CadÚnico: Você está inscrito? Saiba como para receber o auxílio emergencial

Você quer saber se está inscrito no CadÚnico ?! Entenda como funciona o sistema e como você pode consultar seu banco de dados.
Anúncios


Fonte: Google

Antes de mais nada, a pandemia pegou o povo brasileir de surpresa. Dessa forma, nos últimos tempos foi liberado auxílio emergencial. Isso ocorreu por meio do governo federal que liberou o valor de R$600,00. Mas existem alguns pré-requisitos para que o cidadão possa receber esse valor. O principal deles é que ele esteja inscrito no CadÚnico. E vamos explicar por quê!

Dessa forma, devido a quarentena à economia de muitos sofreram uma parada. Com isso ajudou para que o governo conseguisse auxílio e aprovasse o valor emergencial de R$ 600,00.

Desse modo, de todas as pessoas que podem ter acesso ao auxílio emergencial, podemos incluir os trabalhadores informais. Que deveriam estar inscritos no CadÚnico.

Sendo assim, que é um cadastro único para programas sociais do Governo Federal. Dessa forma, esses trabalhadores deveriam ter se inscrito até o dia 20 de Março de 2020.

Caso mesmo assim o trabalhador informal não esteja inscrito no CadÚnico, ele pode fazer uma declaração própria.

CadÚnico: como saber sobre a minha inscrição?

Antes de mais nada, precisamos informar as três formas que o ministério da Cidadania disponibiliza para cidadão para se inscrever no CadÚnico.

  • Pode ser por meio do site da consulta cidadão;
  • Fazendo download do aplicativo meu CadÚnico que está disponível tanto para Android como para iPhone. E por fim, fazer o cadastro pelo aplicativo;
  • Por meio do telefone liberado pelo Ministério da Cidadania 121 ou 0800 7072003;

É claro que como sendo um recurso online é capaz de apresentar alguma instabilidade. Sendo assim, muito trabalhadores informaram que não conseguiram acessar o site.

Além disso, falaram que no aplicativo aparece uma mensagem de erro. E que através dos telefones de contatos informados não estava programado para receber mensagens e que o 0800 informava que estava ocupado.

Claro que informação que o ministério da Cidadania disponibilizou para os trabalhadores era que estava aumentando a disponibilidade de acessos múltiplos ao site consulta cidadão. E que logo em breve está em pleno funcionamento.

Como funciona os requisitos para o recebimento do auxílio emergencial?

Para quem não sabe existem pré-requisitos básicos que devem ser seguidos para que seja solicitado os R$ 600,00 de auxílio emergencial do governo são eles:

  • O cidadão deve ter no mínimo 18 anos;
  • Não deve estar ao emprego formal de carteira assinada, ativo;
  • Não pode estar recebendo algum tipo de benefício do governo, seja ele assistencial ou previdenciário;
  • Além disso, não pode estar recebendo seguro desemprego ou algum outro serviço social do governo com exceção do Bolsa Família;
  • Cada membro da família deve ter no máximo a renda de até meio salário mínimo que fica em R$ 522,50. Ou que a família inteira tem uma renda que não ultrapasse três salários mínimos, que seria R$ 3135,00.

Existem alguns itens que devem ser destacados também, que são considerados especiais: 

  • Caso o cidadão seja um mei microempreendedor individual
  • Que seja um contribuinte individual, ou seja um trabalhador autônomo,
  • Que possa ser um trabalhador informal. Além disso, que esteja cadastrado no CadÚnico até a data do dia 20 de março de 2020. Por fim, que tenha feito uma autodeclaração cumprindo o limite de renda.

Limitação de auxílio

Conforme o governo federal também informou, o resgate do auxílio emergencial de R$ 600,00 se limita a no máximo dois membros de cada família.

Sendo que as mulheres que se mostrarem como provedoras do Lar ou que sustentem sozinha seus lares podem receber um auxílio emergencial dobrado. Isso seria no valor de R$ 1200,00.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe com seus amigos que ainda tenham alguma dúvida sobre o auxílio emergencial do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *