns entre vários bancos centrais pelo mundo. Anunciou as regras vigentes para os serviços de liquidação, compensação e pagamentos devem ser aplicados a moeda digital stablecoins . Logo, para poder fazer qualquer tipo de transação com essa criptomoeda os operadores devem criar uma entidade legalizada! 

Após a legalização desse criptoativo, o governo poderá liberar o seu uso tanto para transações online como para operacionais. Portanto, nesse artigo você vai entender como essa moeda funciona. Além de saber, o motivo desse cripto ter que seguir o padrão do sistema financeiro tradicional. 

Primeiramente, você precisa entender que apesar de ser uma novidade no mundo das finanças; as criptomoedas já garantiram uma grande quantia do mercado. Segundo os economistas, até o final desse ano novas moedas semelhantes a moeda digital stablecoins devem surgir. Além das novas moedas, a mais famosa das criptomoedas o bitcoin segue ganhando mais espaço e atraindo mais investidores! 

Apesar de ser um mercado volátil, o universo de cripto segue ganhando cada vez mais investidores e novas moedas digitais. Vale lembrar que, a moeda digital stablecoins representam criptomoedas lançadas para lastrear virtualmente as moedas fiduciárias na proporção de um para um. Pode parecer complicado, mas, não se preocupe vou te explicar de uma maneira simples como esse criptoativo funciona. 

Criptoativos  

Apesar de perder algumas ações na bolsa, as projeções dos economistas para esse mercado é crescimento continuo. Contudo, esse ano não tem sido favorável para os ativos digitais de risco, o que acabou diminuindo o apetite dos investidores. Porém, o mercado de cripto apesar das crises é um dos principais exemplos de investimento de risco. Que continua atraindo mais e mais investidores, apesar da sua volatilidade.  

Segundo alguns especialistas, o crescimento de algumas moedas digitais dependerá o tempo que o mercado levará para se tornar uma tecnologia efetiva da massa. Ou seja, até que esse mercado faça parte do segmento endereçável superior ao de hoje.  

Vale lembra ainda que, diferente do bitcoin essa moeda digital possui variações menores que o ether ou o bitcoin, por exemplo. Pois, segundo os seus criadores essa moeda pode variar entre 2 pontos até 3 pontos percentuais para cima ou para baixo. Sendo esse resultado bem diferente das moedas virtuais que apresentam upside de grande valorização.  

Regularização do Stablecoins nos EUA 

Segundo os especialistas desse mercado, os bancos centrais desejam manter o domínio sobre essas moedas digitais que existem hoje. Ainda nesse sentido, as nações possuem o objetivo de exercer o domínio sobre a emissão dessas moedas. Esse comportamento pode justificar o desejo da China de lançar a sua própria stablecoin.  

Assim como, os Estados Unidos que estão seguindo o mesmo caminho para os economistas desse marcado o aumento da demanda de moedas digitais. Será muito importante para o crescimento do mercado, desse mesmo modo, o crescimento dos órgãos governamentais que estão sendo criados para proteger os investidores contra os crimes cibernéticos.  

Vale ressaltar que, o debate dos economistas relacionado aos stablecoins segue sendo o dilema de criar um tipo de categoria para o criptoativo. Nesse sentido, caso os stablecoins forem considerados como valores mobiliários. As corretoras deverão negociar com esses ativos, mas, antes de realizar as negociações essas empresas devem seguir os pré-requisitos jurídicos.  

Moeda Digital Stablecoins. 

Agora que você já entendeu como a moeda digital stablecoins funciona, ficou mais entender o desejo dos países em controlar a sua emissão. Como mencionei, o governo poderá liberar o seu uso tanto para transações online como para operacionais. Desse modo, para realizar qualquer tipo de transação com essa criptomoeda será necessário seguir as regras. Isso justifica, o comportamento de vários países como a China e os EUA que são concorrentes. 

Universo cripto
Fonte: Google

Ou seja, será necessário pedir permissão aos bancos centrais para a utilizar as stablecoins tanto no meio digital como para outros tipos de transações cotidianas. Além disso, apesar das crises é um dos principais exemplos de investimento de risco. Que continua atraindo mais e mais investidores, apesar da sua volatilidade. Vale lembrar ainda que, o crescimento dos órgãos governamentais que estão sendo criados para proteger os investidores contra os crimes cibernéticos que crescem à medida que a tecnologia evolui! 

Portanto, se você deseja investir nessa criptomoeda será necessário pedir autorização ao banco central. Ainda segundo os seus criadores, essa moeda pode variar entre 2 pontos até 3 pontos percentuais para cima ou para baixo. Sendo esse resultado bem diferente das moedas virtuais que apresentam um lado positivo de grande valorização. Além da aceitação do mercado, que segue crescendo e anunciando novas moedas digitais.  

Gostou desse artigo? Visite o nosso blog para ficar por dentro das novidades relacionada ao mundo das finanças! Esperamos por você. Memivi.